quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

AGUARDEMOS NOTÍCIAS SOBRE OS MEMBROS DA ASSOCIAÇÃO QUE FORAM DEMITIDOS. E OS 45% QUE FALTAM DO SALÁRIO DE DEZEMBRO?



Prezados amigos,


O episódio imperdoável sobre a demissão dos membros da ASSOCIAÇÃO DOS DOCENTES DA UNIVERCIDADE deixou a todos indignados, tanto é que tem jornalistas enviando email interessados na matéria e certamente já estou informando alguns detalhes para que em breve seja publicada.


O SINPRO marcou reunião no dia 18 de janeiro pela manhã com os gestores da Instituição, mas não conseguiu reverter a situação,pois o gestor presente disse que todos já estavam numa lista desde novembro. Porém,  um diretor do SINPRO solicitou à Instituição que levasse a ATA DA ASSEMBLÉIA DE CONSTITUIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO e tentasse junto aos outros gestores a reconsideração, pois se trata de um instituto constitucional e de qualquer forma TODOS foram demitidos, com exceção de dois  uma vez que estes são diretores do SINPRO e possuem estabilidade.  Coincidência esta demissão integral?


Como já foi mencionado estes professores eram cumpridores de seus deveres e não estavam na lista, apesar de ter sido alegado no momento da reunião pelo gestor presente. Ora, se os coordenadores das unidades já estavam oferecendo carga horária para eles é sinal  de que  não estavam na lista.  


Foi um ato de retaliação, o que é imperdoável,  assim como outros foram demitidos por que estavam apenas cumprindo determinação da ASSEMBLÉIA.


Aguardemos e vamos ver se no dia 25 de janeiro temos uma boa notícia sobre este caso, o que seria de bom termo para a imagem dos gestores da Instituição.


Gestores!!!   quando vão pagar o salário de dezembro?  Até quando continuará está ilegalidade? Como vocês querem que paremos com o "movimento" se continuam a agir como se nada tivesse acontecendo!

Tenho a certeza de que determinados gestores estão sensibilizados com nossa luta e não estão aceitando os atos de alguns.  Não há mal que sempre dure , por que por si só irá corroendo e desgastando aqueles que o fazem. É como um  bumerangue, vai e volta mil vezes mais forte do que foi.



"Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever". Clarisse Lispector

   
Fraternalmente,

Professor Brasileiro

86 comentários:

  1. Bom dia Professor Barsileiro!
    Concordo com as frases acima descritas. E com relação as que foram demitidos estaremos torcendo pela reintegração dos mesmos nos quadros desta IES.
    Gestores se coloquem no lugar desses docentes que foram demitidos sem nenhuma explicação lógica e devolvam o emprego destes docentes, pous caso contrário a IEs terá muito mais problemas do que já enfrenta hoje.
    Saibam que estes professores não vão perdoar mais este ato da IES e após a negativa da reintegração com toda certeza irão ingressar com ações na justiça reinvindicando seus direitos como por exemplo o pagamento integral do FGTS de uma só vez, por ser direito do trabalhor quando ocorre uma demissão, e outras coisas mais que a IES não vemcumprindo.
    Essa opinião é de uma aluna que esta ciente das arbitrariedades cometidas por esta IES e vai apoiar e se for o caso vou testemunhar contra a IES e a favor destes docentes que sempre derão o melhor de si em sala de aula, por isso acho melhor repensem a atitude.
    Assim como eu estou disposta a testemunhar pode ter certeza que outros alunos também vão, pois pagam a mensalidade em dia e não concordam com os atos cometidos por esta IES.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos alunos que estão do nosso lado.
    ABRAÇOS E TENHAM UM BOM DIA

    ResponderExcluir
  3. O importante é reivindicar os direitos por que aqueles que o fazem são corajosos.

    Como disse Martin Luther King :"O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons".

    Assim sendo, a luta travada contra as ilegalidades é digna de aplauso, pois os professores não se calaram apesar de muitos terem sacrificado os seus empregos, mas que serão certamente serão repostos oportunamente.Eles também continuarão conosco!

