segunda-feira, 29 de março de 2010

ESPERO QUE ESTE SILÊNCIO LEVE ALGUMA AUTORIDADE A SE SENSIBILIZAR E PROVIDENCIE UMA FORMA MAIS EFICAZ DE RESOLVER ESSAS ILEGALIDADES QUE SE ALASTRA EM DIVERSAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PRIVADAS.

     
  FELIZ PÁSCOA!!!
 
                                                                                                                                           
Os professores e a Instituição calaram-se.

De qualquer forma o "movimento" provocou ATITUDES por parte da categoria, em que vários ajuizaram Rescisão indireta.  Percebi que continuam a ministrar aulas, só aguardando o deslinde das ações judiciais. Outros corajosamente negaram-se a determinada carga horária em troca de trabalhar em Instituições que estão cumprindo com suas obrigações.Todos estão em busca de outros desafios e a tendência é que haja até o final do ano de 2010, uma retirada em massa de excelentes professores com titularidade e competência.

Como será que estão as denúncias realizadas ao Ministério Público? O que se tem  de Notícia  está no site do SINPRO. O Deputado Paulo Ramos está providenciando a criação de uma CPI para apurar as ilegalidades e arbitrariedades dos gestores das Instituições de Ensino. Precisamos para ontem, porque o hoje já foi consumado pela descrença e desânimo por parte da categoria.

Vejam abaixo:
Deputado Paulo Ramos pede CPI do Ensino Superior Privado

O presidente da Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), deputado Paulo Ramos (PDT), apresentou, no dia 23 de fevereiro, requerimento para criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar denúncias relativas às graves irregularidades que ocorrem nas entidades particulares do Ensino Superior. A investigação deve ser composta por sete membros, com prazo de duração de 90 dias prorrogáveis.
Após a realização de diversas audiências públicas, constatou-se que havia irregularidades em diversas universidades da rede particular. As primeiras plenárias foram a respeito da Candido Mendes, Unig e UniverCidade. Entretanto, Ramos pediu à representante do MEC que faça um levantamento de quanto foi repassado para as instituições educacionais do estado credenciadas no Programa Universidade para Todos (Prouni) em 2009, a fim de verificar os gastos.
Além disso, também vão ser apuradas as denúncias relativas à gestão fraudulenta, enriquecimento ilícito, desvio de recursos públicos, apropriação indébita, lavagem de dinheiro, propaganda enganosa, precarização das relações de trabalho, inclusive com assédio moral, extinção arbitrária de Conselhos Universitários, manipulação e repressão às representações de professores, alunos e outros servidores, criação de monopólios e deterioração da qualidade do ensino nas entidades particulares de Ensino Superior.
"Não posso ser professor  se não percebo cada vez melhor que, por não poder ser neutro, minha prática exige de mim uma definição. Uma tomada de posição. Decisão. Ruptura. Exige de mim que escolha entre isto e aquilo". Paulo Freire 


Saudações,

Professor Brasileiro
MENSAGEM ANTERIOR
PUBLICAÇÃO NO JORNAL "O GLOBO" - 01/01/2010
ENTREVISTA - CBN - 26.01.2010                                             

17 comentários:

  1. É uma pena que os professores tenham se acovardado tanto. A imagem mental que eu tenho é o de escravos voltando de um dia de "lida" para dentro da senzala. E o "sinhô" rindo de todos.

    ResponderExcluir
  2. Sonia Delgado Lima29 de março de 2010 16:46

    Diante da minha reivindicação ao SINPRO e dirigindo-me aos professores recebi duas mensagens:

    De: RGL
    Data: 26 de março de 2010 18:37
    Assunto: Re: FW: UNIVERCIDADE -SINPRO
    Para: Sonia Delgado Lima

    Cara professora Sonia Delgado

    Muito obrigado por sua mensagem.
    Certamente, houve um engano, pois,
    não sou seu colega e não me considero
    com qualificações para exercer o
    magistério.
    Não sei o que a senhora está reclamando
    ao seu sindicato e também não faço
    idéia e que leva o professor Rogerio Guido
    a reclamar do SINPRO, que sempre foi
    um órgão atuante e profissional.
    Sou presidente de uma associação
    filantrópica, sem fins lucrativos e de
    assistência social que mantém a UniverCidade.
    Se a senhora não está satisfeita, por favor,
    queira se retirar do quadro de professores
    e vá trabalhar em outro lugar, onde encontre
    alegria e bem estar.
    Respeito, cortesia, franqueza, entendimento
    direto e boa educação são atributos fundamentais
    na relação entre empregados e empregador.
    Atenciosamente
    Ronald Guimarães Levinsohn

