segunda-feira, 11 de março de 2013

Atenção professores(as) da UniverCidade e do COLEGIO CIDADE: SEM SALÁRIO, SEM AULA - 11/03/2013 - 1º DIA DE GREVE NA UNIVERSIDADE GAMA FILHO. Segunda-feira, 11 de março de 2013. MANIFESTAÇÃO COM QUASE 500 PESSOAS NA UGF PIEDADE. GREVE !!! VAMOS AGUARDAR NOTÍCIAS SOBRE A ASSEMBLEIA DA UNIVERCIDADE.





  REPORTAGEM "SBT"



FOI CONFIRMADA
"GREVE"

O GLOBO - CLIQUEM AQUI

PROFESSOR!

VOCÊ VAI "DAR" AULAS OU VAI "MINISTRAR" AULAS?

SE NÃO FICARMOS FIRMES E CONTINUARMOS A "DAR" NOSSA VIDA, NOSSO INTELECTO, NOSSA SAÚDE,  É SINAL DE QUE NÃO VALORIZAMOS NOSSA "PROFISSÃO".

PONHA A MÃO NA CONSCIÊNCIA E PARE DE "DAR" DINHEIRO PARA OS GESTORES COM NOSSO SUOR!

A VIDA É AGORA E VAMOS "MINISTRAR" AULAS RECEBENDO A CONTRAPRESTAÇÃO PELOS NOSSOS SERVIÇOS.


PROFESSORES DA "UNIVERCIDADE" e do "COLÉGIO CIDADE" - CLIQUE  AQUI

 

 AMIGOS.

 

 INSISTAM, NÃO DESISTAM. ESTAREI AQUI TORCENDO POR TODOS!!!

  11 DE MARÇO DE 2013  

Atenção professores(as) da UniverCidade e do Colégio da Cidade: sem salário, sem aula
11/03/2013


O papel da Educação Básica e Superior no Brasil tem uma função social importante para o desenvolvimento nacional. Porém, o modelo adotado pela UniverCidade, mantida pelo Grupo Galileo Educacional, se distancia desse objetivo ao não cumprir com as suas funções constitucionais e pedagógicas, promovendo o processo de mercantilização do ensino e a precarização das relações de trabalho, caracterizando-se como praticante do trabalho indecente. Assim, o desrespeito com os(as) professores(as) da UniverCidade e do Colégio continua.
A promessa de pagamento até o dia 09/03 não foi cumprida, afetando de maneira desumana a dignidade dos profissionais que amargam atrasos salariais e o não pagamento de 1/3 das férias de 2011/2012. A situação é grave. 
Reunidos em assembleia no dia 11/03 os(as) professores(as) deliberaram por manter a greve e realizar nova assembleia no dia 14/03, às 18h, na Sede do Sinpro-Rio. 
Defendemos:
- Os valores humanos acima do Capital
- A não assinatura do ponto
- Apoio à CPI da Ed. Superior Privada da Alerj
Reivindicamos:
- Pagamento integral dos salários de janeiro e fevereiro de 2013
- 1/3 de férias de 2011/ 2012
Professor(a), sem vocês não dá.
Convocamos todos(as) para participarem da próxima assembleia!
14/03, às 18h, na Sede do Sinpro-Rio
Endereço: Rua Pedro Lessa, 35, 2º andar, Centro, RJ. 

 

UNIVERSIDADE GAMA FILHO   

 

MANIFESTAÇÃO COM QUASE 500 PESSOAS NA UGF PIEDADE - CLIQUEM AQUI 

 

Comunicado do "DCE" - facebook

 

 

 

MENSAGEM ANTERIOR -  GREVE!!! PROFESSORES DA UNIVERCIDADE E DA GAMA FILHO. ASSEMBLEIA DOS DOCENTES DA GAMA FILHO - GREVE!!! CPI DA EDUCAÇÃO NA ALERJ. ASSEMBLEIA DA UNIVER CIDADE. DIA 07 DE MARÇO - CLIQUEM AQUI


78 comentários:

  1. Boa tarde.

    Recebi informações que os funcionários administrativas da Gama Filho, também poderão entrar em greve. Amanhã haverá uma assembléia para definir isto. E também soube, que chefes de setores, como um senhor chamado JAMES, ameaça os empregados dizendo que, quem aderir a greve vai ser mandado embora por justa causa. Este senhor deve estar com o salário dele em dia ou deve estar puxando o saco para ver se ganha algo.
    TODOS UNIDOS PELA DIGNIDADE DO TRABALHADOR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado senhores - meu nome é Álvaro Bastoni - sou subordinado ao senhor James, citado mo post anônimo do dia 11 de março de 2013, trabalho na UGF, estando sem receber o salário de março, férias de novembro de 2012 e 1/2 do 13º o que tem me vários transtornos em minha vida pessoal e profissional, mas não posso ser injusto em deixar de esclarecer o comentário sobre a ameaça que o citado poderia ter feito, pelo menos a mim, em momento algum fui interpelado com tais comentários - infelizmente comentários como estes, em um espaço democrático como estes, só servem para colocar em suspeição todos que trabalham com o - novamente - citado no post - aos moderadores deste ambiente, atenção para as informações que possam prejudicar à terceiros.

      Excluir
    2. Olá Sr. Álvaro Bastoni

      Obrigado pela resposta.

      Como o senhor mesmo diz em seu comentário, o BLOG é democrático e assim todos podem se expressar e fazer comentários que por muitas vezes são um pouco excessivos pelo sentimento de revolta por culpa exclusiva dos empreendedores antecessores do Grupo Galileo e dos atuais, que sabiam da situação em que se encontrava e se encontra as Instituições. Só não esperavam que os PROFESSORES e FUNCIONÁRIOS fossem se rebelar.

      Se os gestores usassem deste "direito de resposta" que é constitucional,muitos mal entendidos seriam resolvidos.

      Infelizmente aqueles que deveriam estar se manifestando se escondem atrás do poder e se esquivam da “verdade”.

      Fica aqui este exemplo: AQUELES QUE QUEREM DIZER ALGO EM RESPOSTA AO QUE ESTÁ SENDO POSTADO PELOS ANÔNIMOS QUE O FAÇAM AGORA.

      Contudo, usemos nosso DIREITO DE RESPOSTA de forma a não ofender,falando a verdade e o que entendem.

      TODOS SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS NO NOSSO AMBIENTE VIRTUAL E PODEMOS COMEÇAR UM GRANDE DEBATE.

      Saudações.

