segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

AS AULAS COMEÇAM DIA 25 DE FEVEREIRO E CONTINUAMOS COM 45% DO SALÁRIO DE JANEIRO!! ONDE SERÁ QUE SE ENCONTRA O RESTANTE? EXMO SR. REITOR,AGUARDAMOS UM PRONUNCIAMENTO! O ASSÉDIO CONTINUA A RONDAR OS PROFESSORES DA UNIVERCIDADE. TEMOS QUE REAGIR!!! PRECISANDO OU NÃO , VAMOS A ASSEMBLÉIA NO DIA 06 DE MARÇO AS 10 HORAS, NA SEDE DO SINPRO-RIO. MAIS DE 39.000 ACESSOS!!!

       AS FÉRIAS ESTÃO ACABANDO!!!  
   QUEM RI POR ÚLTIMO RI MELHOR!!! 



MESMO QUE VOCÊ USE A UNIVERCIDADE COMO "BICO", CUIDADO PARA QUE ELE NÃO QUEBRE, POR QUE VOCÊ NÃO PODERÁ DEIXAR DE FAZER A SUA MANUTENÇÃO LEMBRE-SE DE QUE NO MOMENTO EM QUE VOCÊ ESTÁ "ENSINANDO" , DE QUALQUER  MANEIRA VOCÊ É UM "PROFESSOR" E NÃO UM "LACAIO"! Veja como o C muda de TOM : VOCÊ SABE O QUE É SOLIDARIEDADE?  É CUMPLICIDADE!  É LEALDADE E CONFIANÇA! É FRATERNIDADE! Quem Cala Consente!
Caros colegas,
Dia 25 está chegando. Não esqueçam  de  se  manterem firmes e convictos dos problemas que estamos passando. Não se deixem intimidar.

"A FORÇA está na UNIÃO DOS PROFESSORES." Lembrem-se de que temos uma ASSEMBLÉIA , dia 06 de março, as 10 horas, no SINPRO, a rua Pedro Lessa, nº 35, 2º andar, Centro -RJ.

Tenho a certeza de que TODOS os professores não querem ficar "trabalhando" fingindo que estão recebendo.  

PROFESSOR é missão nobre, mas árdua  , sem dúvida. Porém sendo uma  profissão, possui direitos  e deveres, pertencentes a  uma categoria "diferenciada", embasada pela CLT.

PROFISSÃO e PROFESSOR derivam-se do latim profitēri. É professar. Assim não é uma palavra solitária , isolada, pois só faz sentido por que existe o aluno.

NESTE MOMENTO, CONCLAMO A SOLIDARIEDADE  ENTRE TODOS AQUELES QUE FAZEM PARTE DESSE VÍNCULO QUE É ENSINAR E APREENDER CONHECIMENTO. SEM AMBOS A INSTITUIÇÃO NÃO EXISTE.

LEIAM: POST ANTERIOR  




RELEMBREM OU CONHEÇAM:
2. 22 DE OUTUBRO - SEIS ANOS DE ATRASO
5. 14 DE NOVEMBRO DE 2009 - ASSEMBLÉIA DE 14 DENOVEMBRO DE 2009
DO LADO DIREITO DO BLOG TEMOS:

1.  Professor Brasileiro no TWITTER- http://twitter.com/profbrasileiro
3.  Informações sobre uma "CPI" -  CLIQUEM:  C P I
5.  Fatos Marcantes
6.  Entrevista do Professor Brasileiro no BLOG  Observatório da Universidade -    Observatório da Universidade
7.  Informações sobre o INSS-CLIQUEM:  I N S S        
8.  Sobre a UniverCidade Trust Recebíveis S/A - COMENTÁRIOS - TRUST
9.  A operação da S/A com a ASESPA - TRUST-OPERAÇÃO
10.  Mensagem do Professor Brasileiro de esperança - Recomeçar
11. Arquivos do BLOG
12. Perfil do Professor Brasileiro
13. Seguidores do BLOG



U  N  I  à O 

 

Professor Brasileiro

         

204 comentários:

  1. 22/2/2010 s´p 45% salário de janeiro, sem pgto 13o 2007, fgts, inss; profs demitidos sem nada de pgt jan e fev... PARABÉNS UNIVERCIDADE.

    ResponderExcluir
  2. 5a feira começam as aulas, TEMOS QUE DIVULGAR AMPLAMENTE O BLOG.

    ResponderExcluir
  3. (http://veja.abril.com.br/010300/p_100.html)

    "OUTRA FACE DE LEVINSOHN, ESSA MENOS VISÍVEL, É A DE PÉSSIMO PAGADOR. BOA PARTE DAS AÇÕES QUE ELE ENFRENTA NA JUSTIÇA REFERE-SE A DÍVIDAS CONTRAÍDAS NA ÉPOCA DA INTERVENÇÃO DA DELFIN. EM 1991, LEVINSOHN E O BANCO CENTRAL FECHARAM UM ACORDO. O EMPRESÁRIO LEVOU PARA CASA O QUE RESTOU DA CADERNETA — UM PATRIMÔNIO ESTIMADO, NA ÉPOCA, EM 300 MILHÕES DE DÓLARES — E GANHOU UMA SEGUNDA CHANCE: SALDAR O RESTANTE DAS DÍVIDAS AO LONGO DE TREZE ANOS, COM VENCIMENTO SEMESTRAL E DOIS ANOS DE CARÊNCIA. DESSE NOVO ACORDO, NÃO FOI HONRADA SEQUER A PRIMEIRA PRESTAÇÃO. HOJE, A DÍVIDA DO EMPRESÁRIO COM O BC ULTRAPASSA 1 BILHÃO DE REAIS, DOS QUAIS SEU ADVOGADO SÓ RECONHECE 180 MILHÕES. LEVINSOHN NEM SE ABALA. "É BRIGA PARA MAIS DE DEZ ANOS", AFIRMA O PRÓPRIO LEVINSOHN A VEJA, POR FAX."

    ResponderExcluir
  4. Fiquei confuso agora. Assembleia é dia 06/03 ou 10/03?

    ResponderExcluir
  5. A ASSEMBLÉIA SERÁ NO DIA 06 DE MARÇO AS 10 HORAS. JÁ RETIFIQUEI.

    ResponderExcluir
  6. Ops! Também fiquei. O Site do SINPRO estampa agora quarta, dia 10. Eles devem estar equivocados. Desde que me lembro a reunião estava prevista para sábado, 6 de março.

    ResponderExcluir
  7. Fim do recesso de Carnaval. O Deputado Paulo Ramos já deve estar nos "copiando". É hora de cobrar a promessa na qual confiamos.

    ResponderExcluir
  8. No dia da ASSEMBLÉIA temos que pedir informações ao SINPRO sobre o andamento de todas as providências que iniciaram.

    É MUITO IMPORTANTE QUE TODOS OS PROFESSORES COMPAREÇAM NA ASSEMBLÉIA. JUNTOS TEMOS QUE INSISTIR.

    ResponderExcluir
  9. Prezados,

    Tomei conhecimento, hoje, em reunião aqui na unidade Carioca, que a ordem é: Qualquer profissional que não compareça será considerado grevista e consequentemente demitido e que busquem seus direitos em juízo.

    Interpretei como sendo um verdadeiro deboche com o judiciário. Creio que a UniverCidade esteja tentando ganhar tempo!

    Em relação ao salário, somente em Março!

    COORDENADOR DE CURSO

    ResponderExcluir
  10. Eta terrorismozinho barato!

    ResponderExcluir
  11. Se é para ir para a Justiça, vamos (todos de uma vez)!
    Eu não tenho medo de cara feia.

    ResponderExcluir
  12. Coordenador de curso, o sr. caiu nessa? eles não estão com todo esse poder. Money talks? Justice talks... há há.

    ResponderExcluir
  13. Sr. Coordenador, o senhor conhece razão melhor do que essa para ir à Assembléia? Somos cães? Temos donos? Somos lacaios? Quando assinamos o contrato de trabalho havia alguma cláusula a respeito de nossas almas? De quem nesse mundo aceitamos esse tipo de tratamento?

    Reagir à essa postura tão vil é um argumento que se justapõe acima de todos os argumentos deste blog, por mais nobres e justos que sejam, para comparecer na Assembléia do dia 6.

    ResponderExcluir
  14. dinheiro só em março? Demissão aos grevistas? blz, mais força ao movimento. Agradeço (ou deveria escrever agradesso, já que trabalho na univerCidade?). Há Há.

    ResponderExcluir
  15. Quemj disse isso? Que foi o autor dessa proeza que esgota a infâmia?

    ResponderExcluir
  16. Quem ouviu isso em silêncio?

    ResponderExcluir
  17. Pois é, quem disse isso na referida reunião. Sr. coordenador, esse nome seria interessante divulgar.

    ResponderExcluir
  18. Tenho orgulho em dizer que fui demitido por ter reagido imediatamente ao discurso hipócrita e assediante de uma dada coordenadora. Sou grato a ela e ao Prof. Riocardo Meireles, que assinou as demissões.

    ResponderExcluir
  19. Precisamos manter a nossa dignidade. Não podemos nos curvar a opressão de quem ainda vive na era da ditadura.

    ResponderExcluir
  20. Coordenador, mostrou o padre, reza a missa: quem foi a alma pedosa e beatífica?