    SEGUNDA MENSAGEM:

    De: RGL
    Data: 26 de março de 2010 22:03

    Assunto: Re: FW: UNIVERCIDADE -SINPRO
    Para: Sonia Delgado Lima

    Cara professora Sonia

    Desculpe por lhe escrever e invadir sua privacidade.
    A senhora não conhece a situação difícil, que está passando a iniciativa privada que se dedica à filantropia educacional.

    É uma longa história que merece um debate desapaixonado.
    O Governo obrigou, durante anos, às instituições de educação privada a manter alunos que não pagavam mensalidades.

    Em decorrência dessa demagógica decisão do Presidente Fernando Henrique Cardoso, se estabeleceu uma inadimplência
    que chegou aos 50%. Devo dizer a senhora, respeitosamente, que o resultado financeiro e econômico entre receita e custos, no Rio de Janeiro, varia entre 8 e 10%. As instituições carregaram
    déficit de caixa durante anos a fio.

    Existem mais de 600 instituições de educação que estão em situação financeira delicada, especialmente, as mantidas por ordens religiosas. Acredito que essas instituições
    abriguem mais de 100.000 professores...

    O que a senhora não está entendendo é que essas instituições estão à espera de uma solução para o problema que o próprio Governo criou.

    O que a senhora pretende ? Acabar com quem lhe dá emprego ?

    O Sindicato dos professores sabe muito bem que o que está em jogo é o emprego, antes de mais nada. Nós, também queremos preservar os empregos dos nossos mais de 1.000 professores.
    Atrasamos, mas pagamos. Os alunos atrasam e muitas vezes não nos pagam...

    A senhora tem toda razão de estar insegura. Mas a UniverCidade, não é culpada pela Lei do Calote ,que colocou a todos nós na situação
    que teremos que enfrentar com calma, planejamento e muito trabalho.
    Sabemos que será resolvido. Nenhum governo deixará acontecer com outras instituições o que se passou com a Universidade Santa Úrsula.

    Sabiamente, o Congresso derrubou aquele absurdo legislativo, mas ficou um saldo de negatividades que só o Governo pode resolver. O
    preço médio das mensalidades no Rio de Janeiro, mal cobre o custo do ensino e administração universitária.

    Desculpe dizer, a senhora em vez de se revoltar, deveria se informar.O diálogo é o melhor caminho.

    Eu não conheço um único membro de seu sindicato e ilegalidade,desculpe escrever, quem pratica é o próprio Governo.

    Cordialmente

    Ronald Guimarães Levinsohn

    ResponderExcluir
  3. Não acredito que tenha sido o próprio.

    ResponderExcluir
  4. Eu também não. Absurdo. Deve-se confirmar a veracidade da msg.

    ResponderExcluir
  5. Sempre tem um fundo de verdade. Qual o motivo pra de repente alguém chegar e postar essas mensagens. Vamos aguardar.

    ResponderExcluir
  6. Acho que deve ser um de seus vassalos, que provavelmente lê sua correspondência e responde por ele, em alguns casos.
    Ou então pode ser uma de suas crias.

    ResponderExcluir
  7. Conheço o texto.É dele mesmo...

    ResponderExcluir
  8. Esse texto é dele. E está em perfeita sintonia com outros, apócrifos, postados com a mais profunda ironia e escárnio sobre temas anteriores. A questão, meus amigos é: se esta é a verdade, por que nunca foi amplamente anunciada para transformar professores em aliados da instituição e não em seus inimigos?

    Porque é mentira. A inadimplência é baixíssima, gira em torno de 5%.

    Mas como é preciso pagar debêntures aos investidores da UniverCidade Trust de Recebíveis, por que não usar os salários de uma massa de gente covarde e bovina? (Leia-se: nós; aliás, vocês: eu pedi rescisão indireta, não quero ser confundido com bovinos e suínos, tenho nome e reputação). Aí, com a caixa baixa, têm-se desculpa para buscar empréstimos que criam uma conveniente imagem de caos – que por sua vez favorece ao pedido de socorro nosso de cada dia ao BNDES.