      Excluir
  2. Nossa GREVE começa no dia de hoje, 11/03, e infelizmente ainda temos “COLEGAS” que insistem, de forma IDIOTA, continuar “dando” aulas para os alunos, pois como foi bem falado pelo professor brasileiro, estes indivíduos não ministram aulas!!! Estão do lado PATRONAL ou pior, são realmente IGNORANTES FUNCIONAIS!!! Compareçam nas assembleias e leiam sobre o assunto para não ficarem AFASTADOS DA INFORMAÇÃO!!!
    Ainda colaborando com este cenário, neste momento, existem coordenadores que estão pressionando os professores a entrarem nas SALAS DE AULA, pois dizem que a ORDEM é vinda de SUPERIORES!!! É BEM claro em alguns momentos que a ORDEM parte da GALILEO!!! As ameaças são as mais diversas possíveis, com a colocação de que vão DEMITIR na metade do ano ou ZERAR A CARGA!!! Estes episódios estão acontecendo principalmente em cursos da área de SAÚDE e EXATAS!!! Vale lembrar que estas atitudes configuram ASSÉDIO MORAL E ABUSO DE PODER, CRIMES previstos em LEI, em que respondem JUDICIALMENTE o superior imediato (COORDENADOR) e a MANTENEDORA!!! NÃO TEM COMO COMPROVAR?? GRAVE as conversas e as AMEAÇAS, pois podem ser constituídas PROVAS!!
    PARA OS DOCENTES QUE AINDA NÃO SABEM, o fato de NÃO PAGAR OS SALÁRIOS E OS DIREITOS TRABALHALISTAS JÁ CONFIGURA QUEBRA DE CONTRATO, OU RECISÃO UNILATERAL POR PARTE DO EMPREGADO, o que neste momento dá ao PROFESSOR a possibilidade DE COLOCAR A EMPRESA NA JUSTIÇA!! E MAIS, EXIGIR NA JUSTIÇA TUDO QUE É DEVIDO COM JUROS E CORREÇÃO!! Nós, PROFESSORES, AINDA estamos esgotando a última possibilidade de resolução do problema, que é a REALIZAÇÃO DE GREVE E TENTATIVA DE NEGOCIAÇÃO, uma vez que a justiça, antes de dar o ganho de causa ao trabalhador, indaga das tentativas de NEGOCIAÇÃO, e que em nosso caso foram INÚMERAS!!!
    Agora deixo um esclarecimento os alunos: NÃO SEJAM AMEAÇADOS PELOS PROFESSORES QUE ESTÃO AO LADO DAQUELES QUE DEGRADARAM O ENSINO NA UGF E NA UNIVERCIDADE!!! EM período de GREVE LEGAL as matérias dadas EM SUAS DISCIPLINAS DEVEM SER MINISTRADAS NOVAMENTE, ou seja, não pode ser cobrada PRESENÇA, TRABALHOS, AVALIAÇÕES E OUTRAS COISAS MAIS, sendo a instituição OBRIGADA a oferecer a reposição, que deve ser negociada COM OS PROFESSORES!!! Portanto, vcs podem ajudar aos SEUS professores, que hj brigam pelos direitos no GERAL!!! NÃO COMPAREÇAM NAS AULAS, pois não TERÃO DEFICIT DE CONTEÚDO COMO FALAM!!! Os professores que falam isto com certeza estão DO LADO DO EMPREGADOR E COMPACTUAM COM a QUEDA DO ENSINO DE EXCELÊNCIA!!! NA MAIORIA DAS VEZES ENTREGAM PROFESSORES E OS PROPRIOS ALUNOS!!! É MENTIRA DO PROFESSOR FALAR QUE VAI REPROVAR O ALUNO POR FALTA OU ALGO DO GÊNERO, POIS A GREVE É LEGAL!!!!
    VAMOS EM FRENTE, POIS A HORA E O MOMENTO É NOSSO!!!

    ResponderExcluir
  3. Boa Tarde! A greve se estende à UniverCidade? Grata a atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sra. ALESSANDRA.

      É SÓ CLICAR NA MENSAGEM ANTERIOR na postagem do PROFESSOR BRASILEIRO e a senhora poderá se inteirar. Veja agora também.

      Tem que ler e pesquisar.

      Excluir
  4. Na Unidade Madureira, hoje a noite os professores "não sabiam da Greve"... Como assim?
    Não Leram o blog?
    Não se informam no sindicato?
    Não são solidários?
    Ou receberam os salarios dos últimos meses?
    Somente unidos conseguiremos resultados...
    Na UGF a união levará ao exito!
    Não se pode esquecer que o caixa é único e a luta tem que ser de todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃO ME LEVEM A MAL, MAS ISSO É INCRÍVEL. COMO PODE SER ISSO? QUE GENTE DESLIGADA.

      MAS NOTÍCA DO QUE TEM AQUI NÃO É POSSÍVEL!!!

      Excluir
    2. São pessoas pagas para desestabilizar o movimento. Se doarem aula no período em que a greve é oficial terão que reporem as aulas. Tais seres que se prestam a esse papel ridículo e com total desprezo a solidariedade, são pessoas compradas, com o "rabo preso".

      Excluir
  5. Hj tive aula de TCC com a professora Wilcelia, mais objetiva e direta impossivel..#gostei!! já deixou claro que só vai aderir a greve caso a situação esteja fora de controle..
    Email da turma : adm2freguesia@gmail.com senha: freguesia
    Email da professora: pra obter material celiawil@ig.com.br
    Trabalhos poderão ser feitos até com 4 alunos!
    Para próxima aula : os que tiverem levar os projetos (metodologia cientifica) e os que não fazerem a mão e levar na próxima aula..

    ResponderExcluir
  6. Alguém postou no facebook: Wilson Da Silva Tenorio
    Sobre a Greve...

    Caros alunos, ou melhor, pessoas que assim como eu são alunos...
    Estar em greve não significa que não teremos nenhuma aula...
    Gostaria de adicionar a observação que a melhor opção que há é cada um ir pelo menos ao primeiro dia de aula de cada professor(a)/matéria que tem e verificar se o mesmo aderiu ou não a greve, assim como na greve anterior, dependendo do curso podem haver muitos em greve como pode haver quase nenhum em greve...

    Gostaria de lembrar que ninguém é OBRIGADO a só aderir a greve, e aqueles que desejarem dar aulas temos que agradecer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São pessoas pagas para desestabilizar o movimento. Se doarem aula no período em que a greve é oficial terão que reporem as aulas. Tais seres que se prestam a esse papel ridículo e com total desprezo a solidariedade, são pessoas compradas, com o "rabo preso".

      Excluir
  7. Rafael Melo - facebook:

    Manifestação na UniverCidade unidade Madureira AMANHÃ as 18:30, em pro da greve que foi imposta pelos professores e nosso direito em ter aula!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São pessoas pagas para desestabilizar o movimento. Se doarem aula no período em que a greve é oficial terão que reporem as aulas. Tais seres que se prestam a esse papel ridículo e com total desprezo a solidariedade humana, são pessoas compradas, com o "rabo preso".