    ResponderExcluir
  21. Os caras não acham tudo engraçado? Agora tão com medo da assembléia? Tem razão o profesor que disse que o medo na 7 de Setembro criou uma tensão intolerável -- que os caras já estão exportando para outras unidades.

    ResponderExcluir
  22. "Quando assinamos o contrato de trabalho havia alguma cláusula a respeito de nossas almas?"

    ResponderExcluir
  23. Vamos divulgar o blog do professor brasieliero a todos os colegas, funcionários e alunos. Vamos amplificar o movimento e ver como os covardes vão reagir.

    ResponderExcluir
  24. Amigos,

    Foi uma carta assinada pelo Exmo Sr. Reitor, lida em bom tom pelo pró-reitor Administrativo-Financeiro. Não foi enviada por meio eletrônico, por razões óbvias.

    Essa foi a mensagem mais importante. As outras foram coisas do tipo: A UniverCidade tenta se reerguer, estamos trabalhando para honrar nossos compromissos, sabemos que está difícil para todos, blá...blá...blá....
    COORDENADOR DE CURSO

    ResponderExcluir
  25. "De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa"

    ResponderExcluir
  26. Deputado Paulo Ramos, V, Exa. seria muito bem-vindo à essa Assembléia.

    ResponderExcluir
  27. Quem tem medo do lobo mau?
    NINGUÉM! Todos na assembleia do dia 6, faça chuva ou sol. A luta é de todos para que a vitória tb seja. VAMOS LÁ!

    PREZADO COordenador, envie uma cópia desta carta ao SINPRO antes do dia 6 para que todos leiam. Terás feito um trabalho de grande valor para todos nós e ficaremos muito gratos.

    ResponderExcluir
  28. Mas espere, Sr. Coordenador: o pró-reitor Administrativo-Financeiro, Sr. Bruno Guerra, não estava hospitalizado?

    ResponderExcluir
  29. Vamos agrupar os demitidos para manifestações nas portas das principais unidades ainda em março?

    ResponderExcluir
  30. É... Seria excelente fazer um panfleto e distribuir em todas as unidades, para que todos visitem o BLOG.

    O SINPRO fará panfletagem sobre as ilegalidades, mas acho que não inserirá o endereço do BLOG.

    Eu posso fazer um e enviar por email. O que acham? Não tenho os 2000 emails dos professores, mas tenho uns 600.Quem receber envia para outros.

    Posso fazer também uma página extra no BLOG e cada um imprime uma quantidade ...

    Não sei como seria a distribuição.

    Pena que não tenho emails de todos os alunos.

    O que acham?

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  31. Professores,

    O pró-reitor Administrativo-Financeiro não está hospitalizado.

    COORDENADOR DE CURSO

    ResponderExcluir
  32. Professor Brasileiro,
    Vamos procurar uma gráfica e verificar o preço de uns 10.000 ou 20.000 panfletos. Acho que muitos gostariam de contribuir, incluindo eu.
    Prof da Casa PT

    ResponderExcluir
  33. Coodenador de curso, podemos contar com uma cópia da referida carta na reunião do sinpro como sugerido em um post?

    ResponderExcluir
  34. A carta não foi fornecida a ninguém. Foi apenas lida pelo supracitado jagunço.

    Não tenho como pegá-la !

    COORDENADOR DE CURSO

    ResponderExcluir
  35. Também é fundamental divulgar o blog em todas as salas dos professores. Vamos iniciar a divulgação nas conversas que ocorrem após as reuniões pré início de semestre. O bolo tem fermento.

    ResponderExcluir
  36. 22/2/2010 s´p 45% salário de janeiro, sem pgto 13o 2007, fgts, inss; profs demitidos sem nada de pgt jan e fev.

    ResponderExcluir
  37. Pelo que eu sei, a partir da alocação feita e avisada ao professor, caso este seja demitido durante o período, deverá receber pelo semestre inteiro.

    Acho improvável que alguém seja demitido agora.

    ResponderExcluir
  38. É o que manda a lei, colega... Se eles cumprem a lei? há há!! Também deveria ter pago janeiro e fevereiro aos demitidos. Alguém sabe se pagaram? É um bom medidor.

    ResponderExcluir
  39. só para constar, já são mais de 38.500 acessos.

    ResponderExcluir
  40. A TODOS QUE SABEM ALGO E QUEREM DENUNCIAR, AGORA É A HORA!

    ResponderExcluir
  41. Acontece que eles não pagam nada aos professores e daqui que a justiça resolva muita coisa acontece... Eles querem ganhar tempo e daí fazer acordos ou simular falcatruas.

    Esse é o lema do "chefe".

    ResponderExcluir
  42. QUEM PUDER ESCREVER AOS JORNAIS E REVISTAS, FAÇA! VAMOS FAZER OUVIR AS NOSSAS VOZES. SERÃO MAIS DE 40.000 ACESSOS ANTES DO INÍCIO DAS AULAS E 50.000 EM POUCAS SEMANAS. ESSE TREM NINGUÉM PARA.

    ResponderExcluir
  43. Para um Coordenador se expor assim, certamente houve uma reunião com um monte deles na Carioca. Os gestores de fato estão mobilizando e delegando o trabalho sujo. Só que, provavelmente já é tarde demais.

    Quem vai se omitir de lutar pelos próprios direitos se é tratado e ameaçado feito bicho por alguém com salários em dia (diretores recebem normalmente, e também alguns lacaios úteis, como os mastins e os alcaguetes).

    ResponderExcluir
  44. JÁ DENUNCIOU A UNIVERCIDADE HOJE?

    DENUNCIE AQUI TAMBÉM.

    ResponderExcluir
  45. Nunca na minha vida imaginei me sentir tão oprimida como me sinto agora. É inacreditável que em pleno séc.XXI, numa cidade importante como o Rio de Janeiro, num país que se qualifica como democrático e com um arcabouço legal importante e abrangente (a Constituição da República é considerada uma das mais avançadas do mundo em direitos fundamentais individuais e direitos sociais), eu, e outros tantos, estejamos vivendo esse constrangimento absurdo de uma IES espúria.
    Como vou entrar em sala de aula?
    Como os colegas suportam entrar em sala de aula?
    O que essa IES quer mais de nós?

    ResponderExcluir
  46. E o Poder Público, que tem as mesmas informações que a senhora e ainda guarda silêncio? Como as instituições se deixam afrontar e, receio, no mínimo intimidar-se?

    Cadê o MP, o MPT, a DRT, a Fazenda, etc? Onde anda o nosso Deputado Paulo Ramos?

    ResponderExcluir
  47. Alguém já disse aqui com muita propriedade é que o ponto mais grave do Caso UniverCidade é a omissão e o silêncio das autoridades. Nós não vamos desistir: como els irão se justificar?

    ResponderExcluir
  48. DIA 6/3 ASSEMBLEIA - ATÉ DR RONALD VAI!

    ResponderExcluir
  49. TOLOS!!!

    VÃO ESPERAR O PAULO RAMOS, O SÉRGIO CABRAL E O LULA FAZER ALGUMA COISA?

    NADA SERÁ FEITO!!!

    O SIMPRO FAZ ALGO? NADA TAMBÉM.

    BLÁBLÁBLÁ E TAL

    COBRAR DE VERDADE COBRE A QUEM DE VERDADE DEVE. AO DONO DA INSTITUIÇÃO. DRS DO CURSO DE DIREITO, NÃO EXISTE BRECHA LEGAL PARA PENHORAR A RECEITA DA UNIVERCIDADE?
    PENHORAR OS BENS DO DR RONALD?

    NINGUÉM PERCEBEU QUE BRUNO GUERRA, CANTIERE E TODOS OS OUTROS SÃO TÃO FUNCIONÁRIOS COMO NÓS? COBREM A QUEM DE DIREITO DEVE.

    OBS. NÃO É MATÉRIA DE DEPUTADO ESTADUAL COBRAR NOSSOS SALÁRIOS. A POSIÇÃO DO PAULO RAMOS É ELEITOREIRA.

    A VERDADE É. A GRANDE MAIORIA DOS PROFESSORES NÃO VAI APARECER A ASSEMBLÉIA PQ TEM OUTRA FONTE DE RENDA E NÃO QUER SE EXPOR.

    VAMOS SER FRANCOS.

    EU TB NÃO GOSTO DE FICAR SEM RECEBER MEU SALÁRIO. MAS TENHO OUTRAS FONTES DE RENDA. POR ISSO SE VIER ÓTIMO, SE NÃO VIER EU TENHO COMO SE VIRAR E OUTROS PESSAM ASSIM.

    PQ AINDA NÃO FOI ABERTO UM PROCESSO PEDINDO QUE O GOVERNO INTERVENHA NA UNIVERCIDADE? PQ NÃOP FOI ABERTO PROCESSO COLETIVO? SE JOGADOR DE FUTEBOL CONSEGUE PENHORAR RENDA, PQ A GENTE NÃO CONSEGUE?

    ResponderExcluir
  50. O Sr. sofre de um mal muito comum: chama-se falta de solidariedade. Mas não se preocupe. Pode ser que o seu caso seja incurável, mas a lição que estamos deixando neste blog poderá alcançar seus filhos e netos. Por favor, continue frequentando.