    Se nos calarmos os incautos ficarão impunes.
    Isso amigo, eu não vou deixar!

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  4. KD meus 45%? Qd vao me pagar o 13o de 07?

    ResponderExcluir
  5. Feliz feriado de São Sebastião. Que ele nos ajude nessa causa. Os nossos gestores poderiam ser mais humanos e contribuir para a nossa saúde. Sei de colegas (diversos) que adoeceram por conta dos problemas que foram causados ou amplificados pelos constantes atrasos. ão é justo.

    ResponderExcluir
  6. Quero meu pagamento já!!!!!!!! Callendario de pagamento já!!!!!!!! Greve!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. N
    â
    o

    L
    a
    n
    ç
    a
    m
    e
    n
    t
    o

    d
    e

    n
    o
    t
    a
    s

    ResponderExcluir
  8. Por favor, não percamos o foco. Palavras de ordem neste momento nada significam. Não lançar que notas??? Greve???? estamos em férias.

    ResponderExcluir
  9. Se não nos prepararmos para a greve desde já ela não acontecerá e veremos mais um semestre com os mesmos problemas. Não percamos é tempo! Vc está de férias mas os problemas não!

    ResponderExcluir
  10. Concordo, como alguém já disse quem sabe faz a hora não espera contecer. Esperar mais o que?

    ResponderExcluir
  11. Se após a conversa que ocorreu nada se modificar concordo com uma organização para a greve no início do período para ver e os gestores tomam vergonha na cara e passam a cumprir com os seus deveres de empregadores.
    Espero que esta luta continue e siga firme no propósito de mudar os rumos desta administração que é falha.
    Um grande abraço para todos os Professores e um em especial para o Professor Brasileiro.
    Professor solidário com a luta da classe.
    Um abraço para todos.

    ResponderExcluir
  12. GREVE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Não sou contrário a greve, só gostaria de saber qual a mágica para fazê-la acontecer no início do semestre.
    Se eu que sou participante ativo do nosso movimento (ativo mesmo) a idéia de greve não me convence, me como convencer os colegas sem um trabalho sistemático na sala dos professores e busca de apoio dos alunos?
    Votar greve para outros fazerem é tiro no pé.
    Estou na luta, acredito no grupo, confio nos colegas, mas gostaria de atitudes mais concretas. Exemplo: notificação ao Ministério Público do Trabalho e atitudes deste, notificação ao MEC, emprensa atuante, e-mails aos montes para os proderes Executivo, Legislativo e Judiciário (este é um ano de eleição) etc.
    A UniverCidade tem colocado esta semana vários anúcios em horários nobres da Globo. Seria um bom momento para uma matéria no jornal sobre os desmandos da IES e como ela tenta ludibriar o público.

    ResponderExcluir
  14. A matéria no jornal seria importante mesmo. Os e-mails tb. Todavia, alguma manifestação pública deveríamos fazer. Alguma sugestão, amigos?

    ResponderExcluir
  15. Pessoalmente, não vejo uma greve por tempo indeterminado acontecendo (mas deveria!). Todavia, poderíamos fazer uma paralização de 48 horas como alerta. O sindicato escolheria 4 unidades para fazer uma movimentação na porta e atrair os jornalistas. O que acham?

    ResponderExcluir
  16. Mesmo que os colegas da associação seja recontratados não haveria clima para eles e logo teriam prejuízos em suas cargas horárias ou seriam novamente dispensados. KD OS JORNAIS? A JUSTIÇA?

    ResponderExcluir
  17. e kd meus 45%??????????????

    ResponderExcluir
  18. Senhores,

    Existem jornalistas já elaborando as matérias.

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  19. É isso mesmo prof brasileiro, sempre muito competente. Prof da Casa PT

    ResponderExcluir
  20. Dia 21 e janeiro, ainda não pagaram quase metade do salário de 12/2009. Que situação... Não há respeito, não oferecem qq explicação...