      Excluir
  8. Somente professores idiotas entrarão em sala para doar aulas. Se você idiota professor já aceita iniciar o período letivo Com esse atraso, aí mesmo que esses bandidos safados não nos pagam mais nada.
    Você que deseja entrar em sala, realmente acredita que eles Sao sérios e querem recuperar a instituicao? Tem certeza??? Nao é muita ingenuidade sua nao??? Reflita!!!!
    O safado 171 do mentiroso do Alex já disse, se parar fecha, ou trabalhe de graça e nao reclame!
    Você vai trabalhar e apoiar a quadrilha a roubar?????? Pois dinheiro de mensalidade entra!!! Para onde vai essa grana????? Vai lá!!! Ajuda esses safados a ficarem mais ricos sem você receber nada!!!

    ResponderExcluir
  9. Para os discentes: NÃO é contabilizada falta em greve legal, como é o caso neste momento!!! Leiam o 2o comentário e entendam as bases do movimento

    ResponderExcluir
  10. Se todos professores refletirem, é óbvio que a greve é melhor opção! A hora é agora! Será que alguns irão furar a greve? E se nao pagarem? Vai continuar doando aulas?? Aí será SACANAGEM com os alunos!! Parar no meio do período. Reflitam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São pessoas pagas para desestabilizar o movimento. Se doarem aula no período em que a greve é oficial terão que reporem as aulas. Tais seres que se prestam a esse papel ridículo e com total desprezo a solidariedade humana, são pessoas compradas, com o "rabo preso".


      Excluir
  11. GREVE!!! GREVE!!! GREVE!!!
    Ninguém em sala de aula.
    Prezados colegas, vamos colocar aqui o nome dos colegas furões!
    Quem furar greve é conivente e apóia esses vagabundos pseudo gestores.

    ResponderExcluir
  12. Bayard botô vai perseguir os coitados dos professores sem salário. Ele arcará do seu bolso com os salários e oferecerá transporte até a unidade e lanche no local

    ResponderExcluir
  13. O girafalis do Cantareli foi exculachado pelos professores da UGF. Se fú. Até dedo na cara imunda levou! Safado! Ladra

    ResponderExcluir
  14. Roninho vai passar mal!! Seu império vai ruir!!
    Chefe da quadrilha. Vai apodrecer na cadeia... Hahahahahaha... Teu dia chegará.

    ResponderExcluir
  15. De acordo com a postagem que fala da Profa Wilcélia, gostaria de saber da profa o que é "fora de controle"...... Criatura Abominável !!!Alienada!!!! Ela entrará em greve quando a instituição fechar as portas!!!

    ResponderExcluir
  16. NO FACEBOOK:

    Na UGF é diferente, pelo que fiquei sabendo, eles não deixam os professores entrarem em sala. Ontem de manhã, chegaram a apagar assinatura do ponto de professor.

    ResponderExcluir
  17. Postagem de aluno no facebook: Bom dia meu povo!!

    Acabei de Falar com o professor Geraldo Janio, Ele dará as Matérias de gestão Ambiental, Legislação (direito amb.) e QSMS são as que eu sei, ele me informou que estará na sala de aula com os alunos com certeza e resolver em sala tudo que será feito no semestre.... Quem já fez aula com ele como Thiago Aline Danieli Emille e outros sabem que ele ajuda o aluno.

    ResponderExcluir
  18. Olá Adriano Adams.

    Você disse que não consegue postar? O que houve para que eu verifique.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  19. Anônimo 12 de março de 2013 08:53

    Acabei de Falar com o professor Geraldo Janio, Ele dará as Matérias de gestão Ambiental, Legislação (direito amb.) -> QUE PROFESSOR MAIS BUNDÃO, "UM ADEVOGADINHO" QUE NÃO DEFENDE NEM SEUS PRÓPRIOS DIREITOS TRABALHISTAS VAI QUERE ENSINAR O QUE? QUEM VAI ACREDITAR NAS AULAS DESTE BUNDÃO.....

    Bayard botô vai perseguir os coitados dos professores sem salário. Ele arcará do seu bolso com os salários e oferecerá transporte até a unidade e lanche no local -> BAYACU VAI ZERAR A CARGA HORÁRIA DE TODOS OS PROFESSORES E VAI DIZER QUE FOI O PRO-REITOR QUEM MANDOU... ELE VAI FICAM COM 1000H/AULAS SÓ PARA ELE...



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São pessoas pagas para desestabilizar o movimento. Se doarem aula no período em que a greve é oficial terão que reporem as aulas. Tais seres que se prestam a esse papel ridículo e com total desprezo a solidariedade humana, são pessoas compradas, com o "rabo preso".

      Excluir
  20. Galileo... a chapa vai ferver...

    VAMOS FECHAR ESTA LANVADERIA....ONDE OS LAVADORES DE DINHEIRO DO PT NÃO VÃO GOSTAR DA SUA INCOMPENTENCIA...

    ResponderExcluir
  21. vamos dar um fecha neste Alex Mentirinha Porto... igual fizemos no General da Banda do Braguinha.. ele se borrou todo...

    ResponderExcluir
  22. Anônimo 11 de março de 2013 22:47

    Para próxima aula : os que tiverem levar os projetos (metodologia cientifica) e os que não fazerem a mão e levar na próxima aula..

    -> é melhor você comprar uma Gramática o mais rápido possível ou pede para a professora Wilcelia corrigir sua frase acima...ela nem vai "axar nenhum herro de portugueis" seu "TÇÇ" deve estar "bem escrevido" HAHAHA..

    "os que tiverem levar os projetos" -> que dialeto é este?

    "Fazerem a mão" foi dose de ler.... HAHAHA...

    Prof. HAHAHA.

    ResponderExcluir
  23. MADUREIRA NÃO ADERIU.

    No facebook dá pra vislumbrar o ambiente. Procurem entrar nos grupos e todos verão o que está se passando.

    ResponderExcluir
  24. FACEBOOK:

    UM ALUNO POSTOU:

    O DCE não apoia a greve, mas repudia a escravidão, é isso? O que devo sugerir para o meu professor de estatística já que não apoio a greve "dele"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem que sugerir nada e se colocar
      no lugar do professor meu caro. Você
      permitiria que o seu patrão te deixasse
      2 meses sem salário??não pagasse FGTS
      há 10 anos, INSS, 2 anos do pagamento
      de 1/3 de férias atrasados?? Se você
      escrever sim, sinto muito por você.

      Excluir
  25. Alguém sabe se algum desses professores esta dando aula, pois moro na freguesia e tenho aula em Madureira demoro em media de 1:30 para chegar na faculdade ir ate lah para não ter aula eh totalmente inaceitável por iss gostaria saber se alguns desses docentes estão dando aula para não perder a viajem

    VICTOR GAMEIRO DRUMMOND
    CARLOS EUGENIO PEREIRA
    MAURILIO DE OLIVEIRA
    PAULA CALAINHO TEIXEIRA MURTA RIBEIRO
    ALEXANDRE PAIVA DE OLIVEIRA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá.

      No facebook tem muita notícia.

