quarta-feira, 16 de maio de 2012

UNIVERCIDADE * GALILEO * GAMA FILHO * REITOR FOGE DOS ALUNOS. VERGONHA! NÃO ASSUMEM OS ERROS.GAMA FILHO. UNIVERSIDADE TRADICIONAL ENTREGUE AS BARATAS. SEM SALÁRIO NÃO TEM TRABALHO! AVISO AOS GESTORES: "A LEI ÁUREA JÁ FOI ASSINADA DESDE 13 DE MAIO DE 1888". A GREVE É UM DIREITO DO TRABALHADOR E ESTÁ SENDO CONDUZIDA PELO SINPRO-RIO DENTRO DOS PADRÕES LEGAIS.FIM DA GREVE DOS FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS - 18/05/2012




UniverCidade: alunos seguem novo reitor até estacionamento com vaias

 


Comunicado no FACEBOOK de um aluno guerreiro. rsrsrs...
Informamos que o Reitor Sr. Braga saiu da Sede Administrativa com o rabinho entre as pernas e escoltado pela policia (bem que eu queria que fosse para Bangu), hoje ele viu que não estamos ali de brincadeira, se ele tiver o mínimo de vergonha na cara e honrar aqueles fios de cabelos brancos que ainda tem, receberá a comissão de alunos com uma solução para toda essa situação (rezo para isso), GALILEU EDUCACIONAL TÁ NA HORA DE VOCÊS ACABAREM COM ESSA PALHAÇADA. #SÓ IREMOS DESOCUPAR A SEDE QUANDO VOCÊS PAGAREM O QUE DEVEM.
SITUAÇÃO DA RUA SETE DE SETEMRO - UNIVERCIDADE NA NOITE DE 19/05



UniverCidade de Greve:O Sr. Cantieri foge de alunos as 2h da manhã. Liguem o som!!!






Disseram que falta 30% das férias ainda.

Notícias:


Três estudantes ficam feridos durante manifestação no Centro - cliquem aqui
 


COMUNICADO DE UMA ALUNA NO FACEBOOK:


18 de Maio de 2012 12:58
Comunicado aos alunos da Unidade Meier sobre a reunião de hoje, dia 18/05 às 19h.

Devido aos acontecimentos da nossa manifestação da noite anterior, 17/05, para buscarmos uma resposta e cobrarmos os nossos direitos, os alunos da UniverCidade decidiram acampar na sede da Galileo. Potanto a reunião que seria hoje no Méier terá que ser remarcada, visto que hoje é de extrema importância a presença de todos os discentes na manifestação na sede da Galileo, na rua Sete de Setembro 66.

Atenciosamente,



CAOS NA GAMA FILHO. FALTA DE HIGIENE, SEM ESTRUTURA PARA ATENDER AOS ALUNOS, ENFIM  ... DECADÊNCIA TOTAL.  
UMA UNIVERSIDADE TRADICIONAL DESTA FORMA?  
O QUE ESTÁ HAVENDO? 
SEUS ALUNOS E PROFESSORES NÃO MERECEM ISSO.

A SOCIEDADE ESPERA UMA RESPOSTA!
 
 A GREVE DOS PROFESSORES CONTINUA ATÉ A PRÓXIMA ASSEMBLEIA DO DIA 23 DE MAIO.



A "CPI" DA EDUCAÇÃO ESTÁ PRESTES A SAIR.

VAMOS ACOMPANHAR.

*
PARABÉNS PROFESSORES! PARABÉNS ALUNOS!

PARABÉNS SINPRO-RIO!


 CLIQUEM AQUI - SINPRO-RIO

 
Audiência Pública da Comissão de Educação da ALERJ em 14/03/2012




Amigos.

LIGUE O SOM E ... SUPERE-SE. OUSE, POIS O MOMENTO É AGORA. FIRMES NOS SEUS PROPÓSITOS.

 


Grande abraço.

90 comentários:

  1. Sou aluno do 9 período e nao sei o q fazer. Entendo o lado d vcs, mas gostaria d saber se, pelas assembléias já realizadas, há alguma perspectiva de resolução do caso ou os boatos de falência tem fundamento?

    ResponderExcluir
  2. Todos sabemos que este país é da impunidade e a maioria dos políticos são corruptos. De qualquer maneira temos que forçar os deputados a criarem a CPI da educação superior e investigar a lavanderia do Roninho. Mesmo que acabe em pizza, vamos levar mais problemas para este traste. Deverá ir lá depor. Os seus laranjinhas da Galileo vão ter que abrir a boca para a comissão, senão serão investigados. Como é que dois quaisquer conseguem manter duas instituições de grande porte????? Vão ter que responder!!! Hahaha. Essa Roninho vai se dar mal. Pelo menos uma vez.

    ResponderExcluir
  3. Se sair mais um cala boca por estes dias, não devemos voltar desde que paguem TUDO que foi combinado na assembléia.
    Fomos enganados por vários anos. Agora é nossa vez. Nunca nos unimos de verdade, apesar de haver uns idiotas que furaram a greve. Se não exigirmos neste momento todo o restante devido: FGTS e outras pendências, nunca receberemos desses safados.
    CONTO COM TODOS GUERREiROS!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esta saindo cala a boca dos funcionários administrativos de Março!! mais mesmo assim fiquei sabendo que só pagaram 15 dias para o VT (Vale Transporte) e não ressarciram os funcionários pelo dindin tirado do PRÓPRIO BOLSO para irem trabalhar!!! funcionários CUIDADO isso é uma jogada!!! quem puder faça RECISÃO INDIRETA pois esses caras vão fazer uma retaliação aos poucos não de uma vez com vocês!! não dão mole para eles não!!

      Excluir
  4. Braguinha, Braguinha, alguns Inocentes professores Acham que este Coronelzinho ditador irá mudar alguma coisa. Não acreditem, todos que entrarem nestas posições estratégicas são bandidos. Pessoas realmente sérias pulam do barco quando percebem que o comandante é estelionatário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuidado alguns destes professores podem não ser tão ingênuos como disseste. Talvez façam parte do Feudo Braguinha.

      Excluir
  5. Haveria alguma sanção, por parte do Sinpro, que pudesse ser aplicada aos professores que continuaram dando aulas e aplicando provas, já que a greve é legal? Isto também poderia ser feito em relação aos coordenadores que causaram constrangimento aos professores, telefonando e exigindo que fossem dar aulas. Falta de caráter!
    .

    ResponderExcluir
  6. Professor Brasileiro, sou aluna do oitavo período de ADM da UC, e supostamente eu estaria me formando agora em Julho...o que faço!?
    Preciso me formar agora...estou passando por processos seletivos que irão me "cobrar" a graduação!!!
    O que devo fazer?! Eu QUERO e PRECISO me formar até o final do Semestre 2012.1!
    Assinado: Aluna de Adm APAVORADA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara aluna.

      É um grande impasse, pois os professores ficaram mais de 8 anos sendo humilhados, e pressionados por assédio dos gestores. Hoje estão unidos em prol da categoria. A situação tornou-se insustentável.

      O diretor da UNEE-RJ está se reunindo com vários colegas. Participe. A greve é legal, assim os alunos não poderão sair prejudicados.

      Ligue para o SINPRO-RIO , pois eles também estão orientando aos alunos.

      Excluir
  7. É verdade. Sou aluna da Gonçalves Dias e acho que essa CPI é fundamental para solucionarmos este problemão. Convoco todos meus colegas de todos os cursos e unidades para fazer pressão na ALERJ.
    Calorina

    ResponderExcluir
  8. Eu entendo o lado de vcs professores, e apoio vcs. Mas acho q vcs tem q ser o mais transparentes possíveis com a gente. Eu estou D E S E S P E R A D A! Essa é a palavra, me formaria no final do ano, e nao sei o q fazer, nao sei mais em q acreditar. Até pouco tempo nao acreditava na falência, hj nao sei mais em que acreditar. Pago mais um mês? Ou tranco e tenho menos prejuizo no caso de falir e eu nao ver o meu dinheiro??? São muitas perguntas, estou sem ter a quem perguntar! E enquanto isso o tempo vai passando, e o meu sonho de formatura se afastanto cada vez mais de mim...