    ResponderExcluir
  21. Prezado Professor Brasileiro,
    Já se tem alguma noticia sobre a recontratação dos que foram demitidos e sobre o calendário de pagamento para as verbas que deveriam ter sido pagas aos demitidos?
    Precisamos saber para que possamos tomar uma atitude legal face esta IES no que tange as demissões.
    Desde já obrigada.

    ResponderExcluir
  22. Caro amigo,

    Sobre a reintegração dos demitidos da ASSOCIAÇÃO somente na segunda ou terça teremos uma reposta.

    "Independentemente da Associação", para outros que foram demitidos,quem recebeu alguma coisa na conta bancária,ou não recebeu, ou assinou o aviso,ou não assinou, ou fez o absurdo acordo de parcelamento, já poderá reivindicar na justiça o "restante" ou "tudo", pois o direito do trabalhador é irrenunciável.Não existe quitação de verbas trabalhistas fora de processo judicial.Assim o empregado pode pleitear na Justiça seus direitos até dois anos após a extinção do Contrato de Trabalho.Não pode ultrapasssar esse prazo.

    Portanto , procurem o SINPRO urgentemente e marque no jurídico . Ou se quiser poderá ir a um advogado de sua confiança.

    Somente aguarde até dia 25/26 aqueles da Associação que foram demitidos, pois estão verificando a possibilidade reintegrá-los. Vamos ver...

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  23. Vamos fazer uma associação de professores com os ex-professores. Assim não poderão demitir os docentes e seia representativo. Cabe isso ou é loucura?

    ResponderExcluir
  24. Realmente isso eu comentei com um professor por email e é algo que pensei também.Por coincidência há dois dias atrás.

    Quem sabe?

    Vamos aguardar os acontecimentos.

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  25. Professor Brasileiro, obrigada pela resposta, fui demitida e terei de entrar na justiça mesmo, pois chance de reintegrar o quadro não há.
    Vou procurar um advogado para cuidar do meu caso.

    ResponderExcluir
  26. Isso mesmo!

    Qualquer dúvida pode enviar email.

    Boa Sorte,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  27. Mais um dia sem pagt.

    ResponderExcluir
  28. Parem de viajar.Greve na primeira semana,se não temos nem alunos.Ponham os pés no chão.´Não vão reintegrar ninguem.O cantieri que esteve na reunião disse em bom tom hoje na reitoria.Nossa luta tem que continuar mas com outros caminhos...........................................................................................

    ResponderExcluir
  29. OK, QUAIS? OFEREÇA UMA ALTERNATIVA NOVA.

    ResponderExcluir
  30. Pois é, o que fazer? Dei algumas sugestões acima: " notificação ao Ministério Público do Trabalho e cobrança de atitudes deste, notificação ao MEC, emprensa atuante, e-mails aos montes para os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário (este é um ano de eleição) etc."
    Não creio que possamos mobilizar os colegas para uma greve no inicio do semestre.
    Verdadeiramente, não estou convencido que a greve seja o melhor caminho (não acredito numa adesão substancial).
    Pensei em uma panfletagem informativa para desqualificar o anúncio na Globo.
    Continuo acreditando numa ação judicial com pedido de tutela antecipada para afastar os atuais gestores. Isso é real e possível. Uma espécie de intervenção na IES.
    Um juiz do DF deu hoje liminar afastando os deputados interessado em manter o governador. Disse o juiz em sus motivo que :"Ninguém pode ser juiz de si mesmo".
    Então, o que nos impede, através do SINPRO ( ou d que forma for possível) de entrar com uma ação contra os gestores da IES pedindo o afastameto deste, uma intervenção na IES já que se trata de serviço de utilidade pública?
    Sei que é possível.
    Busquemos essa possibilidade.

    ResponderExcluir
  31. Buquemos mesmo a possibilidade de intervenção na UniverCidade. Esse é meu parecer acima postado.

    Prof. Além-Mar

    ResponderExcluir
  32. Para não perder a identidade....Um pequeno aforismo:
    “Vivo intervindo na intervenção...
    Intervenho tanto que nunca sei distinguir se é minha intervenção ou ocasião determinante.
    Seja como seja, que seja transformador."