      Excluir
    2. O Alexandre Paiva é fura greve. Vai doar aula. Se ele nao seguir a cartilha do comandante, vai ficar sem sua comissão no final do mes.

      Excluir
  26. GREVE!!! INVERVENÇÃO JÁ!!
    UMA COISA TEM QUE FICAR BEM CLARA AQUI,
    ALUNOS. ESSA GREVE NÃO É POR AUMENTO
    DE SALÁRIO E SIM PARA RECEBERMOS OQUE
    NOS É DE DIREITO!

    ResponderExcluir
  27. Será verdade o que li? O DCE não está
    apoiando nossa greve? Greve legítima?
    Que DCE é esse lutando por aulas, contra
    os professores? A Galileo não paga, e os professores devem "dar" aulas? Não darei
    aulas a ninguém, cada professor investiu anos
    de estudo para ser tratado dessa forma?
    Não consigo mais entrar em sala, pensando
    nesse mar de lamas, cheia de vermes que se transformou essa UniverCidade. Por isso
    permitiram um DCE na UniverCidade, está
    explicado, antigamente não permitiam.
    Será que o presidente do DCE ganhou bolsa
    de 100% também? Mar de lama e seus vermes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, vamos acabar com o status de anônimo porque aqui não é jardim de infância.
      Me chamo Kallandra Carmo e atualmente sou aluna da Gama, transferida da U.C depois de quase 4 anos de vida acadêmica lá.
      Quero deixar bem claro que o DCE NÃO LUTA CONTRA OS PROFESSORES, apesar de existir uma minoria como vc. É, vc. Deixarei as formalidades de lado, visto que vc não merece e não honra a sua classe.
      Segundo,nenhuma universidade tem que permitir ou não um DCE, isso é um direito constitucional e vc como professor deveria saber. O DCE não existiu antes, pq os próprios alunos tinham medo da força que tinham e se sentiam coagidos, coisa que NÃO ACONTECE EM TEMPOS ATUAIS E JAMAIS ACONTECERÁ NOVAMENTE.
      Terceiro, só para deixar bem claro, mesmo que não seja da sua conta e da conta de ninguém : A presidente não tem bolsa 100% concedida pela UC., ela é bolsista sim, porém do PROUNI.
      Quarto, mais RESPEITO ao se referir aos alunos.
      Quinto, TUDO É UMA QUESTÃO DE INTERPRETAÇÃO. Se vc não tem a capacidade de nos entender como discentes,venha nos perguntar pessoalmente,marque uma reunião conosco.

      SEM MAIS.

      Excluir
    2. Agora que estou lendo a postagem acima que não havia percebido, verifiquei por que alguns alunos reclamaram. TODOS TÊM O DIREITO DE ENTENDER OU ACHAR, MAS HOUVE AQUI UM MAL ENTENDIDO E PENSO QUE O PROFESSOR QUE ESCREVEU MAR DE LAMA E SEUS VERMES não quis dizer os alunos.

      Se o fez apresento aqui as minhas escusas.

      Vamos nos acalmar e usar o bom senso.Fiquei triste por esse episódio.O BLOG foi criado para ajudar e não para criar litigios.

      Excluir
    3. Se houve um mal entendido, gostaria muito que o tal ''professor anônimo '' revelasse o seu nome, mas acredito que não tenha ocorrido o mesmo, até porque se isso realmente estivesse acontecendo, ele já teria vindo aqui responder ao meu comentário, assim como eu fiz. Infelizmente, o tal ''professor anônimo '' é um ser COVARDE, que utiliza esse canal para falar tais absurdos.

      Excluir
  28. fala sério...

    FACEBOOK:

    Galera o professor André Micaldas Corrêa pediu para avisar que essa semana ele dará aula ...então quem tiver matérias com ele ..pode ir sem medo para a facul ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um idiota. Trabalha de graça. André, aproveita e paga minhas contas atrasadas. Vou aproveitar e te dar uma lista de mercado pra você comprar para mim e outros colegas.
      Esse deve estar com dinheiro sobrando

      Excluir
  29. ALUNOS NO FACEBOOK

    Galera , Acabei de entrar em contato com a secretária da Christiane Leal Correa ela me informou , que todos os professores da Gama Filho estão em GREVE , somente os da UC que estão dando aula. Que na dúvida é melhor não irmos a faculdade ..e que qualquer coisa sobre o término da Greve ele enviará e-mail para todos informando ...

    ResponderExcluir
  30. VERGONHA professores da UC! Sou de la e não darei aulas.
    Nem sentido de coleguismo vocês tem, seus puxa-sacos
    pusilânimes, a greve é legal, não serão descontados,
    seus medrosos. Um dia vocês vão se arrepender por ter
    perdido essa oportunidade de brigarem pelos seus
    direitos. Fora GALILEO!!

    ResponderExcluir
  31. Sou Professor da UniverCidade.... não vou entrar em sala de aula enquanto não pagarem tudo os que é de direito.... chega desta quadrilha da Galileo que gasta milhões em jatinho, presentinhos e tudo mais para subornar os juizes, STF, etc....

    ResponderExcluir
  32. Engraçado que pedem para os alunos lutarem por vcs e não colocam a cara para ajudar os alunos com informação.. se tá ruim?? pede pra sair meu querido.. não fica 10 anos numa faculdade que não paga seu salário, ou será que vocês não tem competência pra conseguir alguma coisa melhor..??? alunos pagam por aula, se vocês querem receber, entrem na justiça... corram atras do direito de vocês que os alunos devem correr atras do direito de ter aulas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está certa. Nesse País de M... é cada um por si. Mas lembre-se do que escreveu aqui hoje, pois alguém um dia poderá te tratar da mesma forma. E outra coisa: ninguém pediu para qualquer pessoa lutar pelos professores. Você deveria lutar pelo direito de receber ensino de qualidade. Mais uma coisa: da maneira que está está M.. de UC, que ensino você acha que vai receber? Pensa um pouquinho antes de escrever este monte de lixo.

      Excluir
    2. Olha, eu ñ sei quem é vc. Homem, mulher, docente, discente, andrógeno, ou mesmo da gestão da Galileu. Então vamos lá: 1º ponto, se é docente está comprado, ou iludido com promessas quiméricas do famigerado grupo. Senão vejamos: como pode ter a vergonhosa atitude de "doar" aulas p/ "abutres" que ñ respeitam o ser humano? Sabe o significado da palavra solidariedade? Sei o q vai responder: "estou fazendo isso pelos alunos". É mentira. Vc quer jogar os alunos contra os professores. Por acaso o tal Grupo cumpre acordo judicial? Além disso, utiliza a tática da humilhação e isso denota grave falha de caráter.Mas vc ñ sabe o q é vergonha, senão, ñ se prestaria a esse papel. Se vc é discente demonstra um egoísmo maior q o planeta Terra. Amanhã passará por situação semelhante.Estou lhe rogando praga?Não.Tão-somente, vc está plantando o seu próprio sofrimento. Entretanto, é óbvio, q vc desconhece a Lei de Causa e Efeito. E nas entrelinhas é a favor do trabalho escravo. Todos estão sofrendo com essa situação. Vc, eu, nós(incluindo os gestores, e provavelmente é um deles). Contudo, vc está aumentando a sua dor.Os gestores sofrem pois estão na iminência de ter q largar o osso, obtido, lógico, c/ os salários dos alunos, c/ o ñ pagamento dos teachers, e, por mim, pelo ñ pagamento aos administrativos.