    ResponderExcluir
  51. "(...) se não vier eu tenho como se virar(...)"
    Isso diz quem é o postador 19:41.
    Vai se virando, querido, pode ser que voc~e role ladeira abaixo...

    ResponderExcluir
  52. Parabéns para o senhor do post 19:41 que tem outra fonte de renda. Magistério para mim nunca foi "bico". Eu não tenho outra fonte de renda. Apostei na vida acadêmica. Sou mestre, fiz muitos cursos.
    Num infeliz dia entreguei minha vida profissional nas mãos da UniverCidade acreditando num certo projeto pedagógico que, com o tempo, se mostrou demagogo. Agora estou preso aqui (por enquanto).
    Mas uma coisa tenho que concordar com o senhor; porque não conseguimos penhorar a renda da UniverCidade.
    Vou tentar responder. Não conseguimos por existirem pessoas como o senhor, OMISSAS!

    ResponderExcluir
  53. Penhorar é possível? Isso valeria muito!!!! Será por isso q criaram a UC TRUST?

    ResponderExcluir
  54. Como podemos organizar processos de penhora? Pessoal do direito, ajudem.

    ResponderExcluir
  55. Professor, mostre que a sua dignidade, a sua hombridade ou feminilidade são inegociáveis: esteja na Assembléia de 6 de março.

    ResponderExcluir
  56. Vamos entrar com um grande número de rescisões indiretaos ao fim de 2010/1?

    ResponderExcluir
  57. "se não vier tenho como me virar..." mais um motivo para entrar na luta, não acha?

    ResponderExcluir
  58. cimitério está cheio de heróis. não sou coração valente para me jogar de peio aberto. tenho muito a perder se for demitido. mas repito vamos cobrar de quem nos deve de direito

    ResponderExcluir
  59. Se tens tanto a perder não tens nada a ganhar. O professor da UniverCidade acha que cImiterio está cheio de herois? Vamos sim cobrar na justiça mas é preciso união e luta. Sem luta não há vitória. Contem com o meu peito aberto.

    ResponderExcluir
  60. Imaginem... Como pode existir pessoas como esse professor, 19:41 , acima, que diz ser normal não receber seus direitos!

    Diz que não precisa!!! Isso não é desculpa, pois não é isso que está em jogo na nossa causa. O problema não é se precisamos ou não, apesar de se um motivo seríssimo!O que importa é que TODOS temos direitos a receber e por ilegalidades dos gestores isto não está acontecendo.

    Está cobrando agora, professor? O que o senhor nos oferece? Alguma colaboração para seus colegas de missão, ou vai continuar a subestimar seus colegas? Sinto muito, professor. Desertar é uma covardia, e temos um grande grupo de demitidos e não demitidos que estão apostando na derrota do mal, que provavelmente não vai ser fácil, mas não é impossível.

    Desde quando o senhor está na UniverCidade? O movimento começou em novembro de 2010!!! Portanto , como o senhor é muito sabido , deve entender que a vida no Brasil começa agora, pois estavam em férias forenses, os órgãos estavam em recesso.

    O movimento tem praticamente três meses. A omissão dos professores e sua omissão durante mais de seis anos causaram tudo isso.

    Pra falar a verdade até que estamos adiantados, por que antes só havia inércia e hoje estamos só começando...

    Como pode aceitar tanta falcatrua, falando tais palavras no BLOG , incentivando aos gestores incautos a nos assediar. Sim, por que o que o senhor está mencionando pesa na balança para o lado opositor e transparece que o professor está contra nós.

    Falta ao senhor SOLIDARIEDADE e também a aqueles que estão se omitindo, por que serão fantoches da vontade do dono e este manuseia como bem entender os seus assédios e os seus soldados.

    Eu , Professor Brasileiro, será que continuo na Instituição? Será que ajuizei Rescisão Indireta? Será que fui demitido? Será que preciso ou não preciso? Para mim, isto nunca importará, por que tenho um objetivo: desmantelar essa operação desumana!

    Precisando ou não, vamos a ASSEMBLÉIA. Convido ao professor , 19:41, a comparecer na ASSEMBLÉIA e expor as suas idéias.

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  61. É isso, aí Professor Brasileiro. Lhe devemos muito. Manter um blog como este é advogar pela causa de todos. Muito obrigado. Não se deixe incomodar por um ou outro parasita. O senhor é a maior expressão da nossa causa, todos lhe são devedores, mesmo os omissos.

    Deus te abençoe, senhor.

    ResponderExcluir
  62. Professor brasileiro,
    mestre da coragem e da solidariedade,
    nosso soldado desconhecido,
    muito,muito obrigado por tudo.Quem dera eu tivesse a sua coragem?Luto sempre vou lutar e vou acabar com essa falcatrua.Onde estão os nossos direitos?Money talks mas a CLT também,a Constituição Federal existe.Vamos cruzar os braços?Não,não lutem destemidos e vamos conseguir.Quero meus direitos e vou voltar a denuinciar diariamente as falcatruas...

    ResponderExcluir
  63. JÁ DENUNCIOU A UNIVERCIDADE HOJE?

    DENUNCIE AQUI TAMBÉM.

    ResponderExcluir
  64. 23/2/2010 só 45% salário de janeiro, sem pgto 13o 2007, fgts, inss; profs demitidos sem nada de pgt jan e fev... PARABÉNS UNIVERCIDADE.
    As dividas se acumulam,a coragem só aumenta.

    ResponderExcluir
  65. Professores, 5a feira está chegando. Vamos divulgar o blog a todos (funcionários, professores e alunos).

    ResponderExcluir
  66. AONDE ESTÁ SEU PGTO? LIGUE PARA O RH E PERGUNTE:
    25365187

    ResponderExcluir
  67. Vamos fazer anúncios do BLOG do PROFESSOR BRASILEIRO nos jornais como Folha Dirigida, ODia e O Globo? O SINPRO deveria fazer maior divulgação da assembleia. É fundamental que os seus representantes visitem as unidades na próxima semana.

    ResponderExcluir
  68. Ronald Levinson, Olavo de carvalho, Caso Delfin, UniverCidade... junte isto no google = ESCANDALOS

    ResponderExcluir
  69. E a imprensa não divulga mais nada?

    ResponderExcluir
  70. Vamos perder uns minutinhos de nosso dia e vamos escrever a todos os jornais do brasil!!!!

    ResponderExcluir
  71. O raciocínio expressado no post 19:41 causou polêmica, mas tem a lógica de um considerável número de colegas. Infelizmente essa é a realidade. Porém, nada que não possa ser mudado.
    Penso, inclusive, que os que têm outra fonte de renda deveriam ser os mais comprometidos com o movimento, já que sobre suas cabeças, em tese, não paira a "espada da necessidade absoluta".
    Esses colegas que têm outra fonte de rendas são mais covardes ainda. Solidariedade ZERO!
    Pensem nisso...Pensem nos tantos professores que estão completamente individados, nos que perderam carro e apartento por não ter como pagar as prestações, nos que ainda não conseguiram comprar todo o material escolar de seus filhos(só 45%), nos que só estão comendo 45% do que deveriam comer, só estão tomando 45% dos remédios que deveriam tomar etc.
    Vocês gostariam que isso estivesse acontecendo com vocês? Pode vir a acontecer...A quem vão pedir solidariedade?
    Bom dia a todos (se é que é possível).

    ResponderExcluir
  72. Estamos à beira de 39 mil acessos e já temos 77 comentários em menos de 24 horas.

    ResponderExcluir
  73. Gestores, eu não tenho dinheiro para ir trabalhar na quinta-feira. Tenho certeza que muitos professores estão na mesma situação. Já que não posso ir trabalhar por que não tenho como ir, vou ter que arrumar um atestado médico para faltar e vocês não poderem me descontar. Com vocês só mesmo na maracutáia...

    ResponderExcluir
  74. Eu também. O médico me deu 15 dias, pois estou com problemas neurológicos em virtude de estresse.

    É A VERDADE!

    Levarei um laudo que já solicitei ao hospital, que demonstrará a VERACIDADE do fato.

    Prof. amigo

    ResponderExcluir
  75. Eu também vou ficar doente.

    ResponderExcluir
  76. A UniverCidade faz mal a saúde.

    ResponderExcluir
  77. $ eu não tenho para ir ao trabalho. Meu tanque está vezio.

    ResponderExcluir
  78. complemento: mas para a assembleia vou até andando na chuva.

    ResponderExcluir
  79. estou na mesma situação. e como estarão os demitidos, sejam da associação ou não?

    ResponderExcluir
  80. Na minha opnião, 2010/1 não pode terminar sem uma greve. Vamos pensar nisso. Pode até ser uma paralização de 48 horas mas algo precisa acontecer. Vejam a nossa situação!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  81. ALUNOS, escreva,m para o FALE com o PRESIDENTE e mostrem a sua insatisfação com isto. Grandes mestres demitidos, outros sem salários. Vc acha que isto não afeta vc?

    ResponderExcluir
  82. PROFESSORES, depositem no you tube videos mostrando seus extratos bancarios no vermelho. Logicamente os srs. devem omitir os nomes e o número da conta, ligando somente o filme ao não pgt por parte da UniverCidade. Será um sucesso entre os alunos.