    Vamos transformar o discurso em ação, por favor!

    Prof. Além- Mar

    ResponderExcluir
  33. Para tudo isto é necessário que haja um encontro de professores.

    Onde e quando?

    Só vejo possibilidade no SINPRO.

    Será numa Assembléia?

    ResponderExcluir
  34. Assembleia !!!! teremos mais gente desta vez em virtude da ampla divulgacao feita neste blog.

    ResponderExcluir
  35. Dia 22/jan/2010. KD meu salário????????

    ResponderExcluir
  36. Dia 22 de Janeiro. Cadê o meu salário, meu FGTS, minhas multas, indenizações, etc? Sabendo que não pode pagar, como alguém decide demitir? Sabendo que vai demitir, como alguém decide fazer “surpresa”, demitir sem avisar, sem conversar? Decidindo que isso ia acontecer desde a última semana de aulas, senhores gestores, como puderam hipotecar a sua integridade e a dos coordenadores guardando um silêncio infame?

    Acreditem, tenho muita pena de vocês: nada mais terrível do que alguém convicto, não de um crime, mas de uma vergonha mais que criminosa.

    ResponderExcluir
  37. VERGONHA PARA A EDUCAÇÃO DO BRASIL E PARA A JUSTIÇA DO TRABALHO!!!

    ResponderExcluir
  38. Professores, não adianta um discurso tentando chamar a razão, a ética os gestores. Eles desconhecem o que é ética, ignoram a legalidade, atuam completamente ao arrepio da lei. Podemos fazer greve? Façamos e logo em seguida eles vão demitir mais alguns já que isso não significa custo.
    É verdade, eles não têm custo já que esperam que os demitidos ajuizem ação trabalhista e lá fazem um acordo, normalmente muito abaixo da divida trabalhista real.
    O importante, a meu ver, é a ampla divulgação de como atuam esses gestores.
    Imaginem uma ação de propaganda enganosa contra a UniverCidade. Obsessão pela qualidade é propaganda enganosa. Como uma IES que não trata dignamente seus funcionários, não cumpridora da lei, desconhece ética por primar pela qualidade????
    Professores de direito, demais professores, funcionários e alunos pensem nisso!!!
    Existem mentes brilhantes na UniverCidade, vamos colocá-las para funcionar e não simplesmente ficar de platéia enquanto a dignidade de todos está indo para o espaço.

    ResponderExcluir
  39. Ajuizar ações independe do SINPRO. Os professores que tivessem coragem, poderiam ajuizar ação de Obrigação de Fazer para depósito do FGTS. Quanto ao INSS cabe a autarquia (INSS) tomar as providências para cobrança da arrecadação das contribuições.

    ResponderExcluir
  40. Qual é o endereço para denunciar a UniverCidade ao INSS?

    ResponderExcluir
  41. No lado direito do BLOG eu já informei tudo com relação ao INSS.Favor ler atentamente na parte grená do BLOG.

    Procurem ler todos os assuntos dos FATOS MARCANTES também no direito do BLOG , pois tudo que existe lá é útil para todos.

    Quanto ao FGTS também tem Ação ajuizada pelo SINPRO. Se o professor desejar poderá fazê-lo individualmente.

    Saudações,

    ResponderExcluir
  42. Alguém sabe algo sobre o pgto??????

    ResponderExcluir
  43. De acordo com o RH as 14:45, sem previsão até o momento. Não dá, né?

    ResponderExcluir
  44. Precisamos ter atitude e coragem. Não podemos temer perder nossos empregos pois estamos nos garantindo num bote furado. Ou fazemos o reparo do bote ou... é melhor tomar alguma atitude.

    ResponderExcluir
  45. Sem previsão e NÃO VAI SAIR mais nenhum dinheiro nesse mês.
    Não dá para iniciar o ano letivo dessa maneira.

    ResponderExcluir
  46. Como assim não vai? Serio?