      Excluir
  33. Vi a listagem sobre o prof Andre Micaldas.... Isto que vou dizer serve para todos os alunos: AS 2 (UC e UGF) estão em GREVE!!! E mais... Os professores não podem cobrar presença em Greve Legal, e devem repetir a matéria COMPLETA ao final da Greve Legal!!! Isto é LEI!!! Bando professores Burros, puxa-sacos e babacas!!! Ainda vão trabalhar em dobro!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Babaca e burro é vc que não respeita os outros!!!

      Excluir
    2. Olá pessoal!!!

      Vamos acalmar e melhorar um pouquinho nossos comentários.

      Estamos todos revoltados, mas terei que moderar para que não prejudiquemos nosso meio de comunicação.

      Abraço e... vamos encarar tudo com mais tranquilidade...

      Excluir
  34. Rosinha puxa saco "emprestou" seu tempo na semana passada dando palestra. Só quero ver essa semana. Vai Rosinha!!!

    ResponderExcluir
  35. Prezado Professores

    Inicialmente registramos nossos sinceros agradecimentos pela paciência neste momento tão delicado.

    Ressaltamos que estamos trabalhando arduamente na reestruturação das instituições e, certamente, precisamos contar com a ajuda imprescindível dos nossos professores.

    Diante do exposto, segue em anexo, a programação de pagamentos dos salários docentes para todo o exercício 2013, inseridos neste contexto o décimo terceiro e o adicional de férias em atraso relativos a 2011, 2012 e 2013.

    Cordialmente,

    GALILEO EDUCACIONAL
    Diretoria Executiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ME DESCULPEM A EXPRESSÃO, PQP, SERÁ
      QUE ALGUM SER VIVO ACREDITA NISSO????

      Excluir
  36. POST NO SITE DA GAMA FILHO!!! LEIAM!!!!!!!!!!

    Atenção! Comunicado da Galileo Educacional
    À COMUNIDADE ACADÊMICA

    A GALILEO EDUCACIONAL mantenedora da Universidade Gama Filho e do Centro Universitário da Cidade – UniverCidade – está sob nova gestão operacional e educacional. Em novembro de 2012 o novo mantenedor assumiu o compromisso de reestruturação administrativa e acadêmica das duas entidades.

    O passivo trabalhista e fiscal está sendo estruturado e saneado. Os salários do quadro docente, com atrasos constantes, terão prioridade no fluxo financeiro da mantenedora. De imediato, far-se-ão aportes salariais mensais até a definitiva regularização dos salários.

    É importante lembrar aos professores, pais e alunos que as dificuldades financeiras por que passam as universidades são oriundas de gestões administrativas anteriores a atual administração.

    A mantenedora, contudo, já vem fazendo investimentos para fins de sanear o passivo fiscal, operacional e bancário. Após a conclusão de rigorosa auditoria contábil, financeira e jurídica, dar-se-á início ao programa de saneamento das instituições.

    O projeto do novo mantenedor consiste em:
    UM NOVO CONCEITO EM EDUCAÇÃO E SAÚDE

    O projeto destaca os principais objetivos:
    - Valorizar o professor;
    - Oferecer ao estudante melhor qualidade de ensino;
    - Investir em novas tecnologias e na produção científica;
    - Adequar a infraestrutura aos novos cenários de ensino e reformular a área administrativa de suporte ao ambiente acadêmico;
    - Garantir aos nossos estudantes um projeto de Educação que tem como fundamento a busca contínua pela qualidade, com prioridade para a produção e consolidação do conhecimento.

    O projeto priorizou investimentos na área acadêmica com a reformulação da Reitoria e das Pró-Reitorias com a posse de profissionais de renome no meio educacional. As Instituições contam com um quadro docente de alta qualidade constituído de Mestres e Doutores capacitados e imbuídos de suas missões no ato de educar com excelência, formando profissionais competentes e preparados para o mercado de trabalho, comprometidos com valores éticos e a construção de uma sociedade justa e democrática.

    O projeto tem por base a seriedade e o compromisso com a excelência da qualidade do ensino. São os princípios e valores que sempre norteiam as Instituições. A partir dessas premissas estamos construindo uma nova realidade institucional.

    O projeto de expansão está na pauta deste trabalho com novos cenários de ensino na área de saúde disponibilizando mais de 300 leitos em hospitais próprios de baixa, média e alta complexidade na Cidade do Rio de janeiro, além de convênio com a Secretaria Municipal de Saúde, atendendo, sobretudo, aos anseios do quadro discente, docente e médico. A construção de um Campus universitário abrangendo uma gama variada de oferta de cursos de graduação e pós-graduação e, ainda, oferecer aos estudantes a oportunidade de fazer uso de um complexo esportivo com quadras poliesportivas, vila olímpica e alojamentos para os atletas. Os esforços estarão concentrados no retorno às tradições no campo esportivo e ter o esporte e a saúde como âncoras da qualidade no ensino.

    Pretende-se resgatar a credibilidade nas Instituições, de modo que, a Cidade do Rio de Janeiro, os Mestres, os estudantes, os pais e toda a família terão orgulho em participar de um projeto voltado para a integração da comunidade acadêmica por meio de ações transformadoras.

    continua

    ResponderExcluir
  37. A GALILEO EDUCACIONAL traz nas suas mantidas UNIVERSIDADE GAMA FILHO e CENTRO UNIVERSITÁRIO DA CIDADE – UniverCidade, “UM NOVO CONCEITO EM EDUCAÇÃO E SAÚDE”, um projeto que visa a recuperação e restauração de duas grandes e tradicionais instituições cada vez mais atentas às demandas sociais e capazes de atuarem como centro de capacitação e formação de alunos para inserção no mercado profissional em constante mutação e, sobretudo, alunos preparados para trabalhar em contextos multidisciplinares e afins.

    Ressalta-se, ainda, que a aliança das duas Instituições de Ensino Superior será conduzida de maneira a preservar seus valores, respeitando suas singularidades e tradições, que os docentes se sentirão honrados e unirão forças gerando uma nova fase de gestão educacional, onde os alunos se formarão num ambiente com cenários de ensino de maior valor agregado, tendo o grupo GALILEO EDUCACIONAL o desafio de unir profissionais engajados em construir uma plataforma voltada para metas e resultados permitindo a consolidação das suas estruturas com responsabilidade econômica, social e ambiental.