    ResponderExcluir
  83. 5a feira começam as aulas, TEMOS QUE DIVULGAR AMPLAMENTE O BLOG.

    ResponderExcluir
  84. Para os que estão estranhando minha ausência, não se preocupem. Estou e estarei sempre presente e atuante.
    Um grande abraço a todos.

    ResponderExcluir
  85. "Tu tens medo das palavras? Tenha. Elas são um amontoado de armadilhas."
    Prof. Além-Mar

    ResponderExcluir
  86. Gente isso não é uma família, é uma formação de quadrilha!!!!

    TEXTO NA INTEGRA:
    http://www.novoeste.com/pdf_news_1652.pdf

    Fazenda Estrondo coleciona crimes trabalhistas e ambientais

    27/11/2009 11:09 by Editoria
    http://www.novoeste.com
    Casos de escravidão, desmatamentos ilegais e suspeitas de grilagem tornam a Fazenda Estrondo um símbolo da ocupação predatória do Cerrado. Conheça a problemática área do Oeste baiano que entrou duplamente na "lista suja"
    Estrondo é o nome da cachoeira que batiza uma enorme área de mais de 230 mil hectares situada nas terras planas e valorizadas no Oeste da Bahia, região de franca expansão do chamado agronegócio. Fragmentado em dezenas de
    propriedades, o "condomínio" - que soma quase a extensão total de um país europeu como Luxemburgo - está situado mais precisamente em Formosa do Rio Preto (BA), próximo à divisa com o Tocantins.
    (...) No entanto, casos de escravidão, desmatamentos ilegais e suspeitas de grilagem tornam a Fazenda Estrondo um símbolo da ocupação predatória do Cerrado.
    A mais recente denúncia contra a Estrondo gerou um fato inédito. Pela primeira vez, duas fazendas de um mesmo empreendimento agropecuário entraram simultaneamente na "lista suja" do trabalho escravo, cadastro do governo federal que lista infratores flagrados explorando esse tipo de crime. (...)Os infratores entraram no cadastro do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)após a conclusão dos processos administrativos gerados a partir da situação encontrada pelos auditores fiscais do trabalho. Quem aparece na relação tem as portas fechadas para crédito público federal e enfrenta restrições comerciais das centenas de empresas e associações signatárias do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, em marcha desde 2005.
    Catadores de raízes da Fazenda Austrália foram aliciados e viviam em barracos -
    MTE A Fazenda Austrália, da Companhia Melhoramentos do Oeste da Bahia (CMOB), que atua também com mineração na região, mantinha 39 trabalhadores escravos que catavam raízes para viabilizar a produção de soja. Já na Fazenda Indiana, sob a responsabilidade de Paulo Kenji Shimohira, houve 52 libertações da empreitada de capina de algodão. As unidades foram inspecionadas pelo grupo móvel, composto por auditores fiscais do MTE, procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT) e agentes da Polícia Federal (PF).
    (...) Por causa da violação dos direitos trabalhistas, a empresa desembolsou uma rescisão de R$ 38,2 mil. Segundo o MTE, os diretores da CMOB são Adilson Santana Borges, "Claudia Vieira Levinsohn e Priscilla Vieira Levinsohn", residentes no Rio de Janeiro (RJ). Por trás deles, porém, está o empresário "Ronald Levinsohn", que está à frente da UniverCidade (instituição privada de ensino superior com sede no Rio) e se envolveu no escândalo financeiro que culminou com a quebra da administradora de cadernetas de poupança Delfin, em 1983.
    Os trabalhadores haviam sido contratados de forma ilícita pelo "gato" (intermediário de mão de obra) Aldino Pais Bandeira, conhecido como "Aldo", em Barreiras (BA), a cerca de 250 km da lavoura. Eles estavam em condições
    degradantes, alojados em barracos improvisados construídos com folhas de zinco e lona plástica. Sem piso, instalação hidráulica, sanitária, luz elétrica e água encanada. Alguns catadores dormiam sobre sacos plásticos ou papelão, estendidos no chão, já que a empresa não fornecia colchões. Segundo a fiscalização, os barracos não eram "dignos de abrigar animais".

    ResponderExcluir
  87. Ih! acho que esqueceram de me pagar!?!?!?
    Também sou esquecido, vou esquecer de ir trabalhar. Há há.

    ResponderExcluir
  88. Meu Deus, o comentário de 12:06 é assustador.
    Na empresa desse homem eu não fico mais.
    Aonde estão os direitos humanos, a ONU, o MP, o Lula?

    Trabalho escravo lá, trabalho escravo aqui.

    ResponderExcluir
  89. Se o problema do Ronald era ter a sua vida associada ao passado (caso Delfin) então não vai se encomodar com o presente:

    (...) Por causa da violação dos direitos trabalhistas, a empresa desembolsou uma rescisão de R$ 38,2 mil. Segundo o MTE, os diretores da CMOB são Adilson Santana Borges, "Claudia Vieira Levinsohn e Priscilla Vieira Levinsohn", residentes no Rio de Janeiro (RJ). Por trás deles, porém, está o empresário "Ronald Levinsohn", que está à frente da UniverCidade (instituição privada de ensino superior com sede no Rio) e se envolveu no escândalo financeiro que culminou com a quebra da administradora de cadernetas de poupança Delfin, em 1983.


    Leiam o comentário de 12:06 na íntegra.

    ResponderExcluir
  90. Quem cala a boca e não reclama de seus salários atrasados está colaborando com amesma família (SOPRANO) que usa trabalho escravo! VAMOS FAZER ALGUMA COISA PARA CHAMAR A ATENÇÂO DA SOCIEDADE. GREVE JÁ. Somos todos humanos ou o q?!!!!!

    ResponderExcluir
  91. É... isso é INCRÍVEL!!!

    ResponderExcluir
  92. DA MESMA FORMA QUE A INSTITUIÇÃO FAZ COAÇÃO AOS PROFESSORES, EU SINCERAMENTE ME SINTO COAGIDO E PRESSIONADO POR COLEGAS A IR NA REUNIÃO DO SIMPRO.

    SÃO VÁRIAS ACUSAÇÕES DE QUEM NÃO FOR É ISSO OU AQUILO. NÃO ACHO LEGAL ESTA FORMA QUE ALGUNS COLEGAS TRATAM DO ASSUNTO. NÃO SOU OBRIGADO A PARTICIPAR DO MOVIMENTO E SE DEIXAR DE PARTICIPAR NÃO SERIEI MELHOR OU PIOR PESSOA.

    ResponderExcluir
  93. Se você tem feitor, abaixe a cabeça, fuja das assembléias, reclame em voz baixa...

    ResponderExcluir
  94. Se você acredita no que está dizendo, não vá. Considerando suas posições anteriores, não vejo mesmo razão para o senhor ir.

    ResponderExcluir
  95. Aliás, faça como certos coordenadores, que gostam de telefonar ou enviar e-mails para seus diretores na exata hora da assembléia deixando bem claro:

    -- Viu, chefinho? Estou aqui, não estou lá...

    ResponderExcluir
  96. FALAR NO ANONIMATO É MUITO FÁCIL. SE TODOS TEM CORAGEM, PQ NÃO APARECEM?

    ResponderExcluir
  97. Agora, se o senhor participasse, seria de fato uma pessoa melhor. O problema é que me parece que o senhor é incapaz de entender o porquê.

    Mas está se divertindo, não está? O Sr. tem o mesmo estilo do Sr. Ronald Jr.

    ResponderExcluir
  98. Á mim, vindo aqui e postando essa bobagens o senhor diverte muito.

    ResponderExcluir
  99. Prezado PEDRO BIAL - comentário das 12:43

    Por que acessas o blog?

    ResponderExcluir
  100. DIRETO DA ADMINISTRAÇÃO

    Amigos professores,

    Não esperem mais nenhum dinheiro este mês de fevereiro. Somente a partir da primeira semana de Março.

    Ouvi comentários aqui na louca corte imperial que vão aguardar, pois se realmente houver uma paralisação, aqueles que a aderirem, serão desligados e ficarão sem o salário restante e os demais.

    Comentário pessoal: Vi o post sobre as informações da fazenda. Fiquei chocado. Como este Sr. debocha do Judiciário! Caramba!

    FUNCIONARIO(A) DO FINANCEIRO

    ResponderExcluir
  101. Se 30% dos professores aderissem à paralização, seria inviável uma demissão em massa. Mas somos vistos de um modo tão aviltante (e temo, com certa razão), que já contam com uma pequena adesão ao movimento grevista.

    Não entendo como alguém pode presenciar uma coisa dessas e ter medo de fazer greve. Estamos sendo tratados como escravos. Nosso salário (que tem caráter alimentar) é instrumento de opressão. Usam o MEU SALÁRIO para me intimidar.

    Se ainda assim você tem medo de fazer greve, então me desculpe, mas você merece o que está passando.

    Fui demitida em dezembro, meu processo já está correndo, estou aqui em solidariedade aos que ficaram naquele inferno. Por isso me sinto a vontade para repetir: se diante de toda essa lama, de todo esse drama, você tem medo de fazer greve, então me desculpe, mas você merece o que está passando.

    E não merece o meu sacrifício.

    ResponderExcluir
  102. A hora é essa. Fomos ameaçados: você vai dizer sim às ameaças? Vai ficar em casa? Vai fazer o pacto com o Mal pela omissão e pela inércia?