    ResponderExcluir
  47. Caros, vcs estão completamente enganados. Já saiu! Só que não voltou e ninguém sabe para onde foi. É lamentável! Prof da casa PT.

    ResponderExcluir
  48. Não,informou o Paulo alonso hoje na reuniao da Reitoria que os professores estão indo longe demais e vão ver o que é bom para tosse...

    ResponderExcluir
  49. Puxa,o que vamos fazer?Vão atrasar o pagto de janeirio tb?Que medidas tomar?Ou pedir demissão indireta ou aceitar?

    ResponderExcluir
  50. Como assim? Ele disse isso? Ele continua na direção? Nos conte...Fico assuntado com o seu depoimento, colega. Prof da casa PT

    ResponderExcluir
  51. Aceitar jamais. Já parou para calcular o quanto se perde com cada um dos atrasos. Uns pq pagam multa em suas contas (e perdem muito) outros pq perdem poder de compra ou de investimento. Lamentável. Prof da casa PT.

    ResponderExcluir
  52. O que sei é que mais uma semana se encerra sem o pagamento. VProf da casa PT

    ResponderExcluir
  53. Nossa, quanto terrorismo!
    Quem postou a mensagem sobre o Paulo Alonso deveria ser mais claro? Está do nosso lado ou crontra a nós? Se está do nosso lado e participou da reunião, conte tudo o que aconteceu.
    Estamos sem pagamento. Concordo que começar o período letivo sem uma solução será impossível, mas não podemos nos me deixar levar por mensagens de desânimo.
    Várias sugestões foram dadas aqui. Vamos agir.

    ResponderExcluir
  54. Eles têm o poder agora que estamos de férias, mas ficaram bem assustados com o que aconteceu nos últimos meses do ano. Tenho certeza que esse jogo vira quando começarem as aulas. Aí o poder é nosso, pois somos nós, professores, que estamos o tempo todo com os alunos. Somos nós que mantemos esses alunos na instituição. Estou para ver um instituição de ensino sem professores. Gestores, não adianta ameaças, retalhações, jogo de força etc. Nosso movimento não tem volta. Vocês sabem disso.

    ResponderExcluir
  55. Outra coisa importante. Os primeiro meses do ano são meses de captação de alunos. Essa captação é feita pelo administrativo. O administrativo inferior a R$ 1.100,00 recebeu integral antes do 5º dia útil.
    Os membros do adminsitrativo que recebem acima de R$ 1.100,00 e os professores não fazem captação de alunos, portanto, não são importantes neste momento. Esse é o jogo da IES. Eles já estão tão óbvios que está perdendo a graça, o suspense.
    Deveriam ser mais criativos e mudar a estratégia pagando-nos em dia.
    Gestores, vocês não perdem por esperar.

    ResponderExcluir
  56. Amigo acima, brilhante!! Prof da casa PT

    ResponderExcluir
  57. Senhores,

    Sugiro desprezar qualquer comentário negativo, pois podem estar certos de que são dos opositores.

    Quem fala em NOMES de gestores, ou são eles próprios ou é alguém querendo calar o "movimento".Não podemos infringir as normas de conduta.Eu não menciono nomes, pois respeito a integridade das pessoas.

    Reparem que são só palavras de desânimo, mas eles sabem que estamos agindo,alíás, eles estão tentando dar um tiro no escuro, só que nós temos lentes apropriadas, e somos desconhecidos. Eles, são conhecidos.

    A luta é nossa! Vejam que temos sempre 99,9% a nosso favor e de vez em quando aparecem uns "seres" que desejam nos desestabilizar.

    Portanto, não dê atenção a provocações e não fiquem questionando a essas pessoas. É minha sugestão!

    É só começar o ano, após o carnaval.

    É isso!

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  58. Obrigado pelo brilhante Prof. da casa PT. Mais uma vez, muito bem se posicionou o Prof. Brasileiro.

    Saudações poéticas.