    ResponderExcluir
  9. estou me formando neste período e agora com a greve por mais tempo, o semestre perdido como fica o caso dos como eu formandos?? nos ferramos?
    é justo?
    é justa a luta mas é justo com nossas vidas? paguei minha faculdade com dificuldade e na hora de me formar tem esta bomba??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justamente, então você deve cobrar de quem está recebendo sua mensalidade e não repassa, ou seja, a UC, que não paga os professores. Conta simples: recebe mensalidade, paga professor, tem aula!! Durante 8 anos os professores suportaram isso, e uma hora ia acontecer o que aconteceu.

      Excluir
    2. não é justo, não. Por isso recomendo como professor vocÊ reclamar junto ao Grupo Galileu que está lhe causando esse mal, indo nas passeatas e nas assembleias e até fazendo como os professores, que tambem estão sofrendo, buscando o judiciário para ter os seus direitos.

      Excluir
  10. Boa noite,

    também sou aluno da instituição e estou cursando o 9° período de direito.
    Com certeza haverá atraso para o término do período, haja vista a necessidade de reposição das aulas. Contudo, não entendo o porquê de alguns professores e alunos dizerem que o semestre está perdido. Não está!

    Acho que as pessoas estão levando em consideração a data prevista para o início do 2° semestre; algo em torno do dia 10 ou 15 de agosto, como já é de praxe.

    Porém, o que deverá ser alterado é exatamente esta data! O 2° semestre deverá começar, tão logo se encerre efetivamente o 1°. Não importa se em setembro ou em outubro.
    O que mais me estarrece são algumas pessoas dando o período como perdido. Sem chance. Não podemos permitir sequer aventar esta possibilidade.

    Melhor perdermos 2 meses do que 6!

    Apenas para ilustrar, já vi universidade federal em greve que demorou um ano e meio para acertar o calendário.

    ResponderExcluir
  11. a faculdade está bem filantrópica, ratos já estão morando e passeando pelos banheiros da Gama Filho.

    Foi chamado a vigilância sanitária que deu 1 mês para isto ser resolvido... que vergonha...

    Aí ratos que moram nos banheiros da Gama Filho, vcs tem aviso de despejo de 1 mês...mas vs foram convidados a passar férias na França com o Márcio André Mendes da Costa.

    ResponderExcluir
  12. CARO JOÃO PAULO VOCÊ REALMENTE ACREDITA QUE HAVERÁ REPOSIÇÃO DE AULA? TAMBÉM SOU ALUNA DE DIREITO DO 9º PERÍODO E MUITO ME ADMIRA A SUA INOCÊNCIA E ACATAMENTO ACERCA DESTA SITUAÇÃO. A GRANDE VERDADE É QUE OS ALUNOS ESTÃO SENDO OS ÚNICOS PREJUDICADOS DISSO TUDO.
    PORQUE OS PROFESSORES NÃO INICIARAM ESTA GREVE EM DEZEMBRO OU JANEIRO (JÁ QUE OS PROBLEMAS SALARIAIS SÃO ANTIGOS??), CREIO QUE ESTA ATITUDE TERIA PREJUDICADO MENOS ALUNOS, MUITOS TERIAM CONSEGUIDO SE TRANSFERIR, OUTROS NEM TERIAM SE MATRICULADO. PENSE, REFLITA, VOCÊ ESTÁ PENSANDO NO LADO DELES MAS QUEM ESTÁ PENSANDO NO SEU (NOSSO).
    ELIZABETH GUASTINI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, os professores não iniciaram a greve em dezembro porque deram mais um voto de confiança a essa cambada de cretinos,acreditando que as coisas iriam começar a melhorar em todos o sentidos,inclusive na relação universidade-aluno-professores-funcionários.
      Entretanto o que ocorreu, já no apagar das luzes de 2011, foi a degradação destas condutas.

      Por exemplo: os cretino espalharam diversos boatos no segundo semeste de 2012.

      Um deles foi o de que não haveria demissão em massa. O que ocorreu? Apenas eu fui demitido!!

      Outro boato, que já haviam soltado no início de 2011, foi de que não haveria mais atrasos de salário. A digníssima alua sabe o que aconteceu? Ou não?

      Você esta estudando em uma empresa comandada por bandidos! Que ensinam os estudantes a dar calote,pelo menos pelo exemplo.

      Infelizmente o Sinpro entrou como uma ação, que não tenho dúvida eráfavorável aos professores, de anulação das demições. A digníssima tem informação sobre este acontecimeto.

      Digo infelizmente porque não tenho mais nenhuma motivação para trabalhar para estes cretinos, pois não gosto de bandidos, de homens que não tem palavra. Nós não somos meleques! Não trabalhamos por esporte.
      Eles tem todo o direito de nos demitir porém devem seguir a lei e tem a obrigãção de pagar o que nos devem.

      Você acredita que nossos colegas estão dispostos a correr o risco de, no fim do próximo semestre, receberem tratamento semelhante, alem de trabalhar sem receber seus salários.

      Filha (o) acorda esta instituição esta falida. Não sei lhe dizer se financeiramente falida mas com certeza moralmente, éticamente falida.

      Da falência ética a financeira é menos de um passo.

      Voce esta reclamando a perda de um semestre. Eu perdi mais de 10 anos da minha vida acreditando que estes bandidos iam mudar.

      Vá estudar em outro lugar, enquanto ainda lhe resta motivação.

      Francamente, não nascemos ontem, você parece um destes cretinos que fazem parte da administração desastrosa desta "bosta".

      Excluir
    2. respondeu tudo qu devia Parabéns!!

      Excluir
    3. Prezado professor(a) de "17 de maio 14:22",

      Também sou aluno do 9 período de Ipanema. Parabéns por suas palavras. Também estou prejudicado com esse "apocalipse", mas se eu estivesse no lugar de vocês na condição de professores também estaria dentro dessa greve que é legítima.Aproveito para externar meu desprezo pelos professores que furam greves. Infelizmente, "pimenta no _____ dos outros é refresco". Vê-se que a pessoa que postou comentário em "17 de maio às 07:59" distorce os fatos de maneira descomunal, abissal e todas as palavras sinônimas a estas, o que nos faz suspeitar que a mesma é pau mandado dos tais "bandidos". Ainda que seja aluno (a), é desprezível a forma como expressou seu pensamento com palavras que demonstram total egoísmo, insensatez e falta de respeito para com o próximo. Eu, mais uma vez, tb estou "ferrado" no nono período, pois mudando de instituição, terei, provavelmente de adiar minha formatura sabe-se lá por quanto tempo, mas lutarei pelos meus direitos na condição de aluno . Não delegarei meus "perrengues" de maneira sórdida para terceiros que ñ são os verdadeiros vilões. Alunos, professores e funcionários são seres humanos sofrendo os efeitos nefastos gerados pela incompetência e má-fé de uma dúzia ou mais de seres que desconhecem o verdadeiro significado da palavra integridade.

      Excluir
    4. Professor, obrigado.
      Baseado na sua resposta, tomei a minha decisão de transferir-me para outra faculdade.
      Não pelo o que o Sr escreveu, mas como o Sr escreveu.
      A faculdade deve estar muito mal mesmo, afinal de contas, o Sr que escreve "éticamente" e "demições" lecionou por 10 anos na mesma.
      Novamente, muito obrigado...