    AMIGOS! O MOMENTO CHEGOU! NÃO SOMOS NÓS QUE PRECISAMOS DELES. SÃO ELES QUE DEPENDEM DE NÓS!

    ResponderExcluir
  103. PROFESSORA DAS 23 de fevereiro de 2010 13:04

    QUE SACRIFÍCIO A SRª ESTÁ FAZENDO? A SENHORA JÁ ESTÁ DESLIGADA DA CASA. PQ NÃO SE APRESENTA. QUE MEDO A SRª TEM PARA FICAR NO ANONIMATO????

    QUERO MAIS UMA VEZ QUE OS COLEGAS APRESENTEM SOLUÇÕES. GREVE NÃO VAI SOLUCIONAR NADA. REVANCHE TAMBÉM NÃO.

    ResponderExcluir
  104. Realmente é chocante tudo o que estamos assistindo, inclusive ver que alguns estão desertando.

    Não podemos deixar que essas operações ilegais tenham um final feliz. Certamente, continuando com o movimento de uma forma avassaladora , de denúncias , insistindo na mídia, persistindo nos comentários, anunciando pra todos os cantos, e participando das Assembléias , surtirá um efeito político que mexerá com os brios e arrogância daqueles que construíram seus castelos com base no sacrifício de outros, e assim, ruirão.

    Falta apenas um sopro para desmoronar.

    INSISTAM , PERSISTAM, POIS MUITOS ESTÃO ACESSANDO O BLOG E A PROPAGANDA ESTÁ SE ALASTRANDO.

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  105. SOLUÇÃO 1: TROQUEM AS UNIDADES.
    Em sua maioria os prédios são de propriedade da família Levinsohn ou seus laranjas, que cobram aluguéis de valores extorsivos e absurdos, pagos sem hesitação pela mantenedora presidida por Levinsohn.

    SOLUÇÃO 2: TROQUEM AS EMPRESAS DE CONSERVAÇÃO
    Elas pertencem à família Levinsohn (vide Solução 1).

    SOLUÇÃO 3: TROQUEM AS EMPRESAS DE SEGURANÇA
    Elas pertencem à família Levinsohn (vide Solução 1).

    SOLUÇÃO 4: ENCERREM A PARCERIA COM A UNIVERCIDADE TRUST
    Ao invés de usar salário para pagar debêntures, paguem seus funcionários.

    __________________
    PS. Não sou seu colega. Meus colegas não são lacaios, eles tem dignidade.

    ResponderExcluir
  106. VIVA O PROFESSOR BRASILEIRO!

    ResponderExcluir
  107. Senhores, vamos raciocinar. Se eles não nos pagarem nada para iniciarmos o semestre vai gerar revolta em todos. Correm um risco muito maior de greve. Depois, podemos todos ir ao médico e tirarmos licença médica. Como fará a UniverCidade com muitos dos seu professores doentes por estresse (belo danos moral). Ainda mais com o "pequeno detalhe" de que professor de licença médica não pode ser demitido (não é assim profs. de direito do trabalho?).
    Nós, gestores, somos bem relacionados. Todos temos amigos médicos. E nem precisaria. Afinal, não seria difícil dectar problemas de saúde em quem trabalha na IES. Vamos todos ao médico e depois para a assembleia!

    ResponderExcluir
  108. Estresse epidêmico. Gostei. Isso fica lindo na primeira página de qualquer jornal.

    ResponderExcluir
  109. Vamos usar as armas deles contra eles. Vamos tirar licença médica!
    Quero ver começar o semestre e ter demissões...

    ResponderExcluir
  110. Que País é Este
    Legião Urbana
    Composição: Renato Russo
    “Nas favelas, no senado
    Sujeira pra todo lado
    Ninguém respeita a constituição
    Mas todos acreditam no futuro da nação
    Que país é esse?
    Que país é esse?
    Que país é esse?
    No Amazonas, no Araguaia iá, iá,
    Na Baixada Fluminense
    Mato Grosso, nas Gerais e no
    Nordeste tudo em paz
    Na morte eu descanso, mas o
    Sangue anda solto
    Manchando os papéis, documentos fiéis
    Ao descanso do patrão
    Que país é esse?
    Que país é esse?
    Que país é esse?
    Que país é esse?
    Terceiro mundo, se for
    Piada no exterior
    Mas o Brasil vai ficar rico
    Vamos faturar um milhão
    Quando vendermos todas as almas
    Dos nossos índios num leilão
    Que país é esse?
    Que país é esse?
    Que país é esse?”

    Prof. Além-Mar

    ResponderExcluir
  111. "os indio somos nós todos"

    ResponderExcluir
  112. INTERESSANTE. COPIEM E COLEM ESSES ENDEREÇOS E LEIAM COM CUIDADO.

    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=1544063&tid=2455228564560671654&kw=RONALD+LEVINSHON

    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=87091&tid=2458323122840804189&kw=RONALD+LEVINSHON

    ResponderExcluir
  113. É um absurdo o que essa família fazem em suas fazendas e faculdade. Nas fazendas trabalho escravo e na faculdade humilham e fazem o querem com seus funcionários, isso tem que parar não é possível que a Justiça de nosso país continue à pactuar com esses verdadeiros "terroristas urbanos". Sou ex-aluno de Administração concluí o curso semestre passado, mas estou disposto a ajudar os nobres professores que estão nesta luta. Poderíamos organizar um protesto dos alunos(que com certeza não estão nada satisfeitos com os desmandos dos gestores) pois com certeza essa desordem que eles fazem já afeta a qualidade do ensino, como eu percebi durante o curso. Esse protesto poderia ser na unidade Ipanema,com certeza chamará mais atenção, uma coisa que o Sr. Ronald e seus Gestores tem muito medo que aconteça.Uma vez a sociedade sabendo o que acontece na faculdade irá associar ao caso Delfin um dos maiores medos do Sr. Ronald quem tem pavor de exposição pública desde este caso. Aos professores e funcionários que estão nessa luta meus sinceros parabéns e contem aos alunos o que está acontecendo, pois tenho certeza que aqueles que possuem um caráter bom e desejam cursar uma faculdade de qualidade estarão com vocês.

    ResponderExcluir
  114. Se o senhor puder ajudar-nos nesse protesto seria excelente.

    Por que não envia para o professor brasileiro a sua proposta? Envie para o email dele.

    AGRADEÇO SUA AJUDA.

    ResponderExcluir
  115. ACHO MARAVILHOSO ESSE BLOG DO PROFESSOR BRASILEIRO. MAS É ESCRITA MUITA COISA ERRADA!!! A UNIVERCIDADE NÃO PAGA SEUS ALUGUEIS HÁ MUITO TEMPO!!! QUEM DISSE QUE OS IMOVEIS PERTENCE A FAMILIA?? SE A FAMILIA VIVESSE DA UNIVERCIDADE, ESTAVAM MORTOS....

    ResponderExcluir
  116. A família soprano não vive da UniverCidade .Explora e humilha professores,escraviza trabalhadores na Bahia e foge para a penthouse de Nova Iorque.

    ResponderExcluir
  117. Pelo menos o Candido Mendes fechou a unidade centro...

    ResponderExcluir
  118. Alunos,

    Uma manifestação na quinta em Ipanema e na Gonçalves dias seria estupendo.E matéria paga no Globo e JB do sindicato.Não vamos comelçar as aulas sem pagamento.Não podemos.Dignidade professores.é só o que nos resta com tanto aviltamento.

    ResponderExcluir
  119. http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=1544063&tid=2455228564560671654&kw=RONALD+LEVINSHON

    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=87091&tid=2458323122840804189&kw=RONALD+LEVINSHON

    ResponderExcluir
  120. ninguem foge pra penthouse até porque já fui lá e não é penthouse nenhuma, aliás poderia até lhe informar melhor já que está falando tanta bobegem!!

    ResponderExcluir
  121. Cantieri,Bruno e Ricardo,

    Se estiverem lendo o blog para a caça às bruxas,paguem o salário pois não vamos voltar.Concordo que não podemos voltar na quinta...

    ResponderExcluir
  122. Vamos pedir qaos alunos para não comparecer enquanto os professores não receberem e não pagarem mais nada a partir de hoje.

    ResponderExcluir
  123. Bruno se encontra na Clinica São Vicente, UTI Já liguei e confirmei

    ResponderExcluir
  124. Do Financeiro

    Colegas,

    A empresa de segurança não pertence a famuilia Soprano
    Todos os funcionários da limpeza são agora do quadro da UniverCidade
    Vai sair o pagamento até quinta dos 55./.
    Penhorem a casa da Gavea e sobretudo as obras de arte,começando com as porcelanas chinesas e quadros.

    ResponderExcluir
  125. para minha ignorancia, o que vem a ser família soprano??

    ResponderExcluir
  126. Estão vendo como aquele coordenador que disse que participou de uma reuniao com o Bruno na Carioca está blefando e nos aterrorizando com o não pagamento?Fonte da Reitoria diz que pagamento vai sair de hoje para amanhã ou até quinta.
    Se não sair,concordo não vamos comparecer ou batemos o ponto e ficamos nas salas dos professores(alias cuidado com a delação dos apoios docentes)....