    ResponderExcluir
  59. O professor brasileiro sempre com muita cauitela exigindo paciência etc não citar nomes defendeu sempre o sinpro estou a desconfiar do mesmo como desconfia da gente o blog tem sempre os mesmos intervenientes ,mesmas queixas de aluno(98 de direito que é uma bagunça professores faltam muito notas fracas no ENADE).Colegas atenção com a manipulação.Cade o nosso resto de salario?Cade as punições legais da UniverCidade?O que tal movimento fez?

    ResponderExcluir
  60. Colegas,

    Desconfiando do Professor Brasileiro?

    Estou sofrendo como todos, e talvez mil vezes pior do que todos!!!

    Só que eu conheço determinadas regras legais e se não as seguir podemos prejudicar nosso BLOG e assim temos que realmente ter cuidado!Já leram a mensagem do dia 16 de janeiro? Não tem segredo nenhum.

    O que temos é que pleitear uma GRANDE REUNIÃO OU ASSEMBLÉIA DE PROFESSORES para decidir definitivamente o que fazer.

    Já solicitei ao SINPRO e vocês também devem solicitar!!! AJUDEM!!!

    Lembre-se de que estamos no início do ano e tudo começa depois do carnaval. No Brasil é assim. Todos sabem disso!

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  61. Colega (se é que é colega) que colocou em dúvida tudo.

    O Prof. Brasileiro e um brilhante profissional que teve a coragem de buscar soluções para desmandos de 6 anos da UniverCidade (que continuam a pleno vapor), enquanto todos os outros professores ficavam de fofoquinha, reclamações, vitimização nas salas dos professores.
    Esse corajoso ser humano buscou o SINPRO e organizou o blog. Movimentou os professores.
    Ó turminha vaidosa esse povo que leciona no ensino superior! Morriam de vergonha de não estar recebendo salarios...Que os outros ficassem sabendo disso etc...E aí, exatamente por essa vaidade e "vergonha" foram e continuam sendo manipulados pela IES.
    Vergonha, professores, é compactuar com os demsndos da IES da forma mais vil que pode existir, A OMISSÃO!
    Pelo menos nossos algozes são pró-ativo.

    Bom dia a todos e espero que o travesseiro esteja confortável.

    Prof. Além-Mar

    ResponderExcluir
  62. PRÓ-ATIVOS é pouco!

    ResponderExcluir
  63. Prof. Além-Mar queria endossar cada palavra, cada vírgula do seu texto. As demissões (e é este o meu caso) são resultado não só da retaliação dos Gestores, mas também da OMISSÃO movida pelo medo ou pela vaidade de professores e coordenadores (que também são gestores).

    ResponderExcluir
  64. O blog está acusando sem saber.Como diz,o nobre professor brasileiro,muita cautela.Nem todos os gestores são omissos.Parem parem de generalizar.Acabem com essa masturbação intelectual de fazer greve ,que não da em nada e mais demissões.Lutem com pulverização das informações imprensa (só vi uma matéria no Globo e um anuncio no Extra-cade a divulgação prometida???) e blog.Estou começando a ficar farta de gente omissa criando medo...Aqui cada um diz o que quer,acusa sem provas e fica omisso.Porquye os demitidos não colocam seus nomes???Que loucura é essa de associação formada por ex professores?Pé no chão gente.

    ResponderExcluir
  65. Outra coisa parabéns nobre professor brasileiro pela sua coragem,tempo e outras coisitas mais...

    ResponderExcluir
  66. Adorei o chamanto do colega para "pé no chão"!
    É isso mesmo, vamos parar de delirar, de lançar palavras de ordem que nada podem resultar neste momento.
    Respeito o princípio do anonimato que neste caso se faz necessário (já que, sem dúvida, receberíamos represálias), mas cuidado para não cometermos atos ilícitos.
    O anonimato não deve ser utilizado para atacar ou ofender a honra ou a moral de ninguém ou atribuir conduta criminosa a outrem que não possa ser provada. O Professor Brasileiro vem alertando sistematicamente sobre isso.
    Nossa vitória se dará pela divulgação dos desmandos e por atuação efetiva dos Poderes do Estado através de seus órgãos de controle.