    GALILEO EDUCACIONAL – Mantenedora
    REITORIA e PRÓ-REITORIAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que feio! Jogar alunos e pais dos mesmos contra os docentes! Tão primário, tão típico de ausência de caráter! Os docentes são os culpados por ñ se sujeitarem ao trabalho escravo! Os docentes são culpados pq vocês Galileus ñ os pagam!! Eu sou um aluno consciente da UniverCidade. Tb sou pai de família. E mais: q moral vcs têm para q acreditemos em vocês? Quer que eu responda de 1 a 10? Zero. Vocês cumprem acordos judiciais?

      Excluir
  38. Que feio!!! è facil condenar as pessoas, mas mas faccccil ainda é imita-las. Quantas pessoas imitandos Judas. Sentam na mesma mesa comem juntos, andam juntom e traem.
    Todos sem exeção deveriamos usar a nossa lingua para atos libidinosos prazeirosos e não para ferir outrem. Pensem Nisso, Se é que alguem que se esconde atraz de sombras consegue vislumbrar algo alem.

    ResponderExcluir
  39. Professor Brasileiro: postagem Urgente!!!
    Mais uma dos Caras de Pau da Galileo!!!! Como já foi colocado no site da ADGF: a Galileo procurou a ADGF com uma proposta: pagamento de salário por faixa com um corte de METADE!!! É isto mesmo.... Redução do salário em 50% até agosto!!! Depois disto vão "pagar" os 100% do mês, mais os 50% que deixaram para trás!!! TODOS os superiores já receberam tal mensagem por e-mail enviado pelo sr Aler!! ainda mandaram uma cartinha de gestor!!!!
    Agora vamos ao que interessa: quem vai aceitar ganhar metade do salário?? O aluno agora vai pagar a metade? quem garante que eles estão fazendo isto para poderem demitir no meio do ano e ficar sem pagar o que devem a grande parte, só pagando o que resta a quem sobrar (isto se pagarem, pois são caloteiros)??? Alguém ainda acredita nestes CArcamanos e Escroques?? Estes srs falam de investimentos em sua cartinha, e vão fazer isto com metade de nosso salário?? Acho que eles acham que estamos brincando quando falamos em GREVE!! GREVE sim até obtermos nossa vitória!!!!!

    ResponderExcluir
  40. Página inteira do jornal "O Globo" de hoje, 4ª feira. A imprensa está comprando a briga dos professores. Aleluia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleluia!!Muito bom!Há luz no fim do túnel!

      Excluir
  41. A importância do professor

    É notório em meio nossa sociedade o baixo nível de conhecimento dos principais atores do nosso sistema educacional. Pois poucos sabem a importância do professor.
    Claro, se você acredita na maioria das notícias e artigos formados na cabeça: Os professores são desmotivados pelos baixos salários, além disso, os atrasos. O sujeito se torna professor, já chega desmotivado, e, ao deparar com o desprezo das autoridades que administram uma instituição de grande relevância no cenário do ensino superior, permanecem estáticos e sem alternativa. Essa é a versão propagada aos quatros ventos da instituição onde trabalhamos.
    Mas eu gostaria que você, leitor, considerasse uma hipótese distinta.
    É para isso não quero usar minha opinião, mais dar voz aos professores.
    As pessoas que atuam como professores não são derrotadas. Pelo contrário, são idealistas. Querem mudar o mundo, mudando a vida de seus alunos. Alunos que hoje lutam pelo conhecimento, no qual às condições da realidade que vivemos são precárias e completamente diferentes do mundo virtual que criam nas redes de notícias do país. Apesar de estarmos falando de uma tarefa simples, que hoje se tornou muito complexa, que é transmitir ou transferir conhecimento e desenvolver as capacidades cognitivas de seus alunos.
    Não somos nós e nem os programas de testes nacionais e internacionais de educação que atestam isso: São os próprios professores que relatam.
    É por isso que me parecem disparadas as iniciativas que querem usar de acordos orçamentários para recuperar a dignidade do principal ator, que por sua vez, não se tornará um profissional mais exitoso se não tiver uma profunda melhora de salário. Na verdade os professores querem mais respeito, consideração e compromisso com sua classe, daqueles que almejam um ensino de qualidade nesse universo do ensino superior do Brasil.
    Aliás, ta no sangue a vocação de professor e o objetivo deles é ensinar para um futuro melhor.
    Sem mais,e espero que essas palavras possam ser absorvidas e colocadas em prática em prol de um ensino de qualidade no cenário do Ensino Superior do Brasil.

    Eu ......

    ResponderExcluir
  42. Li muito aqui sobre docentes acusando discentes e o DCE por não apoiarem a greve.

    Sempre pensei que educadores deveriam dar o exemplo, nos mostrar o por que das situações e até então infelizmente só vejo acusações anônimas!!
    A situação dos professores é extremamente complicada, entendo!
    O trabalho escravo já foi abolido, entendo!
    Docentes necessitam dos salários para poderem sobreviver, mais do que óbvio!!

    PORÉM...Cada um tem que voltar pro seu lugar!

    Alunos pagam pra ter aula e querem ter aula! Aulas decentes de preferência!!
    Professores trabalham e querem receber o que lhe é devido!
    Se a volta as aulas está condicionada ao pagamentos dos salários, será que os alunos não brigam indiretamente pelos docentes?? É justo ler comentário difamando alunos, chamando-os de lixo??
    Se a nossa briga é por respeito, pq ele não começa por aqui?

    Desculpe a pergunta mas espero que algum docente possa responder...
    Pq até hoje a UC não tem uma associação de professores assim como a UGF tem? Não seria um meio mais eficiente de negociação? Creio que através da associação, os docentes se tornariam mais fortes, conseguiriam atingir os discentes de uma forma mais segura com comunicados oficiais, assembleias ocorrendo dentro da IES (UC) e coisas do tipo. Ou não?

    Antes de mais nada! Sou aluno e bolsista porém não integral. O mês de Março já está pago e o serviço ainda não me foi oferecido. Portanto, não estou comprado e sim pagando!
    Abraços,

    Bruno - aluno UC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro aluno, me parece equivocado o destinatário dessa comunicação.
      Você tem que mandar isso para a Galileo. O seu contrato é com a
      Galileo e não conosco, vai a luta camarada, porque a nossa é pelo
      "pão nosso de cada dia". Nossas famílias estão esperando o sustento
      em casa. Então, escreva para o MEC, para o Ministério Público,
      Direito do Consumidor, para o Jornal, Televisão, porque não podemos
      te ajudar.