      Excluir
    5. Elizabeth, concordo com você quando diz que estamos sendo prejudicados, é fato. Mas os professores também estão. A greve é legítima e legal. Não é justo os professores e demais funcionários trabalharem sem receber salário. Quando eu disse que o período deveria retornar tão logo a greve se encerrasse não foi por inocência. Na verdade é uma tentativa desesperada de atenuar nossos prejuízos.

      Professores e funcionários estão exigindo o mínimo possível para retornarem ao trabalho.

      Contudo, repito: ainda que eu não concorde inteiramente com sua posição, respeito. Infelizmente, outras pessoas não. A discordância é válida, mas devemos manter o mínimo de decoro, coisa que faltou a um colega "Anônimo" que respondeu a sua resposta.

      Obviamente devemos dar um desconto. Se nós, que somos alunos, estamos tão desesperados, imagine você quem está sem receber salário, com contas pra pagar e exercendo suas atividades em péssima condições de trabalho? Mas não justifica a discordância grosseira de alguns colegas.

      O momento é de unirmos forças!

      Excluir
    6. Querido ou querida, Anônimo de 17 de maio de 2012 18:59, é evidente que você é um infiltrado neste blog, pois na mensagem Anônimo 17 de maio de 2012, 07:59 fizestes questão de te apresentar como uma pesssoa do sexo feminino e na mensagem Anônimo de 17 de maio de 2012 18:59 deixou transparecer ser do sexo masculino. Ou estas na dúvida? Ou és,como eu, também um analfabeto? Fostes meu aluno por acaso? Se fostes, aprenda, pelo menos, a ser um cidadão. Exija seus direitos de quem de fato e de direito os esta negando.

      Excluir
  13. **** Pessoal, apenas para reforçar, a greve é legal e legítima. Basta dar uma rápida lida na lei que regulamenta a greve. Não deixem que pro-reitores e coordenadores de curso digam o contrário. Nesse momento eles vão fazer de tudo para enfraquecer a greve, já que não tem dinheiro ou não querem nos pagar.

    DIREITOS DOS TRABALHADORES

    LEI N. 7.783, DE 28 DE JUNHO DE 1989

    Dispõe sobre o exercício do direito de greve, define as atividades essenciais, regula o atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, e dá outras providências.

    O Presidente da República:

    Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

    Artigo 1º - É assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender.

    Parágrafo único - O direito de greve será exercido na forma estabelecida nesta Lei.

    Artigo 2º - Para os fins desta Lei, considera-se legítimo exercício do direito de greve a suspensão coletiva, temporária e pacífica, total ou parcial, de prestação pessoal de serviços a empregador.

    Artigo 3º - Frustrada a negociação ou verificada a impossibilidade de recursos via arbitral, é facultada a cessação coletiva do trabalho.

    Parágrafo único - A entidade patronal correspondente ou os empregadores diretamente interessados serão notificados, com antecedência mínima de 48 (quarenta e oito) horas, da paralisação.

    Artigo 4º - Caberá à entidade sindical correspondente convocar, na forma do seu estatuto, assembléia geral que definirá as reivindicações da categoria e deliberará sobre a paralisação coletiva da prestação de serviços.

    § 1º - O estatuto da entidade sindical deverá prever as formalidades de convocação e o quorum para a deliberação, tanto da deflagração quanto da cessação da greve.

    § 2º - Na falta de entidade sindical, a assembléia geral dos trabalhadores interessados deliberará para os fins previstos no caput, constituindo comissão de negociação.

    Artigo 5º - A entidade sindical ou comissão especialmente eleita representará os interesses dos trabalhadores nas negociações ou na Justiça do Trabalho.

    Artigo 6º - São assegurados aos grevistas, dentre outros direitos:

    I - o emprego de meios pacíficos tendentes a persuadir ou aliciar os trabalhadores a aderirem à greve;

    II - a arrecadação de fundos e a livre divulgação do movimento.

    § 1º - Em nenhuma hipótese, os meios adotados por empregados e empregadores poderão violar ou constranger os direitos e garantias fundamentais de outrem.

    § 2º - É vedado às empresas adotar meios para constranger o empregado ao comparecimento ao trabalho, bem como capazes de frustrar a divulgação do movimento.

    § 3º - As manifestações e atos de persuasão utilizados pelos grevistas não poderão impedir o acesso ao trabalho nem causar ameaça ou dano à propriedade ou pessoa.

    Continua abaixo...

    ResponderExcluir
  14. Continuando...

    Artigo 7º - Observadas as condições previstas nesta Lei, a participação em greve suspende o contrato de trabalho, devendo as relações obrigacionais, durante o período, ser regidas pelo acordo, convenção, laudo arbitral ou decisão da Justiça do Trabalho.

    Parágrafo único - É vedada a rescisão de contrato de trabalho durante a greve, bem como a contratação de trabalhadores substitutos, exceto na ocorrência das hipóteses previstas nos artigos 9º e 14.

    Artigo 8º - A Justiça do Trabalho, por iniciativa de qualquer das partes ou do Ministério Público do Trabalho, decidirá sobre a procedência, total ou parcial, ou improcedência das reivindicações, cumprindo ao Tribunal publicar, de imediato, o competente acórdão.

    Artigo 9º - Durante a greve, o sindicato ou a comissão de negociação, mediante acordo com a entidade patronal ou diretamente com o empregador, manterá em atividade equipes de empregados com o propósito de assegurar os serviços cuja paralisação resultem em prejuízo irreparável, pela deterioração irreversível de bens, máquinas e equipamentos, bem como a manutenção daqueles essenciais à retomada das atividades da empresa quando da cessação do movimento.

    Parágrafo único - Não havendo acordo, é assegurado ao empregador, enquanto perdurar a greve, o direito de contratar diretamente os serviços necessários a que se refere este artigo.

    Artigo 10 - São considerados serviços ou atividades essenciais:

    I - tratamento e abastecimento de água; produção e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis;

    II - assistência médica e hospitalar;

    III - distribuição e comercialização de medicamentos e alimentos;

    IV - funerários;

    V - transporte coletivo;

    VI - captação e tratamento de esgoto e lixo;

    VII - telecomunicações;

    VIII - guarda, uso e controle de substâncias radioativas, equipamentos e mate-riais nucleares;

    IX - processamento de dados ligados a serviços essenciais;

    X - controle de tráfego aéreo;

    XI - compensação bancária.

    Artigo 11 - Nos serviços ou atividades essenciais, os sindicatos, os empregadores e os trabalhadores ficam obrigados, de comum acordo, a garantir, durante a greve, a prestação dos serviços indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade.

    Parágrafo único - São necessidades inadiáveis, da comunidade aquelas que, não atendidas, coloquem em perigo iminente a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população.

    Artigo 12 - No caso de inobservância do disposto no artigo anterior, o Poder Público assegurará a prestação dos serviços indispensáveis.

    Continua abaixo...

    ResponderExcluir
  15. Continuando...

    Artigo 13 - Na greve, em serviços ou atividades essenciais, ficam as entidades sindicais ou os trabalhadores, conforme o caso, obrigados a comunicar a decisão aos empregadores e aos usuários com antecedência mínima de 72 (setenta e duas) horas da paralisação.

    Artigo 14 - Constitui abuso do direito de greve a inobservância das normas contidas na presente Lei, bem como a manutenção da paralisação após a celebração de acordo, convenção ou decisão da Justiça do Trabalho.

    Parágrafo único - Na vigência de acordo, convenção ou sentença normativa não constitui abuso do exercício do direito de greve a paralisação que:

    I - tenha por objetivo exigir o cumprimento de cláusula ou condição;

    II - seja motivada pela superveniência de fatos novo ou acontecimento imprevisto que modifique substancialmente a relação de trabalho.

    Artigo 15 - A responsabilidade pelos atos praticados, ilícitos ou crimes cometidos, no curso da greve, será apurada, conforme o caso, segundo a legislação trabalhista, civil ou penal.