    ResponderExcluir
  67. Olá, boa tarde.
    Gostei de seu espaço, pretendo voltar mais vezes e dar uma lida com calma. Já vi que tem artigos interessantes. Hoje a minha conexão está pior do que nos outros dias, deve ser por conta do horário, não está abrindo os blogs direito.Ainda mais o vídeo, não carrega aquele buffer de jeito nenhum.
    Que os bons ventos soprem a favor da Educação neste ano de 2010,porque a coisa está preta.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... aproveita para desejar um BOM FINAL DE SE<MANA.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  68. Obrigado Silvana, seja bem-vinda!

    ResponderExcluir
  69. Isso mesmo,

    Obrigado pela solidariedade.

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  70. Helouuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!! 25.000 acessos. Isso não é pouca coisa. Cada vez ficamos maiores. Senhores gestores. não dá para nos ignorar. Nós existimos e estamos sendo lidos!
    Vocês já sabem o que vai acontecer????
    Vocês estão vendidos e logo, logo demitidos...bay!

    ResponderExcluir
  71. "O guerreiro e a espada

    -Quem é o melhor no uso da espada?, perguntou o guerreiro.
    -Vá até o campo perto do castelo, disse o mestre. Ali existe uma rocha. Insulte-a.
    O guerreiro, surpreso, retrucou: -Porque devo fazer isto? A rocha jamais me responderá de volta.
    -Então, ataque-a com sua espada, disse o mestre.
    -Tampouco farei isto, respodeu o discípulo. Minha espada se quebrará se o fizer. E se atacá-la com minhas mãos, ferirei meus dedos sem conseguir nada. Mas minha pergunta é outra: quem é o melhor no uso da espada?
    -O melhor no uso da espada é aquele que se parece com uma rocha, disse o mestre. Sem desembainhar a lâmina, consegue mostrar que ninguém poderá vencê-lo."

    Isso parece auto-ajuda e creio que e, mas é bem pertinente.
    Não dou o credito porque não sei quem escreveu...não fui eu... Que pena!

    Saudações poéticas.

    ResponderExcluir
  72. Prof Brasileiro, Além Mar e demais colegas, estou com vcs. Confio em Vcs. No mais, vamos a luta q todo dia é uma batalha! prof da casa PT

    ResponderExcluir
  73. O tempo do medo acabou, agora é tempo de agir!!!

    ResponderExcluir
  74. REALMENTE É ISTO QUE ESPERO DE TODOS, POIS SE NÃO "BOTAR A BOCA NO MUNDO" NÃO VAMOS CONSEGUIR NADA...

    ABAIXO É ALGO QUE TEMOS QUE EXIGIR DO SINPRO:

    Sinpro-Rio na Alerj

    Audiências Públicas na Comissão de Trabalho sobre IES privadas

    UniverCidade

    No dia 10/12, foi realizada uma audiência pública, presidida pelo deputado Paulo Ramos (PDT), convocada pela Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social da Alerj, que discutiu a atual crise financeira da UniverCidade - a segunda maior IES educacional particular do estado -, que não enviou representante.

    O diretor jurídico do Sinpro-Rio, Marcio Fialho; a diretora e coordenadora da Comissão de Educação Superior do Sindicato, Magna Correa; e a assessora técnica Aparecida Tiradentes; apresentaram denúncias de atraso do pagamento dos salários e do não recolhimento do FGTS; além de a IES ainda não ter pago o 13º de 2007.

    Na ocasião foram entregues dois dossiês: um preparado pelo Departamento Jurídico, com irregularidades trabalhistas da IES, e outro, preparado por um grupo de professores, que abordou a Associação da Univercidade com uma Empresa de Trust, que administra todos os recebíveis. Paulo Ramos decidiu marcar um encontro na Diretoria da UniverCidade, com data ainda a ser marcada, para que a Reitoria esclareça os problemas da IES e possa buscar uma solução que não prejudique a qualidade do ensino, além de apresentar meios para quitar as dívidas trabalhistas.