    ResponderExcluir
  127. É verdade. O Bruno Guerra continua na clínica.Confirmei.

    ResponderExcluir
  128. Dono de uma pinacoteca que não pára de crescer, Roberto Marinho reconhece
    que a responsável maior por ela foi a elegante e culta Stella Goulart, a
    primeira mulher e mãe de seus filhos. Na época em que estavam casados, freqüentaram
    muito o ateliê de Portinari e ficaram amigos também de Guignard.
    Um dia, em São Paulo, jantando na casa de uma rica família quatrocentona, ficou
    maravilhado com um quadro de Segall. Trinta anos depois um marchand
    veio oferecer-lhe o quadro. Comprou na hora. Há cerca de dois anos esteve na
    casa do empresário Ronald Levinsohn, onde almoçou e contou histórias de
    sua vida. À saída, viu um "Portinari" que o fascinou. No carro, foi logo comentando
    com quem o acompanhava: “Que beleza! Será que ele me venderia?”
    http://www.academia.org.br/abl/media/culto45c.pdf

    ResponderExcluir
  129. O relato do Dr Roberto é auto-explicativo.Sr Levinsohn,venda 2 quadros e resolva uma vez por todas nossa situação.O senhor não pode dormir tranquilo com o mal que nos causa.Professores,se não recebermos até amanhã,precisamos de algo forte na quinta para pressionar essa canalha de gestores da Reitoria .Os coordenadores sofrem como a gente.

    ResponderExcluir
  130. Não há o que dizer diante da perda de um filho. Não há palavras no Universo que possam descrever tamanha dor. Que Deus ampare e conforte a Profa. Sonia.

    ResponderExcluir
  131. O dinheiro vai aparecer. Aquele suposto coordenador era um impostor, com uma mensagem cheia de ameaças sombrias e veladas.

    A questão é que os gestores já aprenderam: quanto maior a tensão que causam segurando o salário, maior a distensão. Esse atraso levado ao paroxismo, quando quitado, costuma esvaziar assembléias ou reuniões.

    NÃO PERCA A MEMÓRIA DAS SUAS ANGÚSTIAS. Compareça ao Sindicato no sábado, dia 6. Somente pela via sindical poderemos articular um movimento eficaz de repúdio à podridão da UniverCidade.

    Considere que a nossa luta tem agora um elemento novo: o blog do Professor Brasileiro. Nossa participação aqui está abalando os gestores a ponto de comparecerem aqui divulgando falsas notícias, falsas ameaças ou fazendo provocações muito baixas – que aliás, não poderiam ser de outro modo: ninguém trabalha com esgoto sem contaminar-se.

    ResponderExcluir
  132. Uma família que explora o trabalho escravo manifesta um desprezo tão profundo pelo ser humano, que deve se sentir profundamente afrontada quando “meros professores” vem aqui desvendar seus horrores.

    Continuem, companheiros. Se quiserem paz e esquecimento, que paguem o preço: dignidade aos professores e funcionários da UniverCidade.

    ResponderExcluir
  133. O fato é, quer mudar alguma coisa? Vá dia 6/3 a assembléia. O escravista tem que parar.

    ResponderExcluir
  134. PROFESSOR BRASILEIRO!!!

    Vamos tomar cuidado com msgs que aparecem sendo Alguém do financeiro, alguém coordenador, Pedro Bial, daqui a pouco até Jesus Cristo vai postar.

    É preciso de fontes seguras sobre salário etc e tal, se não nossas fontes serão apenas águas de lindóia.

    vamos abrir o olho!

    Obs: acredito que eles vão pagar para dar um cala boca.

    ResponderExcluir
  135. QUE TRABALHO ESCRAVO!!!! TÁ MALUCO? PROVE O QUUE ESTÁ DIZENDO!!

    ResponderExcluir
  136. é a falta de dinheiro colega, deixa todos nós loucos mesmo!!

    ResponderExcluir
  137. SE O COLEGA NÂO LEU, VOAMOS REPETIR:





    Gente isso não é uma família, é uma formação de quadrilha!!!!

    TEXTO NA INTEGRA:
    http://www.novoeste.com/pdf_news_1652.pdf

    Fazenda Estrondo coleciona crimes trabalhistas e ambientais

    27/11/2009 11:09 by Editoria
    http://www.novoeste.com
    Casos de escravidão, desmatamentos ilegais e suspeitas de grilagem tornam a Fazenda Estrondo um símbolo da ocupação predatória do Cerrado. Conheça a problemática área do Oeste baiano que entrou duplamente na "lista suja"
    Estrondo é o nome da cachoeira que batiza uma enorme área de mais de 230 mil hectares situada nas terras planas e valorizadas no Oeste da Bahia, região de franca expansão do chamado agronegócio. Fragmentado em dezenas de
    propriedades, o "condomínio" - que soma quase a extensão total de um país europeu como Luxemburgo - está situado mais precisamente em Formosa do Rio Preto (BA), próximo à divisa com o Tocantins.
    (...) No entanto, casos de escravidão, desmatamentos ilegais e suspeitas de grilagem tornam a Fazenda Estrondo um símbolo da ocupação predatória do Cerrado.
    A mais recente denúncia contra a Estrondo gerou um fato inédito. Pela primeira vez, duas fazendas de um mesmo empreendimento agropecuário entraram simultaneamente na "lista suja" do trabalho escravo, cadastro do governo federal que lista infratores flagrados explorando esse tipo de crime. (...)Os infratores entraram no cadastro do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)após a conclusão dos processos administrativos gerados a partir da situação encontrada pelos auditores fiscais do trabalho. Quem aparece na relação tem as portas fechadas para crédito público federal e enfrenta restrições comerciais das centenas de empresas e associações signatárias do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, em marcha desde 2005.
    Catadores de raízes da Fazenda Austrália foram aliciados e viviam em barracos -
    MTE A Fazenda Austrália, da Companhia Melhoramentos do Oeste da Bahia (CMOB), que atua também com mineração na região, mantinha 39 trabalhadores escravos que catavam raízes para viabilizar a produção de soja. Já na Fazenda Indiana, sob a responsabilidade de Paulo Kenji Shimohira, houve 52 libertações da empreitada de capina de algodão. As unidades foram inspecionadas pelo grupo móvel, composto por auditores fiscais do MTE, procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT) e agentes da Polícia Federal (PF).
    (...) Por causa da violação dos direitos trabalhistas, a empresa desembolsou uma rescisão de R$ 38,2 mil. Segundo o MTE, os diretores da CMOB são Adilson Santana Borges, "Claudia Vieira Levinsohn e Priscilla Vieira Levinsohn", residentes no Rio de Janeiro (RJ). Por trás deles, porém, está o empresário "Ronald Levinsohn", que está à frente da UniverCidade (instituição privada de ensino superior com sede no Rio) e se envolveu no escândalo financeiro que culminou com a quebra da administradora de cadernetas de poupança Delfin, em 1983.
    Os trabalhadores haviam sido contratados de forma ilícita pelo "gato" (intermediário de mão de obra) Aldino Pais Bandeira, conhecido como "Aldo", em Barreiras (BA), a cerca de 250 km da lavoura. Eles estavam em condições
    degradantes, alojados em barracos improvisados construídos com folhas de zinco e lona plástica. Sem piso, instalação hidráulica, sanitária, luz elétrica e água encanada. Alguns catadores dormiam sobre sacos plásticos ou papelão, estendidos no chão, já que a empresa não fornecia colchões. Segundo a fiscalização, os barracos não eram "dignos de abrigar animais".

    ResponderExcluir
  138. DESTACANDO TRABALHO ESCRAVO:

    "Entre os 39 trabalhadores libertados na catação de raízes para a produção de soja na Fazenda Austrália, em outubro de 2005, havia três mulheres e um jovem de 16 anos. A soja é o principal produto cultivado pela propriedade. Por causa da violação dos direitos trabalhistas, a empresa desembolsou uma rescisão de R$ 38,2 mil. Segundo o MTE, os diretores da CMOB são Adilson Santana Borges, Claudia Vieira Levinsohn e Priscilla Vieira Levinsohn, residentes no Rio de Janeiro (RJ). Por trás deles, porém, está o empresário Ronald Levinsohn, que está à frente da UniverCidade (instituição privada de ensino superior com sede no Rio) e se envolveu no escândalo financeiro que culminou com a quebra da administradora de cadernetas de poupança Delfin, em 1983."

    ResponderExcluir
  139. TRABALHO ESCRAVO, GOLPES FINANCEIROS EDUACAÇÂO FAST FOOD... Lindo!! Aonde está o MP?

    ResponderExcluir
  140. isso é coisa do ministerio publico. Quem disse que é verdade caro colega?

    ResponderExcluir
  141. Gente não podemos acreditar em tudo que lemos!!!

    ResponderExcluir
  142. Não é necessário provar nada para o senhor. É só ver os comentários acima e veremos os sites que têm tais fatos.

    ESCRAVO É AQUELE QUE TRABALHA SEM RECEBER NADA, COM ASSÉDIO, PRESSÕES,CHIBATA, TERROR, E O QUE ESTÁ ACONTECENDO É JUSTAMENTE ISSO.

    Portanto nada há nada para provar.TUDO O QUE ESTÁ ACONTECENDO É TÍPICO DE TRABALHO ESCRAVO.
    É público e notório para quem quiser pesquisar na Internet.