      Excluir
    2. Bruno, vc ñ quer o meu conselho mas darei assim mesmo: pague em consignação na justiça, senão, ñ verá mais a cor de seu dinheiro. O nosso dinheiro das mensalidades são destinados a qualquer coisa menos para educação, no q tange ao pagamento dos professores, a manutenção dos elevadores, para as condições mínimas de higiene como banheiros ...Nothing, Niente, Nada!!!! Concordo contigo no q diz respeito ao fato dos professores da UniverCidade de q já deveriam ter uma associação de professores tal como a UGF. Todavia, é muita ingenuidade sua achar q isso mudaria alguma coisa, visto que, em que pese, a UGF ter a tal Associação de Professores faz tempo, o tratamento dispensado para nós alunos, professores e funcionários continua a ser desumano. Não sei o que quis dizer com "cada um tem que voltar pro seu lugar". Não me parece q seja contrário ao trabalho escravo. Defenda seu direito com humanidade, e ñ com um um discurso monolítico e unilateral. Já q nas entrelinhas suas declarações soam no mínimo ingênuas, e, porque não dizer egoístas. Eu tb sou aluno e nem por isso defendo o trabalho escravo tendo no discurso q proferir "...cada um tem que voltar pro seu lugar". Vc se contradiz e nem sabe disso. Um abraço.

      Excluir
  43. A importância do professor

    É notório em meio nossa sociedade o baixo nível de conhecimento dos principais atores do nosso sistema educacional. Pois poucos sabem a importância do professor.
    Claro, se você acredita na maioria das notícias e artigos formados na cabeça: Os professores são desmotivados pelos baixos salários, além disso, os atrasos. O sujeito se torna professor, já chega desmotivado, e, ao deparar com o desprezo das autoridades que administram uma instituição de grande relevância no cenário do ensino superior, permanecem estáticos e sem alternativa. Essa é a versão propagada aos quatros ventos da instituição onde trabalhamos.
    Mas eu gostaria que você, leitor, considerasse uma hipótese distinta.
    É para isso não quero usar minha opinião, mais dar voz aos professores.
    As pessoas que atuam como professores não são derrotadas. Pelo contrário, são idealistas. Querem mudar o mundo, mudando a vida de seus alunos. Alunos que hoje lutam pelo conhecimento, no qual às condições da realidade que vivemos são precárias e completamente diferentes do mundo virtual que criam nas redes de notícias do país. Apesar de estarmos falando de uma tarefa simples, que hoje se tornou muito complexa, que é transmitir ou transferir conhecimento e desenvolver as capacidades cognitivas de seus alunos.
    Não somos nós e nem os programas de testes nacionais e internacionais de educação que atestam isso: São os próprios professores que relatam.
    É por isso que me parecem disparadas as iniciativas que querem usar de acordos orçamentários para recuperar a dignidade do principal ator, que por sua vez, não se tornará um profissional mais exitoso se não tiver uma profunda melhora de salário. Na verdade os professores querem mais respeito, consideração e compromisso com sua classe, daqueles que almejam um ensino de qualidade nesse universo do ensino superior do Brasil.
    Aliás, ta no sangue a vocação de professor e o objetivo deles é ensinar para um futuro melhor.
    Sem mais,e espero que essas palavras possam ser absorvidas e colocadas em prática em prol de um ensino de qualidade no cenário do Ensino Superior do Brasil.

    Eu ......

    ResponderExcluir
  44. A Galileo até julho vao pagar só metade dos salários... e nós vamos dar só metade das aulas

    e copm certeza não vai cumprir nenhum prazo de pagamento... vão encher os bolsos de dinheiro...julho mudam os gestores... e os novos dizem que não acordaram nada e não vão pagar nada...

    não caiam nessa e mais uma super mentirinha da Galielo...


    Prof. HAHAHA.

    ResponderExcluir
  45. Bandidos caras de pau, na proposta desses miseráveis, sobrevivo com metades do salario até julho, depois levo
    um pé na bunda em agosto e novamente esses marginais levam vantagem em cima dos professores.
    Não seremos mais enganados!! GREVE!!! INTERVENÇÃO NESSE ANTRO!!

    ResponderExcluir
  46. É inacreditável, me parece que essa Galileo tem um Departamento de Estudos
    Avançados de como Lesar Professores (DEALP). É impressionante a sordidez
    dessas propostas. Sempre roubados depois descartados.
    PROPOSTA INDECENTE DE BANDIDOS!!
    NÃO VAMOS PARAR ESSA GREVE!! Se temos um pouco de vergonha e
    dignidade na cara.

    ResponderExcluir
  47. A importância do professor

    É notório em meio nossa sociedade o baixo nível de conhecimento dos principais atores do nosso sistema educacional. Pois poucos sabem a importância do professor.
    Claro, se você acredita na maioria das notícias e artigos formados na cabeça: Os professores são desmotivados pelos baixos salários, além disso, os atrasos. O sujeito se torna professor, já chega desmotivado, e, ao deparar com o desprezo das autoridades que administram uma instituição de grande relevância no cenário do ensino superior, permanecem estáticos e sem alternativa. Essa é a versão propagada aos quatros ventos da instituição onde trabalhamos.
    Mas eu gostaria que você, leitor, considerasse uma hipótese distinta.
    É para isso não quero usar minha opinião, mais dar voz aos professores.
    As pessoas que atuam como professores não são derrotadas. Pelo contrário, são idealistas. Querem mudar o mundo, mudando a vida de seus alunos. Alunos que hoje lutam pelo conhecimento, no qual às condições da realidade que vivemos são precárias e completamente diferentes do mundo virtual que criam nas redes de notícias do país. Apesar de estarmos falando de uma tarefa simples, que hoje se tornou muito complexa, que é transmitir ou transferir conhecimento e desenvolver as capacidades cognitivas de seus alunos.
    Não somos nós e nem os programas de testes nacionais e internacionais de educação que atestam isso: São os próprios professores que relatam.
    É por isso que me parecem disparadas as iniciativas que querem usar de acordos orçamentários para recuperar a dignidade do principal ator, que por sua vez, não se tornará um profissional mais exitoso se não tiver uma profunda melhora de salário. Na verdade os professores querem mais respeito, consideração e compromisso com sua classe, daqueles que almejam um ensino de qualidade nesse universo do ensino superior do Brasil.
    Aliás, ta no sangue a vocação de professor e o objetivo deles é ensinar para um futuro melhor.
    Sem mais,e espero que essas palavras possam ser absorvidas e colocadas em prática em prol de um ensino de qualidade no cenário do Ensino Superior do Brasil.

    Eu ......