    No final da tarde, em assembléia realizada no Sinpro-Rio, os professores da Univercidade aprovaram a criação da Associação Docente da IES.


    Senhores,

    Onde está a ASSOCIAÇÃO? TODOS FORAM DEMITIDOS!!!

    Os professores têm que pleitear junto ao SINPRO todas as providências que começaram a tomar, e diligenciar. Se todos fizerem isto nossos objetivos serão alcançados.

    Eu não posso sózinho com mais 4 ou 5 professores aliados reivindicar. AJUDEM À NOSSA CAUSA!!!

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  75. Parar de delirar, será bom, pois não podemos esquecer dos professores demitido. Gotaria de saber se de fato o sindicato fará alguma coisa para ajudar os professores demitidos?

    ResponderExcluir
  76. Atenção professores, tome cuidado com aquilo que falam na sala dos professores. Pois alguns falsos colegas fazem chegar até a direção determinados assuntos ditos na sala dos professores.

    ResponderExcluir
  77. Como eu mencionei façam por onde e procurem o SINPRO.

    Se o amigo quer saber vá pessoalmente perguntar.

    Tudo foi encaminhado pelo SINPRO e temos que COBRAR!!!

    Eu vou COBRAR !!! Quanto aos demitidos sem justa causa nada se pode fazer, pois é mera liberalidade do empregador. Por retaliação estamos COBRANDO MUITO!!! Com relação a este assunto não estou satisfeito!Mas, eu sou um professor como todos e preciso que TODOS colaborem!

    Realmente, como o colega abaixo disse, temos que tomar muito cuidado.

    Saudações,

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  78. Olá Prof. Brasileiro, meus parabéns, vc tem sido um grande guerreiro. Continue assim, pois muitos dos que não participam, precisam de vc ou de semelhantes a vc. Sou um dos demitidos, mas estou feliz, sempre estive nas Assembléias do SINPRO sobre a IES em questão. Tenho ido ao SINPRO e conheço às dificuldades para implementar medidas contra a IES. São muitas outras Instituições que são atendidas lá. Tenho uma entrevista marcada com o Jurídico do SINPRO para 01.02.10, mesmo assim tenho ido lá para saber das novidades. Aos que foram demitidos e para os que continuam, busquem seus extratos do FGTS na CEF, até 2003. Confiram com os respectivos contra-cheques, pode haver falta de depósito. No meu caso são 4 meses alternados sem deósitos. É assim mesmo, mas confiram tudo e apresentem nos encontros com os Advogados.
    Espero que sejamos vitoriosos em nossas demandas. A luta continua. CMDT.

    ResponderExcluir
  79. Parabéns professor brasileiro.a maior parte dos docentes não faz absolutamente nada .Como motivá-los?Talvez,vc conheça algumas formas ....Cade o resto do meu salário?É um massacre:multas,spc,serasa...E eles no bem bom.O sinpro fez alguma coisa mas parou.
    Colegas medrosos e acomadados,a luta é de todos.

    ResponderExcluir
  80. Trabalhei na UniverCidade de 2002 a 2007. Entrei com uma rescisão indireta e consegui ganhar em juízo tudo o q eles me deviam, parcelado em 10x, mas consegui.

    Uma outra prática constante é a exigência de um cheque-caução para a liberação do 13º salário. Quem ainda não se deparou com essa situação, em breve, vai se deparar.

    Enquanto as filhas do Levinhson brindam em Aspem, os professores morrem de sede no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  81. Amigo,

    Realmente só tem ilegalidade!

    Como pode ser cheque caução se o 13º salário é obrigação da Instituição.

    Não aceitem isso!

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  82. Realmente, nós precisamos pensar antes de aceitar as regras impostas pela UNIVERCIDADE. Os direitos são nossos, a Instituição é a devedora.

    ResponderExcluir
  83. e o salário nada.....

    ResponderExcluir
  84. será que o salário do Cantieri também é pingadinho?

    ResponderExcluir

O BLOG É MODERADO.

TODOS SÃO BEM-VINDOS !

Professor Brasileiro