    ResponderExcluir
  9. Sonia Delgado Lima31 de março de 2010 08:32

    O EMAIL É DELE POR QUE EU O TENHO E FOI JUNTO COM AS MENSAGENS QUE ENVIEI AOS PROFESSORES E REIVINDICANDO AO SINPRO UMA ATITUDE IMEDIATA.Por que não acreditam? O professor Rogério Guido enviou-me email da reivindicação ao SINPRO , e em seguida enviei emails a vários professores e inclusive dentre eles estava o "rgl". Quem recebeu o meu email sabe que reivindiquei, a não ser aqueles que voltaram.

    1ª mensagem:
    Mensagem encaminhada ----------
    De: RGL
    Data: 26 de março de 2010 18:37
    Assunto: Re: FW: UNIVERCIDADE -SINPRO
    Para: Sonia Delgado Lima

    2ª mensagem:
    Mensagem encaminhada ----------
    De: RGL
    Data: 26 de março de 2010 22:03
    Assunto: Re: FW: UNIVERCIDADE -SINPRO
    Para: Sonia Delgado Lima <limadelsonia@gmail.com

    O email que estava junto aos outros é dele. Disto eu tenho certeza.

    ResponderExcluir
  10. Gente. Eu tenho certeza, pois também conheço o texto e trabalhei muitos anos com ele.Por que não se manifestar publicamente sobre o que realmente está havendo?

    ResponderExcluir
  11. Isso, transferir o risco do negócio para o funcionário, a culpa para o governo e o dinheiro para o próprio bolso. Lindo! Prof da casa PT.

    ResponderExcluir
  12. Prof da Casa PT, do coração da questão para o coração de quem lê. É sempre bom lê-lo, caro colega.

    ResponderExcluir
  13. Tem razão colega,

    Saudade dos nossos parceiros.

    Prof. da Casa, prof. Além Mar, CMDT, todos o que sempre estiveram conosco.

    Vamos tentar resgatar todas as nossas memórias e prosseguir juntos.

    Professor Brasileiro

    ResponderExcluir
  14. Eu fui demitido e recebi FELIZ PÁSCOA dos gestores como todos os professores que permanecem.

    Isso que é Instituição!!! É consideração ou desorganização!

    ResponderExcluir
  15. Eu continuo aqui. Em breve terei muito o que falar. Meu silêncio é estratégico.
    Feliz Páscoa!
    Saudações poéticas...

    ResponderExcluir
  16. Boa Noite Prof.Brasileiro:

    Navegando na web,reli o seu Blog e entre 15 comentários, parece que um fora assinado por RGL, como se fosse verdade. Lamentável que alguém se manifeste com tais iniciais, falando de crise no segmento de IES. Completamente ledo engano, pois fora postado por mim o crescimento de IES em SP e agora em 18.03.10 no site: www.infomoney.com.br há comentários sobre os lucros da IES do RJ, principal concorrente, o qual anexo aqui: "Resultados
    Pela temporada de divulgação de resultados a Estácio Participações (ESTC3) aparece nas manchetes. No último trimestre do ano passado, a empresa relatou um lucro líquido de R$ 10,8 milhões, após ter amargado perdas de R$ 15,5 milhões no mesmo período de 2008. Os investidores recebem bem o resultado, e os papéis da empresa sobem 3,72%."
    O que falta a IES do RGL é profissionalismo. Caso ele realmente pense em resultados positivos, basta pesquisar dentro do seu corpo de docentes, pois ainda há profissionais competentes e habilitados para desenvolver planos de desenvolvimento e consequentemente de resultados. Mas se não agir rápido terá que contratar Consultores Externos. CMDT.

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Recentemente o Instituto Sangari publicou estudo sobre a violência nos últimos 10 anos no Brasil. Dados alarmantes, que demonstram que a violência que nos assusta no local onde moramos é um fenômeno nacional. O QUE ESTÁ ACONTECENDO? ALGUMAS REFLEXÕES? QUAL O PAPEL DE TODOS? Leia! Divulgue e deixe seu comentário:
    www.valdecyalves.blogspot.com
    Veja um vídeo do qual participei comentando sobre a violência na mídia:
    http://www.youtube.com/watch?v=ljsdz4zDqmE
    FELIZ PÁSCOA PARA TODOS! Não deixe de seguir o meu blog e assinar o feed.

    ResponderExcluir

O BLOG É MODERADO.

TODOS SÃO BEM-VINDOS !

Professor Brasileiro