    MALUCO é aquele que está fora da realidade, mas nós estamos bem conscientes dos nossos problemas.

    ResponderExcluir
  143. OS MESMOS QUE NÃO NOS PAGAM (AGORA SOU CREDOR DO DR. RONLD, Há Há), FAZEM DO TRABALHO ESCRAVO NO NORDESTE OUTRA FONTE PARA FICAR MAIS E MAIS RICOS. AONDE ESTÃO OS JORNAIS?

    ResponderExcluir
  144. Rapaz, é mesmo: sou credor de magnata! E eu reclamando da vida, vê se pode?

    ResponderExcluir
  145. alguém escreveu que não podemos acreditar em tudo o que lemos, tentando defender o honesto dr. ronald. OK não precisamos ler nada, basta o que vivemos desde 2003, basta o caso delfin em que minha avó fico um tempão para ver o dinheirinho de sua caderneta. Não precisaria ler nada, mas tenho meus contatos que conhecem a família e sei que basicamente é TUDO VERDADE.

    ResponderExcluir
  146. Olha a rrogância do sujeito em 17:53: "isso é coisa do ministerio publico."

    Quem se atreve a debochar assim do MP? Quem poderia desdenhar uma das mais importantes instituições do Judiciário?

    ResponderExcluir
  147. Sua avózinha recebeu tudo meu bem!e se eu te disser que sou da familia?? E NÃO É TUDO VERDADE

    ResponderExcluir
  148. Se um jornal mentisse ao seu respeito, você processaria em defesa de sua honra, não é verdade? Afinal, se não processasse, o que poderiam pensar de você?

    ResponderExcluir
  149. mas quem falou que não estão sendo processados?

    ResponderExcluir
  150. Com todo respeito a Vovó do colega, entrei na Justiça para frustrar a UniverCidade e receber meus direitos ainda em minha juventude.

    ResponderExcluir
  151. Estão? E não tiraram as notícias do ar? Troca o advogado, moço.

    ResponderExcluir
  152. Se é da família (18:00), então nos pague e pronto. Vc me deve dinheiro. Se vovó recebeu, demorou um tempão e o din din era dela e não seu. Tenha vergonha na cara.

    ResponderExcluir
  153. eu hein...não te devo nadinha....nem te conheço...não sou dono dessa Universidade, nem nunca pus meus pés ai!

    ResponderExcluir
  154. mas eu não acredito que seja um soprano, deve ser só um desocupado tentando criar tumulto.
    em todo caso, se for ME DEVE DINHEIRO, PAGUE!!!!

    ResponderExcluir
  155. nem todos os sopranos são donos disso ai meu irmão

    ResponderExcluir
  156. Concordo que não sejam todos donos, é claro. Entretanto, a partir do momento que se manifestam publicamente em defesa de atos ilícitos (como não me pagar, por exemplo) estão co-participando das opções feitas pelos nossos coronéis e seus feitores. Se não tem nada com isso, são pessoas honestas, ótimo. Que nos apoiem no que é certo.

    ResponderExcluir
  157. Só para registro, já são praticamente 40.000 acessos.

    ResponderExcluir
  158. Excelente posição defendida pelo colega em 18:24. A questão é essa mesmo: quem defende o ilícito é cúmplice do mal.

    ResponderExcluir
  159. Já são mais de 170 comentários em menos de 48 horas. A expansão do site segue acelerada.

    ResponderExcluir
  160. Paulo Octávio renuncia ao governo do DF! (É, rapaz, se a sociedade pressiona, as coisas acontecem).

    ResponderExcluir
  161. ninguem aqui está defendendo o não pagamento de quem trabalhou e não recebeu! Pelo Amor de Deus!!! Claro que o trabalhador tem de receber o que lhe é devido por favor, não me entenda errado!

    ResponderExcluir
  162. Colegas,

    O que importa é que o maior número possível de professores compareçam a ASSEMBLÉIA. Neste dia vamos discutir tudo.

    Mesmo se tiver comentários mentirosos, de qualquer forma tudo vai se esclarecendo e as verdades aparecem.

    Reparem que a verdade vai aparecendo aos poucos, e cada um que conta alguma coisa outro vem e rebate com mais esclarecimentos ainda.

    Agora é bom sempre nos preparamos para qualquer um que chegue e escreva algo sensacional. Observem , vão puxando ... e aqueles que estão conosco descobrem e logo defende.

    Temos um grande número de acessos e pelo relatório que recebo de 24 em 24 horas, se aparecer este número na ASSEMBLÉIA estaremos fortes e ninguém poderá conosco.

    União.

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  163. Contagem regressiva.... Faltam 49 acessos para 40.000....

    ResponderExcluir
  164. Como devemos proceder com os alunos e com a Instituição no dia 25/02. Sinceramente, encontro-me sem forças e muito desgastado. Ao contrário de muitos, não tenho a UniverCidade como bico, ela é minha fonte direta. Minha vida pessoal está completamente desestabilizada e desestruturada. Problemas familiares já são rotina mal-estar nem se fala! É justo num momento desses de vida depois de tanto investimento profissional nos submetermos a tamanha humilhação? Me sinto sinceramente num beco sem saída! Não deveríamos voltar como se nada estivesse acontecendo daremos a entender que estamos conformados com toda essa situação!!!

    ResponderExcluir
  165. Professor, o sr, eu e muitos estãmos nessa situação. Vamos dia 6/3 para votar por uma paralização.

    ResponderExcluir
  166. É a política escravagista de volta ao Brasil. Sabemos quem é o coronel, a sinha e os feitores. Quem faltar ao trabalho vai ao tronco - 20 chicotadas. Se chegar atrasado, só 5. Se Visitar o blog do professor brasileiro vai dormir no tronco. É essa tabela atual.

    ResponderExcluir
  167. É por essas e outras que muita gente tem diploma e poucos valem algo. Não dá para acreditar em uma IES como essa.

    ResponderExcluir
  168. Rs!... Rs!... Rs!... Gente não exagera... Somente 15 chibatadas já é o suficiente! No BLOG do professor Brasileiro você vai ficar de castigo, ajoelhado no milho, olhando para o BLOG durante mais 40.000 acessos, mas... sem comentar!!!

    Isso é pra RELAXAR! Sabe de uma coisa? Hoje nós temos um local democrático e é com isso que conseguiremos a vitória.

    Os professores da UniverCidade estão empreendendo em algo diferenciado.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  169. Ao professor das 19:33:

    Mestre, não tome nenhuma atitude isolada. Aguarde a Assembléia do dia 6. Se agirmos em conjunto, estaremos blindados. Tenha forças, nossa hora está chegando. Ajude a divulga a Assembléia e o Blog a partir do dia 25. Essa é, por hora, a nossa missão.

    ResponderExcluir
  170. Salve! Salve...
    A vida tenta seguir e nós continuamos sem receber...
    Como vou trabalhar? Devo pedir carona no onibus ou empurar meu carro sem combustível?
    Preciso revolver esse dilema...

    ResponderExcluir
  171. Eles vão pagar. Eles tem medo do que podemos dizer aos alunos. A única forma de amenizarem os ânimos é nos pagando. Eles são covardes.

    ResponderExcluir
  172. Eu vou, eu vou...
    Ficar doente
    Eu vou...

    ResponderExcluir
  173. GESTORES DESTA SITUAÇÃO LAMENTÁVEL:

    Associação Educacional São Paulo Apóstolo
    Centro Universitário da Cidade

    Presidente:
    Ronald Guimarães Levinsohn

    ---------------------------------------------------------------------



    Reitor:
    Ronald Guimarães Levinsohn

    Pró-reitor de Admissão e Assistência ao Aluno:
    Wanderley Mardini Cantieri

    Pró-reitor de Operações:
    Fernando Vieira Braga

    Pró-reitor Administrativo-Financeiro:
    Bruno Guerra

    Diretor de Graduação
    Ricardo Meireles

    Diretor de Pós-Graduação e Extensão
    Jorge de Abreu Soares

    Diretor de Desenvolvimento Institucional:
    Jorge Cássio da Silva Mello

    Diretor de Tecnologia:
    Carlos Eduardo Silva Pereira Leite

    Diretor de Sistemas:
    Marcio dos Santos Viola

    ResponderExcluir
  174. É mesmo uma situação muito triste. O sálario é meu, fiz juz a ele, e o atrazo é injustificável.

    ResponderExcluir
  175. Como alguém pode permenecer cumplice de um caso desses?

    ResponderExcluir
  176. Apenas 22, ups! 21 acessos para os 40000...acho inacreditável o descaso dos órgãos responsáveis pela justiça e ordem, mas, depois de tudo que tenho lido e me informado ( não fico apenas na leitura )só me resta perguntar : que país é esse , com gente honesta, trabalhadora, profissional x gente desonesta, corrupta, lacaia, puxadora de saco, subserviente, bajuladora ? Deus, dai-nos força e perseverança...infelizmente, ou felizmente, não estarei em sala de aula na próxima semana, mas, fiz, faço e continuarei fazendo o meu trabalho de difundir tudo o q temos passado. Sds

    ResponderExcluir
  177. Correção :( 39915 visitantes)faltam 85 acessos, me empolguei...senão daqui a pouco irão postar q tb não sabemos fazer contas e olhem, o q mais tenho feito ultima/ é somar o q devo e o que me a Univercidade me deve!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  178. 24/2/2010 s´p 45% salário de janeiro, sem pgto 13o 2007, fgts, inss; profs demitidos sem nada de pgt jan e fev... PARABÉNS UNIVERCIDADE.