    Parágrafo único - Deverá o Ministério Público, de ofício, requisitar a abertura do competente inquérito e oferecer denúncia quando houver indício da prática de delito.

    Artigo 16 - Para os fins previstos no artigo 37, inciso VII, da Constituição, lei complementar definirá os termos e os limites em que o direito de greve poderá ser exercido.

    Artigo 17 - Fica vedada a paralisação das atividades, por iniciativa do empregador, com o objetivo de frustrar negociação ou dificultar o atendimento de reivindicações dos respectivos empregados lockout.

    Parágrafo único - A prática referida no caput assegura aos trabalhadores o direito à percepção dos salários durante o período de paralisação.

    Artigo 18 - Ficam revogados a Lei n. 4.330, de 1º de junho de 1964, o Decreto-Lei n. 1.632, de 4 de agosto de 1978, e demais disposições em contrário.

    Artigo 19 - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

    ResponderExcluir
  16. Eu só gostaria de saber quais professores estão furando a greve e dando aula na Gonçalves Dias! Tenho acompanhado a greve, mas não tenho indo a unidade. Sei que a greve é legal, mas os professores poderão dar falta aos alunos? Tbm me formaria no fim desse ano e já nem sei o que fazer...
    Ass: Uma aluna muito decepcionada com essa instituição.

    ResponderExcluir
  17. O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio da Galileo... hehehe

    Ela está dando uma de João sem braço..não é comigo isso... e estamos indo para o buraco...

    ou será que não tem ninguém no comando deste barco... apenas a quadrilha do Ronald levando tudo e nem sabe onde está o barco, o que importa é dinheiro no bolso...

    ter 5000, 6000, 7000, 10.000 ou "trocentas" ações na justiça tanto faz e só mais algumas... não vou pagar mesmo... -> pensamento de Ronald...

    ResponderExcluir
  18. Artigo 13 - Na greve, em serviços ou atividades essenciais, ficam as entidades sindicais ou os trabalhadores, conforme o caso, obrigados a comunicar a decisão aos empregadores e aos usuários com antecedência mínima de 72 (setenta e duas) horas da paralisação.


    hahaha é daqui que o Cantieri se baseia... em 72 horas estará tudo resolvido... e uma pena que o relógio dele esta sem bateria hahaha....

    ResponderExcluir
  19. olha só o titulo do livro?

    http://www.visionvox.com.br/biblioteca/o/Olavo-de-Carvalho-O-Imbecil-Coletivo.txt

    "FORMULÁRIO-PADRÃO para a redação de críticas a
    O Imbecil Coletivo"

    olhem o agradecimento: página 19:

    Agradeço a José Carlos de Azevedo, pela confiança.
    Agradeço a Ronald Levinsohn, a Paulo Mercadante e a José Mário Pereira, pela coragem.

    realmente o Ronald tem muita experiência em fazer "O imbecil coletivo" vide professores, funcionários e alunos da UniverCidade e Gama Filho...

    ResponderExcluir
  20. bom eu estou fazendo o meu..... bem direitinho...
    pois depois quem vai rir da cara deles sou eu kkkkkkkkkkkkkkk
    antes de sair minha recisão estarei só na minha...
    quando a notificação sair..... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  21. Soube que haverá audiência 22ª Vara Trabalhista pertinente aos créditos dos professores em 22/05/2012 da UniverCidade, alguém sabe o horário? Gostaria muito de ouvir o que os advogados dos sofistas gestores terão a dizer?

    Muito grato.

    Ass: Aluno profundamente feliz com as IES, sobretudo, pelos benefícios promovidos pelo Grupo Galileo na UniverCidade

    ResponderExcluir
  22. Caros Juristas da Sinpro-Rio ou professores de Direito,
    a)Quando o juízo bloqueia as contas - como me parece, o ocorrido com as do Grupo Galileo-, ele automaticamente pode determinar a penhora online dos valores, tendo em vista que créditos trabalhistas possuem natureza alimentar?
    b) O juízo trabalhista pode determinar ao Grupo Galileo a prestação de contas e determinar um prazo para tanto, sob pena de fixação de multa como as astreintes?
    c)Quanto a morosidade do Grupo Galileo no sentido de postergar o cumprimento de suas obrigações no que tange ao fracionamento das audiências trabalhistas, não poderia caracterizar, neste caso, litigância de má-fé (reiterando que créditos trabalhistas tem caráter alimentar)?

    Tenho conhecimento que a questão dos alunos trata-se de relação consumeirista, enquanto dos professores a relação é trabalhista. Acho que as respostas a estas perguntas interessam diretamente aos professores, mas, indiretamente também à nós alunos sobretudo, a questão de prestação de contas. Por isso, eis que vai a última:

    c) Eu sei que na esfera cível existe Ação de Prestação de Cotas (autônoma)mas na seara trabalhista isso ñ pode ser determinado pelo juiz?

    Grato ao jurídico da Sinpro-Rio ou algum professor (a) de direito que se disponha a responder tais questionamentos.

    Obrigado

    Aluno de Direito de Ipanema em processo de aprendizado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      Na ASSMEBLEIA foi dito pelo jurídico de que o que está bloqueado, mais ou menos, 700.000,00, é para pagar aos professores demitidos entre a UNIVERCIDADE e GAMA, que dá um total aproximado de 420 professores. Meio e meio. Assim sendo, não é para pagar aos que estão na ativa.

      Quanto a prestação de contas seria através de uma intervenção judicial quando é noemado um INTERVENTOR. Estão caminhando pra isso.

      Audiências trabalhistas e processos traalhistas são demorados, eu mesmo estou com meu processo desde agosto para julgar EMBARGOS DE DECLARAÇÃO e agora já está em pauta. É absurdo mais é verdade.

      Tudo isso é bonito quando se aprende na facudlade, mas na prática caro amigo, é completamente diferente.

      Os alunos têm relação de consumo com a ENTIDADE e neste caso já orientei por diversas vezes no facebook e aqui mesmo. Quem acompanhou o BLOG desde janeiro se orientou.

      PRESTAÇÃO DE CONTAS? SÓ COM AUDITORIA E INTERVENÇÃO JUDICIAL.

      Isso já sugeri. Sei que queremos solucionar tudo. Mas não depende só de nós. Não é tão fácil.

      Abraço.

      Excluir
    2. Obrigado, pelos esclarecimentos.
      Um abraço.

      Excluir
    3. Colegas tomei conhecimento de que a instituição esta orientando diversos alunos a cobrar dos professores o fim da greve!

      Talvez isto explique as investidas de alguns alunos neste blog e nas redes sociais.

      Vamos dar-lhes uma resposta na próxima assembléia!

      Não se intimidem!

      E não fiquem com peso na consciência! Se alguem esta cometento algum crime, são os gestores da Galiléia. Nós estamos agindo como cidadãos. Estamos exercendo nossos direitos.

      Excluir
  23. Há muito que venho percebendo essa tal manobra maquiavélica da "máfia Galiléia". Cada um deve lutar junto com seus pares. Até aonde sei, a Sinpro-Rio é o sindicato dos professores. Portanto, defende os interesses dos mesmos. Tem aluno "P" da vida com a Sinpro-rio e alegando que os professores estão manipulando os alunos para conseguir o que querem. É pura ingenuidade. Cada um em sua respectiva categoria. Já tem professor decidindo pela rescisão indireta. Com certeza o mundo ñ acabará em 2012, mas acho que a UC entrará em extinção. E sinceramente, se tudo o que dizem do Grupo Galileo for verdade quanto ao seu passivo monstruoso, acredito que os professores só receberão seus créditos trabalhistas se a justiça transformar os bens pessoais dos gestores em dinheiro, e, ainda assim, há o risco de até lá a dívida ficar maior do que o nosso planeta Terra. Mas transformar em dinheiro um luxuoso apto situado em Manhattan, ajudará muito. Tomará que eu esteja errado, no entanto, pelo andar da carruagem acho difícil a ñ ocorrência de uma TSUNAMI. Não pretendo desencorajar os ânimos. Foi apenas um desabafo. Então, a luta continua...