    ResponderExcluir
  48. Caros professores,
    Pelo menos estamos vendo uma preocupação do Grupo Galileo e a vontade em resolver tais pendências...mas há um erro tremendo em começar a negociação com um fluxo menor...os professores estão sem caixa há 3 meses. Existem dívidas acumuladas, como cartão de crédito, cheque especial, colégio dos filhos, custeio da casa, enfim...como não entra dinheiro, todos estão com fluxo negativo. Então não dá pra aceitar esse tipo de proposta, levando em consideração que o Grupo só irá começar a pagar ( aqueles que ganham acima de R$4.000)apenas em abril. Isso é absurdo!! 4 meses terão passado e nada de pingar um níquel sequer! Acredito que se a proposta fosse, pagar pelo menos janeiro e fevereiro integral e depois planejasse um pagamento de 50% mensal até a reestruturação da folha, ai sim seria mais coerente. Até por que o professor já chegaria em abril com o Fluxo de caixa maior ( ou menos ruim). O fato é que nesse momento TODOS deveremos apoiar a vontade da mantenedora em conversar. Mas aceitar qualquer proposta ofende inclusive a nossa DIGNIDADE. Acredito que até a resolução da melhor proposta, nenhum professor deveria entrar em sala de aula. Isso é indigno, pois existem professores se expondo, reivindicando e contribuindo para a solução desse litígio. Eu acredito na vontade da mantenedora, apesar de já está há mais de 20 anos trabalhando na instituição e vendo os altos e baixos de ambas as Universidades...Acredito que é possível sim resolver essa problemática. Basta a razoabilidade, a sensibilidade com o próximo e um pouco de racionalidade. Todos queremos o melhor, ninguém quer perder o seu emprego, o seu meio de vida! acredito em uma boa negociação. Aceitar esse plano é inviável economicamente para o corpo docente. Continuar trabalhando até abril sem receber nada é indecente. Mas se a proposta partir mais para menos, creio que haverá o apoio maior de nossa classe.

    ResponderExcluir
  49. Prezados, boa tarde.

    Hoje, dia 13.03, há reunião com os docentes da UGF; amanhã, com os da UniverCidade. Estão todos sob a mesma direção, com problemas e interesses comuns. Enquanto as soluções forem tomadas separadamente, o corpo docente continuará com forças reduzidas... Essa situação vem arrastando-se há anos, sem FGTS, INSS, etc. É necessário convergência, não pseudo-soluções.
    A função do Sindicato dos Professores e da ADGF é promover a classe dos professores junto à sociedade, retomando seu prestígio largamente perdido. Muitos fazem greve reivindicando melhores salários e condições de trabalho; outros, por posicionamentos políticos. A proposta dos professores é mínima: pagamentos de salário. Se, por um lado, essa perspectiva evita a alcunha de “greve de baderneiros”; por outro, essa postura apequenada se reflete na forma de negociação da grande instituição junto aos “pequenos” professores.

    Continuaremos com problemas no ensino e na infraestrutura, de falta de pessoal de apoio à falta de elevadores. É preciso um plano institucional, do qual os professores, embora tenham papel fundamental, estão alijados de qualquer debate. Um plano institucional nunca apresentado, um planejamento estratégico inexistente. A cultura institucional deste grupo e da cúpula de comando está desgastada: como cobrar presença do aluno em sala, se ele responde “nosso Diretor não foi à CPI, por que preciso estar sempre em sala?”. Ao que parece, mudam-se os nomes dos mantenedores, mas o processo decisório continua com aqueles que sempre o tiveram.

    A UGF, por exemplo, perdeu uma grande oportunidade de evitar que isso acontecesse quando a instituição decidiu não recolher mais as verbas devidas aos funcionários. A época de reorganização era aquela, quando excelentes quadros de diversos cursos foram demitidos, semestre após semestre; a consequência da permissividade é a permanência desse quadro aos dias atuais. Agora que as duas instituições estão em greve, com apoio dos funcionários e do alunado (embora alguns centros não afirmem expressamente), dividir as assembleias é dividir a força...

    Deve-se usar o fato histórico da CPI do ensino superior. Nesse momento, o relator está elaborando não apenas um diagnóstico dessa situação, mas, principalmente, as linhas futuras para a possibilidade de continuidade dessas instituições. É hora de trazer a CPI para a casa dos professores, na figura dos seus grandes interlocutores, o presidente Paulo Ramos e o relator Robson Leite, cujos partidos tem histórica atuação em temas educacionais. Com a sociedade a favor dos professores (e funcionários), conseguir-se-á, aos poucos, recuperar o prestígio e a confiança no ensino, recebendo novos alunos; ao contrário, se uma greve de 2 dias sair frustrada mais uma vez, a classe sairá ainda mais desgastada, a instituição cada vez mais sem prestígio e os cursos, aos poucos, vão definhando, numa ação coordenada: cada vez sem alunos, cada vez mais demissões. O apoio do Poder Legislativo é fundamental, principalmente para o futuro da UGF e da UniverCidade, para o futuro dos alunos, para a manutenção do emprego dos funcionários, independentemente dos mantenedores dessas instituições.

    Decisões importantes e Informações relevantes não têm a participação dos professores. Os gestores não comparecem e não esclarecem situações a CPI do ensino superior. Se UGF e UniverCidade se posicionarem e tiverem apoio, pode-se evitar o que aconteceu com outras instituições como a Bennet e a Santa Úrsula. Isso não é um pedido utópico de “professores, uni-vos”, é um pedido de reflexão, de apoio e de soluções e decisões pragmáticas para problemas recorrentes.

    ResponderExcluir
  50. MEC CADÊ VOCÊ? ESTAMOS TE ESPERANDO!

    ResponderExcluir
  51. TEM NOVA POSTAGEM DE HOJE DIA 13 DE MARÇO.

    ResponderExcluir
  52. Professor, com relação a professores que furam a greve e dão aulas, uma vez que moro distante da minha unidade, e não dá pra ficar indo todo dia na unidade só pra saber se vai ter aula ou não. Essas aulas serão canceladas, e estes professores deverão ministrar-las novamente, ja que a greve é legal e oficial? ou não? se perder aula, matéria dada (mesmo estando em greve) é sentar e chorar depois? o que o aluno poderia fazer, para não ser prejudicado depois??
    obrigado

    ResponderExcluir
  53. caros amigos professores e alunos da UGF , entrei agora para a faculdade de Direito , a situação na Univercidade esta um caos , reconheço como aluno que paga em dia sua mensalidade que é um absurdo a falta de aulas , me sinto enganado e me faz falta o dinheiro fruto do meu trabalho , investido, sem retorno , porem , prefiro esta situação a ter aulas com alguem que , como no minimo advogado que pretende repassar seus conhecimentos abdica de seus direitos , mais simples possiveis , receber seu salario em dia , o que eu posso esperar deste profissional , como vou aprender a defender os direitos dos outros , com alguem que não defende nem os seus . Eu acho falta de competencia (medo da demissão) ou desvalorizaçao da classe , sem ofensa nenhuma , so expus meu pensamento,alem de tudo tem a dignidade do ser humano , espero que meus professores , exijam o cumprimento da lei ,, ainda mais partindo da area , no mais , sempre há a possibilidade da negociação ,espero que aconteça logo, que fique bem para todos e que isso engrandeço o curso , desculpe a todos , esta é a minha opinião

    ResponderExcluir

O BLOG É MODERADO.

TODOS SÃO BEM-VINDOS !

Professor Brasileiro