    ResponderExcluir
  179. As aulas começam amanhã. Hoje tem reunião da escola de direito e continuamos sem receber...

    ResponderExcluir
  180. Caríssimos MESTRES,
    Coragem! A situação é crítica, mas não podemos desanimar. Temos que seguir em frente com o movimento. Os "gestores" não estão mais tranquilos e agora sabem que não estão lidando com pessoas inertes.
    O blog é um fator novo, um espaço democrático e, como tal, há inúmeros posicionamentos a favor ou contrário ao objetivo proposto pelo PROFESSOR BRASILEIRO. Portanto, temos que fazer desse canal um intrumento da nossa indignação e, além disso, propor ações concretas e efetivas para que o quadro atual seja modificado a nosso favor.
    Nesse sentido, devemos comparecer na ASSEMBLÉIA do dia 06/03, discutir os problemas e propor ações concretas para que o movimento não fique apenas no plano virtual.
    Para finalizar, devemos dar uma resposta a essa escumalha que controla a UniverCidade.
    ABRAÇOS FRATERNOS DE MAIS UM PROFESSOR.

    ResponderExcluir
  181. Caríssimos MESTRES,
    Esse blog com mais de 40000 é um combustível fundamental para nossas reivindicações.
    Não esqueçam da ASSEMBLÉIA do dia 06/03.
    ABRAÇOS FRATERNOS.

    ResponderExcluir
  182. ASSEMBLEIA 6/3/2010- NOSSO ENCONTRO ESTÁ MARCADO LA? NÃO FALTEM, PROFESSORES, VAMOS VIRAR O JOGO.

    ResponderExcluir
  183. ASSEMBLEIA DIA 6 DE MARCO.
    (http://veja.abril.com.br/010300/p_100.html)

    "OUTRA FACE DE LEVINSOHN, ESSA MENOS VISÍVEL, É A DE PÉSSIMO PAGADOR. BOA PARTE DAS AÇÕES QUE ELE ENFRENTA NA JUSTIÇA REFERE-SE A DÍVIDAS CONTRAÍDAS NA ÉPOCA DA INTERVENÇÃO DA DELFIN. EM 1991, LEVINSOHN E O BANCO CENTRAL FECHARAM UM ACORDO. O EMPRESÁRIO LEVOU PARA CASA O QUE RESTOU DA CADERNETA — UM PATRIMÔNIO ESTIMADO, NA ÉPOCA, EM 300 MILHÕES DE DÓLARES — E GANHOU UMA SEGUNDA CHANCE: SALDAR O RESTANTE DAS DÍVIDAS AO LONGO DE TREZE ANOS, COM VENCIMENTO SEMESTRAL E DOIS ANOS DE CARÊNCIA. DESSE NOVO ACORDO, NÃO FOI HONRADA SEQUER A PRIMEIRA PRESTAÇÃO. HOJE, A DÍVIDA DO EMPRESÁRIO COM O BC ULTRAPASSA 1 BILHÃO DE REAIS, DOS QUAIS SEU ADVOGADO SÓ RECONHECE 180 MILHÕES. LEVINSOHN NEM SE ABALA. "É BRIGA PARA MAIS DE DEZ ANOS", AFIRMA O PRÓPRIO LEVINSOHN A VEJA, POR FAX."

    ResponderExcluir
  184. ASSEMBLEIA DIA 6 DE MARCO.


    TEXTO NA INTEGRA:
    http://www.novoeste.com/pdf_news_1652.pdf

    Fazenda Estrondo coleciona crimes trabalhistas e ambientais

    27/11/2009 11:09 by Editoria
    http://www.novoeste.com
    Casos de escravidão, desmatamentos ilegais e suspeitas de grilagem tornam a Fazenda Estrondo um símbolo da ocupação predatória do Cerrado. Conheça a problemática área do Oeste baiano que entrou duplamente na "lista suja"
    Estrondo é o nome da cachoeira que batiza uma enorme área de mais de 230 mil hectares situada nas terras planas e valorizadas no Oeste da Bahia, região de franca expansão do chamado agronegócio. Fragmentado em dezenas de
    propriedades, o "condomínio" - que soma quase a extensão total de um país europeu como Luxemburgo - está situado mais precisamente em Formosa do Rio Preto (BA), próximo à divisa com o Tocantins.
    (...) No entanto, casos de escravidão, desmatamentos ilegais e suspeitas de grilagem tornam a Fazenda Estrondo um símbolo da ocupação predatória do Cerrado.
    A mais recente denúncia contra a Estrondo gerou um fato inédito. Pela primeira vez, duas fazendas de um mesmo empreendimento agropecuário entraram simultaneamente na "lista suja" do trabalho escravo, cadastro do governo federal que lista infratores flagrados explorando esse tipo de crime. (...)Os infratores entraram no cadastro do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)após a conclusão dos processos administrativos gerados a partir da situação encontrada pelos auditores fiscais do trabalho. Quem aparece na relação tem as portas fechadas para crédito público federal e enfrenta restrições comerciais das centenas de empresas e associações signatárias do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, em marcha desde 2005.
    Catadores de raízes da Fazenda Austrália foram aliciados e viviam em barracos -
    MTE A Fazenda Austrália, da Companhia Melhoramentos do Oeste da Bahia (CMOB), que atua também com mineração na região, mantinha 39 trabalhadores escravos que catavam raízes para viabilizar a produção de soja. Já na Fazenda Indiana, sob a responsabilidade de Paulo Kenji Shimohira, houve 52 libertações da empreitada de capina de algodão. As unidades foram inspecionadas pelo grupo móvel, composto por auditores fiscais do MTE, procuradores do Ministério Público do Trabalho (MPT) e agentes da Polícia Federal (PF).
    (...) Por causa da violação dos direitos trabalhistas, a empresa desembolsou uma rescisão de R$ 38,2 mil. Segundo o MTE, os diretores da CMOB são Adilson Santana Borges, "Claudia Vieira Levinsohn e Priscilla Vieira Levinsohn", residentes no Rio de Janeiro (RJ). Por trás deles, porém, está o empresário "Ronald Levinsohn", que está à frente da UniverCidade (instituição privada de ensino superior com sede no Rio) e se envolveu no escândalo financeiro que culminou com a quebra da administradora de cadernetas de poupança Delfin, em 1983.
    Os trabalhadores haviam sido contratados de forma ilícita pelo "gato" (intermediário de mão de obra) Aldino Pais Bandeira, conhecido como "Aldo", em Barreiras (BA), a cerca de 250 km da lavoura. Eles estavam em condições
    degradantes, alojados em barracos improvisados construídos com folhas de zinco e lona plástica. Sem piso, instalação hidráulica, sanitária, luz elétrica e água encanada. Alguns catadores dormiam sobre sacos plásticos ou papelão, estendidos no chão, já que a empresa não fornecia colchões. Segundo a fiscalização, os barracos não eram "dignos de abrigar animais".

    ResponderExcluir
  185. ASSEMBLEIA DIA 6 DE MARCO.

    24/2/2010 s´p 45% salário de janeiro, sem pgto 13o 2007, fgts, inss; profs demitidos sem nada de pgt jan e fev...

    ResponderExcluir
  186. Amanhã começam as aulas. Vamos todos ao trabalho, TRABALHO de divulgação do BLOG junto aos alunos, funcionários e professores; TRABALHO de divulgação da assembleia do dia seis; TRABALHO de ligar para o RH para cobrar o salário; TRABALHO de refletir que postura vale mais nesse momento; TRABALHO de ver que não somos ESCRAVOS; TRABALHO de reconquistar o nosso respeito.

    ResponderExcluir
  187. PROFESOR NÂO DEMITIDO: ASSEMBLEIA DIA 6
    PROFESSOR DEMITIDO: ASSEMBLEIA DIA 6
    TODOS JUNTOS AO TRABALHO.

    ResponderExcluir
  188. JÁ DENUNCIOU A UNIVERSIDADE HOJE?

    DENUNCIE AQUI TAMBÉM.

    ResponderExcluir
  189. O número de postagens e acessos está aumentando vertiginosamente. Pela segunda vez em 48 horas dobramas uma página do blog, ultrapassamos 200 posts.

    ResponderExcluir
  190. são sempre os mesmos...

    ResponderExcluir
  191. Sim, são sempre os mesmos que tentam diminuir a importancia e o impacto detse movivento. Descupa, tá? Não vai dar não. O bolo tem fermento.

    ResponderExcluir
  192. O incrível é que eles desdenham o blog e passam o tempo todo aqui. Sabem que daqui há pouco o MP, o MPT, o MPF, a SRF, enfim, todos os órgãos que receberam denúncias terão que responder à nós, professores e funcionários. E à partir de amanhã, aos milhares de alunos solidários e seus familiares que serão convidados a visitar este blog.

    ResponderExcluir

O BLOG É MODERADO.

TODOS SÃO BEM-VINDOS !

Professor Brasileiro