    ResponderExcluir
  24. Os coordenadores de curso estao convocados alguns professores para uma reuniao hj a tarde na candelaria com o Cantieri!!!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Conforme o professor brasileiro mencionou acima acabou a greve dos administrativos. Mas me preocupa a forma com que terminou, pois o sindicato ligou para todos dizendo que se o salário foi pago então eles deveriam voltar a trabalhar.

    NÃO FOI RESOLVIDO EM ASSEMBLEIA.

    Os funcionários brigaram e exigiram uma ASSEMBLEIA que não houve.

    ASSIM NÃO HOUVE QUORUM E O SINDICATO RESOLVEU POR ATO UNILATERAL TERMINAR COM A GREVE, MANDANDO QUE VOLTEM A TRABALHAR. TEM ALGO ERRADO...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Soube mais... Disseram os funcionários que BRIGARAM para que o SINDICATO deles realizasse ASSEMBLEIA e impediram muitos de falar. Tem algo...

      FALTA 30 % DE FÉRIAS AINDA. NÃO PAGARA TUDO. Mas o SAAE-RJ, POR ATO UNILATERAL,INSISTIU QUE VOLTASSEM A TRABALHAR,COMO DIZ O AMIGO ACIMA.Os funcionários exigiram ASSEMBLEIA e naõ teve. Tinha que se fazer uma ATA e formalizar esta volta.

      Os funcionários estão perdidinhos COM ISSO E NÃO SABEM COMO AGIR. Simplesmente ligaram apra todos e... VOLTEM...

      O QUE É ISSO????

      Excluir
    2. Deixem todos voltar a trabalhar, se nós professores não voltarmos nada funciona.

      Nós só voltaremos depois que toda a dívida de natureza trabalista for quitada.

      Não esqueçam os depósitos do FGTS não realizados desde 2003.

      Querem fazer investimento com o nosso dinheiro.

      Usem o dinheiro de vcs seus cretinos, vendam suas propriedades conquistadas com o sangue dos professores e demais trabalhadores escravos para fazer seus investimentos.

      Disseram, que os coordenadores foram consultados para decidir quem seriam os professores demitidos. MENTIRA, consultaram apenas alguns puxa-sacos que fazem parte da máfia dos caloteiros. A maioria dos coordenadores apenas foram comunicados, alguns nem mesmo isto.

      As DEMISSÕES TIVERAM NATUREZA POLÍTICA E PERSECUTÓRIA NA MAIORIA DOS CASOS!

      Vão a merda! Os bandidos deste episódio são eles que não respeitam a Lei! Nós somos professores, cidadãos, merecemos mais respeito aos nossos direitos.

      Excluir
    3. Edward Louis Seversen III19 de maio de 2012 08:24

      Houve a assembléia extraordinária, SIM. Telefonamos para o SAAERJ e exigimos a assembleia que ocorreu às 15 horas, e eu estive presente. A volta ao trabalho, oficialmente só se deu ontem, sexta-feira, e não na quinta-feira.

      Houve a quitação dos salarios de março e abril, além do pagamento integral do vale-transporte.

      Terça-feira teremos uma reunião no MTE da comissão dos administrativos e dos representantes da Galileo/UniverCidade, onde serão interpelados, dentre outras coisas, sobre o restante das férias e sobre a nao retaliaçao aos funcionários.

      Excluir
  26. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... Adorei assitir o primeiro vídeo. Foi cômico ver o Cantieri fugindo dos alunos com o ** na mão! rs... Parabéns aos alunos! Vocês foram brilhantes! ;)

    ResponderExcluir
  27. Esses três alunos, que foram atingidos por arma de choque ontem pela polícia, devem processá-la por abuso de poder e processar também a Galileo por tê-la instigado a tomar essa medida desnecessária e que podia lhes ter causado um dano mais grave. Essa arma de choque pode levar pessoas com organismos mais sensíveis à morte, pois, embora digam que não seja letal, ela não é totalmente segura. Não havia o menor cabimento de a polícia ter chegado a esse extremo, pois os alunos estavam apenas protestando pacificamente e com toda a razão para reivindicarem seus direitos como consumidores, como estudantes e como cidadãos que são. Os tiranos da Galileo devem ter pedido à polícia para fazer isso achando que assim iria espantar a multidão. Mas o pessoal, no entanto, não se intimidou e ficou lá firme e forte até de madrugada esperando o "digníssimo" Sr. Cantieri sair do prédio para ir embora, como podem ver no vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=P2OBuMrs-ek&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  28. O professor nariz em pé está enviando e-mail prus aluno que vai ter aula na Segunda dia 21 no Méier de Gestão Financeira e que cansou da greve.

    ResponderExcluir
  29. Esse vídeo ficou demais. Pinóquio Cantieri se fu...
    Fujão, nem é macho para enfrentar os alunos. Lá na sede trata mal os funcionários. COVARDE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por enquanto... quando receber minha notificação ele que me aguarde!!! ai sim que vai dar POLICIA!!!!

      Excluir
  30. Sou aluno da noite no méier, e me falaram que o professor de gestão financeira e outros darão aula na semana que vem, procede isso???

    ResponderExcluir
  31. Eu fui demitido da coordenação da Unidade Recreio temos atrás pelo pseudo Coronelzinho Fernando Beira-Mar Braga porque denunciei o seu filho Marcio que comigo trabalhada, por roubar equipamentos da Unidade, vender trator e ficar com o dinheiro para si e ainda usar o carro da UC para fazer compras de supermercado com sua mãe. Apuradas todas as irregularidades, o Ronald demitiu poe email esse tal de Marcio. O pai, se tivesse vergonha na cara, teria saido também. E hoje esse canastrão é o reitor dessa Merda instalada. Quanta canalhice. Quando fui afastado da coordenação da Unidade, me deram sala de aula. E eu jamais deveria ter aceitado. Não recebo, passo grandes necessidades e ainda convivo com crápulas e bandidos da ditadura, como esse coronel frustrado. Pai e filho deveriam estar presos, juntos com Chantierre, Roninho e Marcinho da Galileia. vagabundos. Covardes.

    ResponderExcluir
  32. Acabei de receber um email do professor nariz em pé de que haverá aula no méier segunda feira. A greve terminou? Ele diz que sim.

    ResponderExcluir
  33. A fuga desse bostão do Cantieri sendo vaiado por nossos alunos é emblemática, assim como é incrivel a saída do Coronelzinho Braguinha fugido e acoado da sede. cenas patéticas. Nos, alunos, nao vamos nos afstar mais desses vigaristas, oportunistas e cretinos. Fora Cantieere, Fora Coronelzinho de merda.

    ResponderExcluir
  34. Esses professores que furam greve e que ligam pros alunos, assim como esses coordenadores bundões, devem ter seus nomes citados aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também recebi um telefonema desses, da coordenação de informática.
      Resposta: O que fazer se não tenho dinheiro da passagem?
      Coordenadores Pusilânemes. Como disse nosso colega Mauricio Werner,
      "ou eles pagam ou fechamos essa espelunca", vamos lutar.

      Excluir
    2. Concordo!! Esses sem almas devem ter seus nomes citados aqui, um espaço totalmente democrático, e eles querem apoiar esses ditadores facínoras e não seus colegas professores. Não é: José Carlos VINHAIS, José Carlos Freitas, Floriano, Taís, Andrea, Alexandre Paiva, esses da biologia que só pensam em plantinhas e não em seus semelhantes. Outros pensaram um pouquinho e aderiram a greve.

      Excluir
    3. Apoio. O nomes dos professores traíras devem ser citados aqui. Vocês ñ tem vergonha perante a maioria dos professores que votou pela greve? Professor que der aula em greve da UniverCidade deve ser execrado!!!!!!!!!! Um nojo!!!!!!!!! Vão doar as aulas? Por medo? Ou será por quê foram comprados???? Vcs ñ entendem que este tipo de atitude gera discórdia ñ só entre professores, mas entre alunos e professores??? Vcs vão se arrepender!!!!!!!!!!

      Excluir
  35. Alguns professores do Méier da noite vão dá aula, dentre eles o de gestão financeira, controladoria e marketing.

    ResponderExcluir
  36. Mãos ao alto! GALILEO É UM ASSALTO!!!!!!

    ResponderExcluir
  37. Alguém poderia por favor colocar o link do Coronelzinho ditador acoado. Deve ter sido muito engraçado.

    ResponderExcluir
  38. Prezados colegas professores e administrativos,
    esses gestores só vão pensar no que estão fazendo, quando começarem a perder patrimônio. Portanto quando entrarem com ação trabalhista incluam, além das empresas, os respectivos gestores que criaram essa confusão toda, isto é o ex-reitor Márcio Mendes e o Ronald. Peçam a despersonificação da pessoa jurídica. Se conseguirmos atingí-los talvez possamos conseguir recuperar tudo o que deixamos de receber. E no meu ponto de vista estes problemas nunca serão resolvidos, pois o passivo é enorme e irrecuperável. Não alimentem esperanças, pois "o barco afundou". Ou alguém acredita?

    ResponderExcluir
  39. A greve para os "bundões" acabou, eles dão votos e confiança pro coronel "ditadura" braguinha e sua corja. Seus panacas se vcs voltarem pra sala de aula nunca mais verão a cor do que lhes devem.

    ResponderExcluir
  40. Eu pago, não deveria: eu vim aqui cobrar da reitoria!!!!!

    ResponderExcluir
  41. Quero lembrar aos furões e aos que são medrosinhos ou aos que coitados: crêem que esse barco já afundado conseguirá navegar em águas profundas com o Braguinha, ledo engano. Não esqueçam que a CATEGORIA em voto Unânime decidiu que os professores só voltam quando pagarem o restante das férias, salário integral de Março, o que falta de Abril e a diferença de carga horária De Fevereiro dos professores que possuem turma na UGF

    ResponderExcluir
  42. Era era era, o Braga é o Cachoeira!!!!!

    ResponderExcluir
  43. "Trabalho, trabalho, trabalho o mês inteiro e vem a Galileo para roubar o meu dinheiro!"
    "Trabalho, trabalho, trabalho o mês inteiro e vem a Galileo para roubar o meu dinheiro!"
    "Trabalho, trabalho, trabalho o mês inteiro e vem a Galileo para roubar o meu dinheiro!"

    ResponderExcluir
  44. Professores de Biologia, vocês deveriam levar o Cantieri para o Zôo para fazer companhia a outra girafa ( coitada da girafa ) e aproveitar e cuidar das plantinhas que tem lá. Obviamente como amigos do zôo, sem Salário, Muito melhor do que ser amigo da UniveCidade e doar aulas. Doem amor ao zôo, tenho certeza que será muito melhor.

    ResponderExcluir
  45. Voltem pra sala de aula seus traíras, o coronelzinho ditadura braguinha, vai pagar a vocês pelo empenho em "furar-greve". Vocês receberão os salários e demais atrasados, podem ter certeza. Deêm um voto de confiança seus "bundões", prejudiquem seus colegas professores que estão em greve e seus alunos que estão pagando mensalidades. Vocês são indignos de serem chamados de professores.

    ResponderExcluir
  46. A professora de informática Rachel de Camargo está totalmente LOUCA! Está fazendo campanha para colocar os alunos contra os professores. O que passou do limite do aceitáivel não foi a greve totalmente justa professora e sim o abuso com que somos tratados há anos pela direção da UniverCidade. O exercício do direito dos alunos é cobrar da faculdade na qual eles possuem um acordo de prestação de serviços educacionais que não está sendo prestado. Esse exercício do direito não é cobrar que seus professores retornem as salas de aula. Os alunos não possuem vínculo direto com os professores, não havendo nenhuma relação trabalhista entre eles. Basta que a faculdade pague, que imediatamente as aulas voltarão a normalidade. Não importa que a instituição iniciou semana passada um processo de pagamentos de migalhas, não voltaremos até que tudo combinado no sindicato seja pago, pois ainda falta muita coisa atrasada.
    A queda de braço está sendo feita pela faculdade que nã cede de maneira alguma e não nós coitados professores que estamos passando grandes dificuldades.
    A instituição e seus membros NUNCA tiveram a coragem e humildade em procurar seus docentes e tentar negociar. Eles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coleguismo e cidadania é oque esses professores de final de semana,
      deveriam estar ensinando a seus alunos. Essa greve é
      oficial e justa, pois, daqui há pouco 250% de salarios estarão
      atrasados. Não aguentamos mais isso. Alunos, vocês tem força
      para reverter esse quadro, pois, os professores estão esgotados,
      como um colega falou acima, ou esse espelunca é fechada ou vamos
      ser tratados com mais respeito. Força e coragem a todos, vamos dar
      esse troco atrasado. São 10 anos recebendo migalhas e passando
      por dificuldades.

      Excluir
  47. Devemos ter educação entre nos professores. Cada qual deve fazer conforme sua consciência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Consciência vergonhosa essa citada, exemplo negativo para os alunos.
      Ensinando a perfídia contra seus colegas de trabalho.

      Excluir
  48. Realmente devemos ter educação entre os professores que estão lutando a nosso favor e não contra, apoiando essa direção que tem como atividade meio a educação e atividade fim a lavanderia. A professora Rachel de Camargo deve estar sendo beneficiada neste esquema ilícito junto a direção e ao Roninho ou está com problemas de desvio de comportamento, talvez necessitando de uma internação em um hospital psiquiátrico.
    Rachel de Camargo, vou lhe dizer uma coisa que talvez não saiba, vários colegas estão passando uma situação vexatória e humilhante, sem mesmo ter o que colocar de comida na mesa de casa. Outros estão sem dinheiro para comprar remédio, vários estão inadinplentes com o plano de saúde, aluguel, condomínio, prestação da casa ou carro, etc...
    Pense e reflita de verdade e não faça isso. Apoie seus "colegas" e não os ponha contra os alunos. Não dê apoio a esta direção que tanto nos maltrata. Se estiver levando algum por fora deles, pense na ética.

    ResponderExcluir
  49. Sra. Raquel de Camargo pense se é coerente isso o que a Sra. está propondo. A indignação aumenta a cada dia. A Sra. acha ético o que se sujeitou a fazer quando descaradamente proferiu aquelas palavras? Não percebe as consequências desse seu ato reprovável? Foi comprada? Se contenta com migalhas? Está com medo? Não tem vergonha? Está sendo individualista!!! A tolerância começa quando começa o abuso. Não vê que agindo assim contribuirá negativamente criando um clima absolutamente pior do que já nos encontramos? Há pessoas que estão no limite. Todavia, se quiser se prestar a esse papel estaremos lá para protestar pacificamente contra a sua atitude. E isso vale para todos os outros professores "furões de greve". Não perca seu tempo com isso. A ñ ser que queira aumentar a sua dor de cabeça, pois, se fizer o que pretende aumentará o mal estar dos alunos e dos professores conscientes. Definitivamente, a Sra. ñ tem consciência dos efeitos de um ato de tal natureza. Reflita sobre isso. Não piore o que já está péssimo. Respeite as decisões da Assembléia. E fique em paz

    ResponderExcluir
  50. Porque tem alguns poucos professores e alguns coordenadores que estão tentando fazer com que os professores encerrem a greve??????
    Porque em nenhum momento a faculdade fez alguma proposta para o SINPRO?????
    Devemos voltar sem proposta??????
    Se antes da greve já tomávamos calote, imagine voltando sem acordo?????
    Ninguém da direção nos solicitou nada, porque devemos voltar para sala de aula??????
    Que garantias teremos se voltarmos??????
    A fonte desses caras vai secar. Ronald, abre logo o bolso e resolve isso. Tu já ganhou muito nesse negócio.

    ResponderExcluir
  51. Prezados,
    Ronald, Cantieri, Braga, Meireles, Márcio André, Paulo Gama e cia,
    Vocês ainda não perceberam que os professores só voltarão a lecionar quando tudo estiver pago?
    Não adianta mais essa estrategiazinha de não pagar e forçar os coordenadores a pressionarem os professores. Sem grana não há volta.
    Mesmo que normalize e A greve termine, se no próximo mês falhar o pagamento, a greve voltará.
    Só há duas soluções para vocês, pagar ou pagar.

    ResponderExcluir
  52. CHEGA, BASTA, ESGOTOU, ACABOU!!!!!
    NA PRÓXIMA ASSEMBLÉIA, A SOLUÇÃO É VOTARMOS PELA INTERVENÇÃO DO MEC!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdadeiramente o MEC não pode intervir neste momento. O que seria interessante é uma INTERVENÇÃO JUDICIAL.

      Para que vocês tenham uma ideia de INTERVENÇÃO JUDICIAL, nomeando um INTERVENTOR, vejam o exemplo a seguir:

      MPT pede liminarmente a intervenção judicial da Universidade Tuiuti do PR
      Procuradora quer afastamento do reitor por no mínimo 12 meses.
      Pedido é baseado no descumprimento de uma série de direitos trabalhistas

      O Ministério Público do Trabalho (MPT) pediu liminarmente a intervenção judicial da Universidade Tuiuti do Paraná, que possui sedes em Curitiba. A procuradora Margaret Matos de Carvalho requer o afastamento do reitor e da mantenedora da instituição por 12 meses, prorrogáveis até que até que seja possível a efetiva autogestão do empreendimento pelos empregados.
      O pedido foi feito na segunda-feira (6), tendo em vista a negligência há anos no cumprimento de direitos básicos de empregados. Entre os problemas, estão o não fornecimento de vale-alimentação e vale-transporte, a dispensa em massa de professores ocorrida no final de 2011, a falta de pagamentos de salários desde dezembro, o atraso no pagamento de férias, o não recolhimento do FGTS, a apropriação indébita de valores descontados a título de contribuições previdenciárias, e rescisões de contratos sem pagamentos de indenização. Em 2003, uma Ação Civil Pública foi ajuizada pelo MPT para que a legislação trabalhista fosse cumprida, o que não ocorreu, de acordo com a procuradora.
      Para Carvalho, propor a execução da ação judicial já existente não seria efetivo. “Além de não assegurar a imediata observância da legislação trabalhista, apenas se somaria ao passivo já contraído em decorrência de sua recalcitrância em cumprir com suas obrigações legais e contratuais”, observou.
      Como solução, a procuradora propõe uma intervenção judicial em definitivo, a qual transferiria aos empregados a gestão, posse e titularidade do patrimônio da Universidade. A reportagem entrou em contato com a Tuiuti, que informou por meio de assessoria de imprensa que não irá se manifestar até que seja notificada.


      LINK: http://g1.globo.com/parana/noticia/2012/02/mpt-pede-liminarmente-intervencao-judicial-da-universidade-tuiuti-do-pr.html

      Excluir
  53. LinDa e comovente a manifestaçao dos alunos encuralando o Fernando Beira Mar Braga Caxhoeira na saida Da UC de bosta. Covarde e truculento como na ditadura, ameacou chamar a policia para intimidar os alunos. Mas o que esperar de um merda, de um desequilbrado e senil como ele? Esse coronelzinho de merda merece estar na jaula com o roninho, xhantierre, marcio vira-lata e outros. Fora Braguinha. Fora Ja.
    Fora Chanriierre de bosta, covarde e otariol Fora Braga. Fora Cantieri. covardes. Cachoeiras.

    ResponderExcluir
  54. Cenas formidaveis. Braguinha, de nada, e Cantieri, de porra nenhuma, com o C na mao, sendo encurralados por nos, alunos. sugiro nos revezar todos os dias de manha e de noite, na porta da sete de setembro e fazermos manifestacoes, com gritos nos ouvidos deles, da imprensa e da justica. Convidemos os meios de comunicacao.

    ResponderExcluir
  55. Tudo o que mqis quero é justiça. E justiça não é só receber a grana que esta UC de bosta me deve... É ver esses bandidos, ronald, cantieri, braga e marcio, em Bangu. É saber que mansáo na gávea foi penhorada, que apartamento de niva iorque foi pro brejo, que eles estao na lona como eu. grandes FDP. Miseraveis. Cretinos, amorais. Cachorros magros.

    ResponderExcluir
  56. O fato é que vamos para o terceiro mês sem salário, quem
    vai pagar minhas contas?Esses covardes coordenadores que
    deveriam ser os primeiros a defender os professores??

    ResponderExcluir
  57. Prezados! caso vcs queiram conhecer quem é realmente o Roninho e sua quadrilha leiam o livro "A dupla face da corrupção" de J. Carlos de Assis, é um livro reportagem sobre o caso Delfin x BNH. Ele mostra a verdadeira face do safado: gestão fraudulenta, enriquecimento ilícito, desvios de recursos públicos,precarização das relações de trabalho, assédio moral, repressão aos professores,alunos e servidores, lavagem de dinheiro(UC sempre foi sua grande lavanderia). Como noticiário dos jornais Jornal Brasil 08/03/67 acusação de "Falsificador" OGlobo 02/03/74 acusação "Contrabandista", esse é o dono da UC e da Galileo. Quem quiser ler um sumário do livro entre na
    http://www.muco.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=450:grupo-delfin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui temos outro:

      http://professorbrasileiro.blogspot.com.br/p/blog-page.html

      Excluir
    2. No mínimo, esses professores TRAÍRAS, não devem ter família, filhos, e esquecem até mesmo dos Pais... Pois, os que tem, com certeza continuarão lutando por seus direitos, e dando um lindo exemplo de perseverança à todos que dependem dele. Queremos dar o melhor que pudermos aos nossos filhos, principalmente exemplo de honestidade e amizade. Queremos pagar a escola deles, o plano de saúde, levá-los ao cinema, ao teatro, comprar livros, e principalmente estarmos com SAÚDE para que tudo isso aconteça. Todos nós temos responsabilidades e compromissos a serem cumpridos e pagos, e para tanto, precisamos RECEBER NOSSOS SALÁRIOS, que é nosso direito de receber.
      Então pensem bem, reflitam antes de não serem solidátios e companheiros deos seus amigos de trabalhos PROFESSORES!!!

      Excluir
  58. Professores do curso de desenho industrial foram pressionados e ameaçados de demissão numa reunião na última sexta-feira, em Ipanema. A pressão foi exercida pelo coordenador do curso Sidney Freitas e pelos dirigentes da Galileo: Sr. Pelegrini, que parece ser o novo presidente do grupo; Cantieri e Braga. São facistas, facínoras e truculentos. Eles tiveram a capacidade de dizer que a greve é ilegal e que vão demitir em massa. Será que eles aham que podem tudo? Eu ainda acredito na justiça deste país. Ministério Público precisa saber disto. Alguém tem que dar um basta nesta quadrilha. São bandidos que querem se impor pela força e pelo poder. Quem está por trás disto tudo? Estou me convencendo de que tem política muito suja escorando esta corja. O submundo não pode vencer.O mal não pode superar o bem. Vamos continuar firmes, sem medo de ser feliz. Vamos encarar estes safados, pilantras, pulhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles já demitiram em massa e não fizeram as rescisões como manda a lei. independente da ocorrencia da greve, eles já planejavam mais uma rodada de demissão. O objetivo é a redução de custos, principalmente reduzindo os anuênios e quinquênios. Eles não tem compromisso com a educação. Se não quitarem toda a dívida é melhor eles afundarem de vez. No médio prazo só ficarão alguns puxa-sacos que desempenham, simultaneamente, o papel de laranja.

      Excluir
  59. Que vergonha professora RACHEL DE CAMARGO!!!! Não faça isso!! É totalmente IMORAL e ANTI-ÉTICO!!!
    Sei que você só dá aula em umas turminhas por Hobby, o que não é a realidade da maioria dos professores. Você é cupicha da direção e reitoria. Trabalha com eles há anos. Sempre que possível endeusa o Pinóquio Cantieri e o Ditadorzinho Praguinha. Sei que seu salário é pago por fora e além de estar em dia, é uma bolada grande.
    Você tem um carro de mais de R$150.000, com certeza não foi adquirido com as horas aulas de suas turminhas echi prado obviamente com o altíssimo salário ganho trabalhando de puxa saco reitoria!!!

    ResponderExcluir
  60. KKKKKKKKKK O VIDEO DO CANTIERI FUGINDO COM O RABINHO ENTRE AS PERNAS FOI DEMAIS KKKKKKKKKK

    OHH AMARANTE NARIZINHO EM PÉ... NADA DE MANDA E=MAIL PARA OS ALUNOS MARCANDO AULAS E PROVAS...

    ResponderExcluir
  61. se estamos em greve como o curso de turismo foi viajar com alunos e professor junto?? como é isso? o curso de turismo esta funcinando em pleno vapor só pode, o coordenador aplica prova, professores viajam com alunos. e ainda o professor vira motivo de piada entre os alunos, bom isso. e ainda chegaram de madrugada na cidade e ficaram até as 6 da mmanha esperando para ir para o hotel?? foram de madrugada para ninguém ver eles trabalhando?
    não fui porque acho vergonhoso nós lutando para acabar esta situação de greve e eles viajando, colegas acampados e eles dormindo em hotel??

    ResponderExcluir
  62. O MP PRECISA SABER DISSO. ISSO É CONSTRANGIMENTO ILEGAL. ISSO DEVE SER PONTUADO COM VEEMÊNCIA NA PRÓXIMA ASSEMBLÉIA. SE QUEREM GUERRA TERÃO GUERRA. SÃO FASCISTAS, FILHOTES DA DITADURA. ACOSTUMADOS A IMPOR TRABALHO ESCRAVO COM MÚSICA DE FUNDO DO DORIVAL CAYMMI, TEMA DE ABERTURA DA NOVELA ESCRAVA ISAURA. ACHAM QUE O PROFESSOR É ESCRAVO DE "MADAME SINHÁ". ALÉM DO QUE, CONVENHAMOS CORPO DOCENTE: EXISTE ALGUM RESQUÍCIO DE MOTIVAÇÃO PARA TRABALHAR PARA PESSOAS ASSIM? NUM REGIME DE TERROR, TOTALITÁRIO, CHEIO DE GENTE AMORAL EM TORNO, CUJO HOBBY É DEDURAR COLEGAS QUE LUTAM POR JUSTIÇA. GRUPO GALILEO VOCÊS SE ACHAM ACIMA DO BEM E DO MAL, OU TEM PLENA CERTEZA DISSO! ACHAM QUE PODEM COERCITIVAMENTE TRANSGREDIR AS LEIS TRABALHISTAS E TODAS AS OUTRAS. SE APROVEITAM DA FRAGILIDADE ECONÔMICA E EMOCIONAL A QUAL ESTÃO PASSANDO VÁRIOS DOCENTES E DISCENTES. DESCUMPREM ORDEM JUDICIAL. GERAM INTRIGAS. JOGAM UM CONTRA O OUTRO, PROFESSOR CONTRA PROFESSOR E ALUNO CONTRA PROFESSOR. SÃO PESSOAS SEM O MÍNIMO DE ESCRÚPULO. NA VERDADE, ESTÃO TÃO ACUADOS QUE QUEREM VINGANÇA A QUALQUER PREÇO. QUEREM DEMITIR? DEMITAM!!! NÃO PAGAM NADA MESMO!!! A JUSTIÇA TRABALHISTA ESTÁ TODA A NOSSO FAVOR. GESTORES DA GALILEU, VOCÊS SÃO OS VILÕES! JÁ PROFESSORES, FUNCIONÁRIOS E ALUNOS OS MOCINHOS. GRUPO GALILEO, HOJE, É SINÔNIMO DE CORRUPÇÃO. TUDO O QUE VOCÊS GESTORES TENTAM JUSTIFICAR EM DEFESA PRÓPRIA SÓ OS FAZ AFUNDAR CADA VEZ MAIS. ESTÃO FAZENDO JUS A SEGUINTE FRASE: "QUEM É RUIM SE DESTRÓI SOZINHO". MAS NÓS DOCENTES SOMOS MAIORIA. QUEREM UM CONSELHO? OU PAGUEM O QUE DEVEM, OU FIQUEM BEM QUIETINHOS SENÃO TUDO O QUE DISSEREM SERÁ USADO CONTRA VOCÊS NO TRIBUNAL. NÓS ENTENDEMOS SRS. BRAGA & CANTIERE QUE OS VÍDEOS PUBLICADOS COM A IMAGEM DOS DOIS NA REDE SOCIAL TENHA GERADO EM VOCÊS UMA FERIDA NARCÍSICA COLOSSAL. ALIÁS, NITIDAMENTE ESTAMPADA NA FISIONOMIA DO SR. BRAGA QUE DEMONSTROU UMA ARROGÂNCIA VISCERAL AO AMEAÇAR OS ALUNOS DE QUE IA CHAMAR A POLÍCIA. MAS PENSOU BEM E CONCLUIU QUE TAL ATITUDE SÓ ENDOSSARIA AINDA MAIS SUA IMAGEM DE VILÃO DA NOVELA DAS 8(OU DAS 9). COMO SE AS PALAVRAS DITAS PELOS ALUNOS FOSSEM MENTIROSAS. SUBESTIMARAM OS PROFESSORES E ALUNOS, AGORA, TENHAM PELO MENOS A HOMBRIDADE DE ASSUMIREM SEUS ERROS. ESTÃO COLHENDO O QUE PLANTARAM. PARA VOCÊS Ñ HÁ SAÍDA. E PARA TERMINAR GOSTARIA DE LEMBRAR AOS DOCENTES "FURÕES DE GREVE" CAGÕES, AOS PUXA-SACOS, QUE SE FINGEM DE AUTISTAS: A GREVE É LEGÍTIMA. SE DEREM AULA OU APLICAREM PROVA, TERÃO QUE FAZER TUDO DE NOVO QUANDO ESSA GREVE ACABAR E SE ACABAR. SEM CONTAR A VERGONHA DIANTE DOS ALUNOS E DOS PROFESSORES ÍNTEGROS QUE RESPEITAM A GREVE.

    ResponderExcluir
  63. A Galileo já fez seu planejamento de pagamentos dos profesores... PA....

    semana retrasada = R$ 2.000,00
    semana passada = R$ 1.000,00
    esta semana = R$ 500,00
    semana que vem = R$ 250,00
    daqui 2 semanas = R$ 125,00

    cada semana que passa paga metade da anterior hahahah

    logo logo os professores vão estar recebendo
    centavos de salários...


    hahaha

    ResponderExcluir

O BLOG É MODERADO.

TODOS SÃO BEM-VINDOS !

Professor Brasileiro